Barbaridade: padrasto é acusado de estupro de menina de 10 anos anos e foge de casa

15

Um estupro de vulnerável foi registrado pela Policia Militar ontem, dia 29. Conforme informação da menina, de 10 anos, ela foi estuprada pelo amásio da sua genitora por duas vezes no ultimo dia (25/06), assim que seu irmão saiu para a escola. A menina contou que o padrasto fez ameaças dizendo que caso ela contasse para alguém, ele mataria ela e a sua mãe.
O caso foi registrado pela Polícia Militar de Conselheiro Lafaiete que foi acionada por volta das 22: 00 horas desta sexta feira no hospital Queluz onde a criança passou por exames que comprovaram a consumação do estupro através do médico Wagner Castelo. Desde então o acusado, R. E. de Oliveira, de 40 anos, está foragido. Segundo informações, ele foi visto perambulando nas imediações de um supermercado na rua Pernambuco e na rua Marechal Floriano Peixoto em Conselheiro Lafaiete onde ele costuma trabalhar descarregando caminhões. O fato aconteceu em Cristiano Otoni.