Promotoria arquiva inquérito e Benito Laporte faz critica de que denúncias foram vazias e motivadas por vingança eleitoral

31
Benito/Foto:Arquivo
Vereador Benito Laporte/Arquivo
Vereador Benito Laporte/Arquivo

A Promotora, Alessia Alves Alvarenga Santa Bárbara, arquivou um Procedimento Preparatório Eleitoral instaurado para apurar notícia de provável realização de propaganda eleitoral antecipada entre outras denúncias encaminhadas por uma pessoa identificada por João Guilherme contra o vereador Benito Laporte.

Ontem na sessão da Câmara, dia 29, ele usou a tribuna para um contundente discurso em que frisou suas qualidades morais e esculhambou o autor caracterizando as denúncias como vazias e carregadas de sentimento de perseguição eleitoral e até mesmo de vingança pessoal. “Venho aqui mostrar que as denúncias eram falsas e de uma pessoa que sequer teve a coragem de se identificar. Eu sei quem é o autor”, disparou Benito mostrando o ofício em que o Ministério Público arquivou as denúncias constatando-as sem quaisquer provas.

“A verdade veio à tona agora e provamos que tudo não passava de armação contra a minha candidatura. Mas a verdade tarda, mas não falta. Me sinto assim de alma lavada e consciência tranquila”, arrematou o vereador que voltou a descartar volta ao legislativo. “Não tenho medo de ninguém”, finalizou.

O arquivamento

As denúncias contra Benito Laporte foram levadas ao Ministério Público a partir de um email enviado a promotoria eleitoral de que teria irregularidades na prestação de contas nas eleições de 2012 quando foi eleito pela 4ª vez como vereador.

Em outra denúncia dizia que o vereador, então pré candidato a prefeito, teria beneficiado associações em festas em seu sítio.

Nas justificativas do arquivamento a promotora aponta que nada de ilegalidade foi apurado nas denúncias ou mesmo de antecipação do clima na seara eleitoral. “Na verdade o que se provou que tudo não passava de perseguição eleitoral contra a minha candidatura”, finalizou Benito.

[Best_Wordpress_Gallery id=”54″ gal_title=”Benito Docs”]