Lafaiete: vereadores endurecem discurso e cobram recolhimento de animais nas ruas

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O longo das últimas semanas circularam imagens e denúncias de animais de grande porte circulando pela área urbana espalhando perigo. Cena muito comum em Lafaiete. Na quinta feira passada (22), um grave acidente a MG 129, perto do Bairro Rancho Novo, deixou um motociclista ferido ao atingir um animal na pista.

Animais de grande porte soltos na rua fazem parte do cenário urbano de Lafaiete/DIVULGAÇÃO

Os questionamentos e cobranças são constantes na Câmara, mas ontem (27), os vereadores pediram que o Prefeito Mário Marcus (DEM) “retire da gaveta” uma lei aprovada na legislatura anterior que pune com rigor em multa os donos que deixam os animais soltos nas vias públicas.

O vereador e presidente da Casa, Fernando Bandeira (PTB), provocou as discussões ao solicitar ao prefeito cumpra a legislação aprovada a Câmara. O vereador Sandro José (PSDB) alertou sobre acidentes e tragédias, inclusive citou que presenciou na BR 482 diversos animais espalhados em pontos distintos da rodovia na semana passada. “Ao que parece, o Codap iria executar este serviço”, completou.

A Vereadora Carla Sássi (PSB) recordou sua luta para retirar os animais de circulação, principalmente na região do Gigante, sentido Itaverava. Ela frisou que sempre é solicitada quando há acidentes. “Todos sabem quem são os donos destes animais, inclusive recolhi um deles e tratei de uma bicheira dele. Eles foram na minha e roubaram o animal”, contou. “Estou desesperançosa com a aplicação desta lei”, sintetizou.

O Vereador Pedro Américo (PT) denunciou que houve interferência política para soltar os animais do Centro de Controle de Zoonoses. Carla informou que por diversas vezes arrombaram os portões do CCZ e retiraram os animais presos do local.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *