Semana sangrenta nas rodovias da região: acidentes tiram vida de família e de cunhados e tragédias comovem lafaietenses

14

O elevado número de vítimas fatais e de feridos não é muito diferente de uma verdadeira guerra. Segundo o ranking divulgado recentemente pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT), por dia pelo menos 20 pessoas perdem a vida nas rodovias brasileiras, segundo estudo da entidade.

A fúria das rodovias que cortam a região deixou pelo menos 6 motos e 8 feridos. Somente na BR 040, na terça feria, dia 24, dois acidente vitimaram 4 pessoas, entre elas uma família lafaietense. O sinistro consternou a cidade diante do impacto da notícia que tomou de surpresa os lafaietenses. As fotos da tragédia que tomaram a mídia local e estadual expressam a dimensão do acidente e mais uma vez expôs a urgência na duplicação da BR 040.

BR 040

Rafael Dias Amorim (36) e sua esposa Tatiana Silva Ribeiro (32)/Reprodução

Uma fatalidade. Assim pode ser relatada a tragédia que vitimou o casal Rafael Dias Amorim (36) e sua esposa Tatiana Silva Ribeiro (32) e o filho Vitor, de 14 anos.

A família ia a Belo Horizonte, na manhã de terça feira, dia 24, por voltas das 6:30 horas, quando a altura do Km 567, entrada do Topo do Mundo, em Nova Lima, perto do Condomínio Retiro do Chalé, uma carreta de bebidas teria tido problemas mecânicos e atingiu o Eco Sport, com placa de Lafaiete HMQ2980, em que as vítimas estavam.

No impacto,  o carro foi lançado para pista contrária e atingido um outro caminhão ficando praticamente ficando embaixo do caminhão, o que indica uma colisão frontal. A família morreu no local do acidente.

Vitor, de 14 anos/Reprodução

Os bombeiros também informaram que o motorista do caminhão ficou ferido e foi socorrido para o Hospital João XXIII pela Via 040. Rafael era diretor da escola estadual Astor Viana, o Polivalente, situado no Bairro Progresso em Lafaiete. Rafael e Tatiana deixam dois filhos, de 3 e 6 anos.

Os corpos das 3vítimas chegaram a Lafaiete somente por volta das 11:00 horas e foram enterradas em clima de comoção no Jardim do Èden.

Outra tragédia

EdeCarlos da Cruz , de 45 anos, e Lucimar Marcelo Bandeira, de 39 anos/Reprodução

Outra tragédia também tomou conta de Lafaiete. No domingo passado, dia 22, por volta das 5:00 horas, dois cunhados morreram na MG 129, perto do bairro Rancho Novo, em Lafaiete.  A moto em que eles estavam bateu de frente com um carro. A batida foi tão violenta que os dois morreram no local.

Os corpos de EdeCarlos da Cruz , de 45 anos, e Lucimar Marcelo Bandeira, de 39 anos, forem enterrados em em Buarque de Macedo, e Rio Espera, respectivamente. Mais uma tragédia que marcou a semana.