Jeceaba em alerta: por prevenção, famílias deixam suas casas com a possibilidade de enchentes no rio Camapuã

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Rio Camapuã subiu mais de 4 metros e famílias foram orientadas a deiXaram suas casas por prevenção/CORREIO DE MIAS

As fortes e intensas chuvas que caem na região já provocam estragos, interditam casas e deixam desabrigados. Em Jeceaba, o Rio Camapuã subiu  mais de 4 metros, mas não trannsbordou, mas foi o suficiente para a cidade entrar em alerta, já diante de  outras enchentes registradas na cidade, como em 2008

Por prevenção, a Defesa Civil vem orientando algumas famílias na área central e Bairro Camapuã, situadas próximas às margens do rio, a deixaram suas residências antecipando a possibilidade de enchentes.  Ainda não há informações de quantos moradores saíram de suas residências ou mesmo saíram voluntariamente.

A prefeitura vem prestando auxílio e com ajuda de caminhões transporta os móveis e pertences e levando as famílias para abrigos como escola Municipal, centro pastoral  e o ginásio poliesportivo. Algumas famílias estão indo para casas de parentes. Segundo dados do mapa meteorológico choveu em Jeceaba quase 120mm.

Congonhas

Em Congonhas, a situação também não é tão diferente da vizinha Jeceaba. A Defesa Civil está orientado as família em áreas de riscos a deixaram suas casas nos bairros São Vicente, Residencial e Vila Marques, totalizando cerca de 10 famílias desalojadas. Elas estão sendo levadas para escolas municipais. À tarde a prefeitura intertidou duas casas no Jardim Profetas com 2 famílias desabrigadas.

No Bairro Praia a situação é de alerta pela possibilidade de transbordamento no Rio Maranhão.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Um comentário em “Jeceaba em alerta: por prevenção, famílias deixam suas casas com a possibilidade de enchentes no rio Camapuã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *