Setor de Endemias de Lafaiete é referência regional

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A convite da Superintendência Regional de Saúde de Barbacena o Projeto Agente Mirim de Combate a Endemias é foi apresentado no Seminário Regional de Diretrizes do Programa Estadual de Controle da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus.

O evento aconteceu no Hotel Fazenda Pedra do Sino e contou com a participação dos municípios pertencentes às regionais de saúde de Barbacena e São João Del Rei.

O projeto lançado em Lafaiete em abril deste ano já está implantado em 12 escolas do município, sendo cinco na área urbana e  sete em  escolas rurais.

O projeto visa a formação de agentes mirins, como multiplicadores das ações de combate à endemias. Para o projeto foram selecionados crianças e adolescentes da rede pública de ensino, na faixa etária de 8 a 13 anos, que atuam nas escolas e nos bairros onde está inserida a escola. Os alunos nomeados pela escola participaram de um curso de capacitação para levarem aos moradores informações relevantes de controle e combate à Dengue, Esquistossomose e Chikungunya. Em breve serão capacitados também para informarem a população sobre o Zika Vírus.

Escolas participantes:

Escolas Municipais Nilce Moreira, Dr. Rui Pena – Caic e Napoleão Reis e as Escolas Estaduais Narciso de Queirós e Luiz de Melo Vianna Sobrinho. As seguintes escolas localizadas em comunidades rurais também participam do projeto: “Herculano do Valle”- Joaquim Murtinho, “Esperidião Pereira” – Mato Dentro, “Padre José Lobo da Silveira” – Rancho Novo, “Sebastião Pereira da Fonseca” – Três Barras, “Prefeito Pedro Silva” – São Gonçalo, “Romeu Guimarães” – Gagé e “Professora Maria Serafina Peixoto” – São Vicente.

Atualmente 83 agentes mirins atuam na cidade.

O serviço de combate a endemias também foi destaque no evento. O Coordenador do Setor de Combate a Endemias, José Elias de Souza, apresentou o trabalho que o município está desenvolvendo nesta área. O município de Lafaiete cumpre a meta do  Ministério da Saúde com o índice de infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, abaixo do preconizado pelo órgão federal. José Elias destacou a importância do trabalho desenvolvido pelos os agentes nas residências visando o controle de endemias como a Dengue, Chagas, Esquistossomose, dentre outras.

Ele ressaltou que a população também vem colaborando com o município permitindo a atuação dos agentes nas residências. “Diminuiu bastante a recusa de moradores que não autoriza a entrada dos agentes desenvolverem o seu serviço”, ressalta José Elias. Outra ação realizada é a “Educação e Saúde” que é desenvolvido nas áreas urbana e rural por estudantes, também chamados de “agentes mirins”.

LIRA

O último Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti (LIRA) realizado em outubro em Conselheiro Lafaiete apontou um índice de 0,1% considerado abaixo do preconizado pelo Ministério da Saúde.

12295345_749503248488757_4049167741334653541_n

Fotos:divulgação

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *