Representante do Papa Francisco visita Congonhas e cita a cidade como referência: “Fique impressionado”, relatou

8

Congonhas recebeu, nesta segunda-feira, 1° de outubro, a visita do representante do Papa Francisco no Brasil, o núncio apostólico Dom Giovanni D’aniello, e do arcebispo de Mariana, Dom Airton José dos Santos. Ao lado do cônego Geraldo Francisco Leocádio e do padre João Ferreira, o embaixador da Santa Sé celebrou uma missa na Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos.

Representante visitou o Museu de Congonhas

Em seguida, a comitiva, acompanhada do prefeito Zelinho e do escultor Luciomar Sebastião de Jesus,  visitou o Museu de Congonhas. No domingo, 30 de setembro, o arcebispo de Mariana, Dom Airton recebeu a imposição do pálio pelo núncio apostólico. Aproveitando a ocasião, Dom Giovanni visitou Ouro Preto e a Cidade dos Profetas. “Aproveitei para ver algumas realidades culturais e históricas de Minas Gerais. Vir a Mariana e não visitar os lugares do Aleijadinho e as igrejas bonitas teria sido uma falta muito grande. Isso também era um desejo que eu tinha. Já sabia muitas coisas sobre a cidade, mas vendo de perto é muito mais gostoso. Fiquei impressionado com o Museu de Congonhas. Está bem arrumado, tem um percurso muito interessante, que valoriza a arte em geral, mas a arte religiosa também, porque Minas Gerais fala, sobretudo, da arte religiosa. É um espaço para os futuros artistas poderem expor. Fiquei bem impressionado”, completa.