Protestos: moradores cobram segurança a BR 040 entre Lafaiete a BH

16

Um grupo de moradores das margens da BR-040 e familiares de vítimas de acidentes na rodovia protestam na manhã deste sábado (5) pedindo a diminuição da velocidade no trecho da Serra da Moeda, na Grande BH.

Moradores protestaram por segurança na BR 040/Moisés Silva/O Tempo

Com cruzes simbolizando o grande índice de mortes no local, o Movimento SOS 040 pede que a permissão de circulação no trevo de Moeda caia de 80 km/h para 60 km/h. A ação reúne na Sede do Monumento Natural Estadual Serra da Moeda moradores de bairros e condomínios de Nova Lima, Itabirito e Conselheiro Lafaiete. O consultor organizacional Rodrigo Torres, 45, é membro do SOS 040 e afirma que o tráfego na rodovia precisa melhorar. “Essa luta para reduzir os acidentes e salvar vidas já vem de muitos anos. A gente pleiteia a diminuição da velocidade em pontos onde existem cruzamentos e pleiteamos a criação de trevos que não foram feitos, como é o de Moeda. É o último retorno antes do pedágio da Via 040 e é uma travessia muito arriscada, onde já aconteceram muitas mortes”, afirmou.

Segundo Torres, o contato com a concessionária Via 040, que administra a rodovia, já foi feito, mas solicitações não têm sido atendidas. “Já fizemos várias reuniões com a Via 040, envolvemos o Ministério Público diante das recusas da Via 040, conseguimos agora a instalação dos radares na chamada ‘curva da morte’, no retiro das pedras e queremos esse trevo e essa diminuição de velocidade em Moeda”, explicou. A reportagem entrou em contato com a concessionária mas, até o momento, não obteve retorno.

Em nota, a Via 040 informou que aguarda, do Governo Federal, a regulamentação da lei 13.448, medida que trata da relicitação do trecho sob concessão. “A concessionária ressalta que permanece realizando, continuamente, serviços de manutenção viária, como melhoria do asfalto, e prestando os serviços aos usuários, como socorro médico e mecânico. Sobre as reivindicações, em parceria e alinhamento com a PRF, órgão responsável pela fiscalização de trânsito, a Via 040 instalou radares de controle de velocidade no km 566 e 568, e vem estudando e analisando outras medidas para melhoria do trecho citado”, encerrou.

  • Jornal O Tempo