Homem que matou colega por dívida toma 14 anos de prisão

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Os assistentes da acusação foram os Advogados Célio da Rocha Mello Neto e Gláucia Laura de Andrade / DIVULGAÇÃO

Um Homem foi condenado pela prática de homicídio, após submetido ao Tribunal do Júri da Comarca de Entre Rios de Minas, e teve sua pena fixada em 14 anos de reclusão em regime inicialmente fechado. O Juiz Arthur Eugênio de Souza presidiu a sessão do júri, realizada em 13 de novembro.

O crime ocorreu em 03 de novembro de 2017, na localidade rural denominada “Machados”, em Jeceaba. No dia dos fatos, segundo o Ministério Público, o réu, utilizando-se de um canivete, matou a vítima. O Promotor de Justiça Francisco de Assis Santiago foi o responsável pela acusação. Os assistentes da acusação foram os Advogados Célio da Rocha Mello Neto e Gláucia Laura de Andrade.

A defesa do réu esteve sob responsabilidade dos Advogados Clemilson Coutinho Antunes, Rafael da Silva Oliveira e Emanuel Rodrigo Oliveira Ferreira. Na decisão, o magistrado manteve a prisão do réu, o qual se encontra custodiado no Presídio de Congonhas. O réu pode recorrer da decisão junto ao Tribunal de Justiça.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *