Mário Marcus ganha a maior fatia de apoios partidários

8
Glaycon Franco foi o maior fiador da candidatura de Mário Marcus e Marco Antônio/Foto:CORREIO DE MINAS
Mário Marcus e Reis Carvalho somam adesão de 13 partidos/Foto:CORREIO DE MINAS
Benito e Barros conquistaram apoio de 9 siglas/Foto:Divulgação
Benito e Barros conquistaram apoio de 9 siglas/Foto:Divulgação

A menos de 8 dias das campanha eleitorais ganharem as ruas o quadro partidário em Lafaiete está praticamente está definido. Somente um fato inesperado poderia alterar a composições majoritárias, apesar de que alguns analistas acreditarem em algumas mudanças.

Nos blocos das coligações proporcionais também o cenário está selado. Quem saiu vitorioso na arrancada de apoios partidários foi a dupla Mário Marcus (DEM) e Marco Antônio.

No última sexta feira, dia 5, em votação conjunta o PDT, cujo presidente é Tarcísio do Bellavinha, e o PHS, cujo presidente é Alan Teixeira Carvalho, formalizaram apoio a dobradinha de Mário Marcus e Marco Antônio. A coligação proporcional das duas siglas que foi a última a decidir seu apoio e era disputada pelos 3 candidatos a prefeito.

Edie Resende caminha apenas com o PTC/Foto;CORREIO DE MINAS
Edie Resende caminha apenas com o PTC/Foto;CORREIO DE MINAS
Ivar e Tavares estão com 4 apoios partidários/Foto:Divulgação
Ivar e Tavares estão com 4 apoios partidários/Foto:Divulgação
PHS - PDT
Bloco PHS/PDT foi o último a decidir qual candidato a prefeito iria apoiar/Foto:Divulgação

Assim a dobradinha soma13 siglas: PDT/PHS; PP/PR; PSD/SDO; PV/PSC; DEM/PSDB, PCdoB e PPS. O PRTB ainda definiu se lançará candidato a vereador.

Já a chapa Benito (PROS) e Júlio Barros (PT) nove partidos embarcam no apoio como o PRB, PT e PROS; PSOL, PTN, PSDC, PPL; PMN e PEN. Já o PTC, do candidato Edie Resende, lançará chapa completa de 20 vereadores, mas caminhará em carreira solo na majoritária.