fbpx
4.2 C
Conselheiro Lafaiete
sábado, 31 julho 2021
InícioEconomiaPagamento do auxílio emergencial de R$ 600 em Minas Gerais ganha nova...

Pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 em Minas Gerais ganha nova data

Governo de Minas Gerais (MG) aprovou no início do mês de maio o auxílio emergencial no valor de R$ 600. Agora, a gestão estadual comunicou que o início do calendário de pagamentos foi adiado de agosto para setembro

Isso quer dizer que as famílias em situação de vulnerabilidade social precisaram esperar mais alguns meses para obter o amparo. Lembrando que o auxílio emergencial de Minas Gerais será pago em uma cota única de R$ 600 até o fim de novembro. 

O principal critério para ter direito ao auxílio emergencial de MG é que as famílias interessadas estejam inscritas na base de dados do Cadastro Único (CadÚnico), e apresente renda familiar per capita de até R$ 89. A expectativa é para que 1,8 milhão de famílias sejam amparadas.

Além do auxílio emergencial estadual, a Prefeitura de Belo Horizonte também irá promover um benefício no mesmo valor para as famílias caracterizadas na condição de pobreza e pobreza extrema. A diferença é que os R$ 600 propostos pela capital mineira serão pagos em seis parcelas de R$ 100.

auxílio emergencial estadual foi proposto pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Agostinho Patrus (PV), e sancionado pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), no mês de maio.

A princípio, o texto estabelecia que a data final para efetuar o pagamento do benefício era no dia 1º de agosto de 2021.

No entanto, o adiamento do auxílio emergencial de Minas Gerais foi determinado pelo Governo do Estado com o objetivo de não deixar essas famílias em situação de vulnerabilidade social, totalmente desamparadas com o fim do benefício emergencial no âmbito federal. 

Isso porque, o auxílio emergencial pago pelo Governo Federal deveria terminar neste mês com o pagamento da quarta parcela, mas foi prorrogado por mais três meses e deve ser encerrado em outubro. 

“Assim, será possível garantir renda emergencial e contribuir para a proteção social das famílias mineiras em situação de extrema pobreza por mais tempo”, declarou o Governo de Minas Gerais em nota à imprensa. 

Apesar do comunicado sobre o adiamento do auxílio emergencial estadual, o Governo de Minas Gerais ainda não forneceu mais detalhes sobre o calendário de pagamentos.

A intenção é para que seja criado um portal próprio para este fim, onde todas as datas de depósitos e demais informações sobre o benefício sejam publicadas. 

FONTE FDR.COM

Mais lidas