fbpx
18.5 C
Conselheiro Lafaiete
quarta-feira, 28 outubro 2020
Início Nacional SERASA limpa nome de negativados com até 50% de desconto. Veja como...

SERASA limpa nome de negativados com até 50% de desconto. Veja como conseguir

A ação pode beneficiar 20 milhões de consumidores que estão com pendências financeiras.

Serasa começou uma nova fase do programa Limpa Nome, etapa que vai ofertar condições especiais para os negativados renegociarem suas dívidas. A ação pode beneficiar 20 milhões de consumidores que estão com pendências financeiras.

Segundo informações da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), no início de setembro, nada menos que 26,7% das famílias brasileiras tinham contas em atraso em agosto, e 67,5% estavam endividadas.

A ação vai possibilitar que os negativados, em especial aqueles com débitos em lojas, bancos, empresas de telefonia e internet, renegociem suas dívidas com desconto de até 50%.

No entanto, vale destacar que o consumidor só poderá renegociar dívidas com empresas que aderiram ao projeto “Serasa Limpa Nome”, como, por exemplo, o Itaú, Claro, Banco de Brasil, Oi, Sky, Santander, Casas Bahia, Riachuelo, entre outras.

Como renegociar?

As possibilidades de renegociação podem ser consultadas por meio do site oficial do Serasa Limpa Nome. No portal, o cidadão poderá realizar consulta se há dívidas pendentes a partir do número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

Após isso, o usuário deverá escolher a opção de acordo para, em seguida, emitir o boleto e, por fim, efetuar o pagamento. Também é possível fazer a negociação por aplicativos celulares.

Após o pagamento, o nome do consumidor será retirado do SPC ou Serasa em até 5 dias úteis. Caso após o prazo a dívida continuar ativa, é necessário entrar em contato diretamente com a empresa credora.

Mais lidas

Jovem médica e bebê morrem em parto

Com pesar comunicamos que faleceu na madrugada de ontem, 10/10, no hospital Bom Jesus em Congonhas, por complicações no parto, a...

Centenas de médicos de todo o mundo assinam uma declaração alertando que a Covid-19 “é a maior fraude de saúde do século 21”

Pedem o fim do clima de terror, irracionalidade, manipulação e mentiras ligadas ao“ maior golpe de saúde do século 21 ”