Luto: bombeiro morre anos 25 anos de parada cardíaca

26

Por volta de 4h30, deste domingo (30), o soldado, Pedro Emílio Amancio R. Oliveira, lotado no Posto Avançado do Corpo de Bombeiros de Congonhas, morreu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. O militar estava de folga e ainda chegou a ser socorrido no Pronto Atendimento, em Congonhas onde foram realizadas manobras de ressuscitação cardiorrespiratória. Em seguida, o soldado, Amâncio foi conduzido ao Hospital de Congonhas onde foi confirmado o óbito. Ele tinha 25 anos e era natural de Congonhas.

O pai de Pedro Emílio é taxista e mãe é funcionário público, lotada na Câmara.