Interdição de ponte, inundações, deslizamentos e desabrigados: prefeitura de Congonhas orienta moradores deixarem áreas de riscos de inundações

19
Pontes foi interditada que liga ao bairro Praia/DIVULGAÇÃO

A Diretoria de Trânsito da Prefeitura e a Polícia Militar interditaram agora há pouco a ponte que dá acesso à avenida Dr. Alberto de Brunelli e à rua Joaquim Frederico Ronki, no bairro Praia. Essa última está alagada; a água retornou pelo bueiro. A orientação é para que os motoristas evitem trafegar pela região. O rio Santo Antônio não transbordou até o momento.

Na avenida Marechal, o volume do rio Maranhão aumentou consideravelmente. A Defesa Civil orienta que a população procure um local seguro. Outro ponto de alagamento é na Vila São Vicente, próximo à Praça Maria das Dores da Costa. A população já está deixando suas casas.

Na Vila Marques, três famílias foram transferidas para a Escola Municipal Maria Batista de Jesus.

O rio Maranhão transbordou em um ponto do Residencial, alagando um trecho da rua José Morais Silva, que fica próxima à Capela Santa Luzia. A água também ultrapassou a ponte da Fonte dos Moinhos.

Moradores de encostas, ruas íngremes e população ribeirinha devem redobrar a atenção e procurar local seguro, caso necessário. A Defesa civil está atenta aos fenômenos meteorológicos e alerta para atender solicitações de atendimento. Em caso de necessidade, ligue 3731-4133 ou 199 durante o horário comercial e 99898-6914 a qualquer dia ou hora.

Segundo a Agência Climatempo, a previsão para este sábado, 25, é de 60 mm de chuva. Ontem (24), choveu 117mm em Congonhas.