Morador de rua é assassinado com golpes na cabeça

Na madrugada de sábado (24), a Polícia Militar foi acionada no Bairro Pontilhão, em Barbacena (MG onde estava um homem, 32 anos, deitado com manchas de sangue ao lado de sua cabeça. A médica do do Samu chegou e constatou que a vítima estava sem sinais vitais. Após diligências, a PM descobriu que a vítima, um homemem situação de rua, estava mais cedo mostrando para várias pessoas na mesma situação uma quantia em dinheiro que havia recebido e comprou bebidas alcoólicas para essas pessoas que tinhamo costume ficar em frente ao local dos fatos.

Os militares perceberam que ao lado da vítima, estava dormindo um homem, 27 anos, que confirmou que mais cedo estava fazendo ingestão de bebida alcoólica com a vítima, ficaram bêbados e foram dormir. O homem alegou que foi acordado por um barulho de garrafa quebrando e visualizou a vítima brigando com um homem, mas não conseguiu identificá-lo. Ele disse que após a briga, a vítima voltou a dormir. Ele também dormiu e acordou com a equipe do Samu prestando atendimento à vítima. Diante da confirmação do óbito, foi acionada a perícia que apósa realização dos trabalhos de praxe, liberou o corpo para ser removido ao IML. Foi realizada varredura pelas imediações e localizada uma carteira de trabalho da vítima ao lado do homem de 27 anos, o que reforçou a suspeição que já existia em seu desfavor. Ele apresentou versões confusas e foi preso sendo conduzido à presença de autoridade policial.

Assassinato a tiros abre carnaval em Lafaiete (MG)

A PM segue em busca dos autores de um assassinato a tiros de um homem no Bairro Satélite, na região Barreira, em Conselheiro Lafaiete (MG), quando a vítima foi alvejada com tiros e outra ficou ferido em uma briga. Ela foi levada ao Hospital e Maternidade São José. Mais informações breve e ocorrência em andamento.

Homem é encontro morto em uma valeta com sinais de violência

Na tarde de segunda-feira (17), a Polícia Militar foi acionada na Estrada da Colônia, em Ewbank da Câmara (MG), para atendimento de ocorrência de encontro de cadáver. Ao chegar no local, uma mulher informou que o corpo era de seu tio-avô. O homem, 54 anos, já sem vida, estava caído em uma valeta, com lesões aparentes na cabeça. Compareceu ao local a perícia que constatou vários ferimentos e sinais afirmando que se tratava de crime de homicídio. Após o trabalho, o corpo foi levado ao IML e o local do crime, liberado.
A testemunha relatou que é sobrinha neta da vítima e que hoje na parte da tarde, teria sido chamada por sua tia-avó, irmã da vítima. A
tia disse que encontrou com o irmão pela manhã e combinou de almoçarem juntos, como ele não apareceu, ela resolveu procurá-lo
e chamou a sobrinha para ir com ela quando encontraram o homem caído na vala ao lado da linha férrea e acionaram a PM.
Durante as diligências, militares receberam informações de que a vítima teria sido vista na companhia de um adolescente, 17 anos,
tendo ambos saído dizendo que iriam fazer um serviço. Ao ser confrontada quanto as versões, a sobrinha da vítima confessou que
estava mentindo e que à tarde seu namorado a procurou, na companhia do adolescente, e disse que encontrou o corpo do seu
tio. Eles pediram para a sobrinha mentir dizendo que não havia sido eles que encontraram o corpo, uma vez que tinham pendências na
justiça e que não queriam aparecer na ocorrência.
Diante dos fatos, a PM foi na casa do adolescente de 17 anos que tentou fugir pelos fundos, mas foi alcançado. Questionado a
respeito dos fatos, ele negou ter saído com a vítima e disse que encontrou o corpo enquanto buscava esterco e chamou seu amigo,
namorado da sobrinha da vítima, para ver o corpo.
O amigo confirmou que o adolescente o chamou para ver o corpo e que eles combinaram de mudar a história com a sobrinha da vítima.
Diante dos fatos, foi dada voz de apreensão em flagrante delito ao suspeito, 17 anos.

Homem é encontro morto em uma valeta com sinais de violência

Na tarde de segunda-feira (17), a Polícia Militar foi acionada na Estrada da Colônia, em Ewbank da Câmara (MG), para atendimento de ocorrência de encontro de cadáver. Ao chegar no local, uma mulher informou que o corpo era de seu tio-avô. O homem, 54 anos, já sem vida, estava caído em uma valeta, com lesões aparentes na cabeça. Compareceu ao local a perícia que constatou vários ferimentos e sinais afirmando que se tratava de crime de homicídio. Após o trabalho, o corpo foi levado ao IML e o local do crime, liberado.
A testemunha relatou que é sobrinha neta da vítima e que hoje na parte da tarde, teria sido chamada por sua tia-avó, irmã da vítima. A
tia disse que encontrou com o irmão pela manhã e combinou de almoçarem juntos, como ele não apareceu, ela resolveu procurá-lo
e chamou a sobrinha para ir com ela quando encontraram o homem caído na vala ao lado da linha férrea e acionaram a PM.
Durante as diligências, militares receberam informações de que a vítima teria sido vista na companhia de um adolescente, 17 anos,
tendo ambos saído dizendo que iriam fazer um serviço. Ao ser confrontada quanto as versões, a sobrinha da vítima confessou que
estava mentindo e que à tarde seu namorado a procurou, na companhia do adolescente, e disse que encontrou o corpo do seu
tio. Eles pediram para a sobrinha mentir dizendo que não havia sido eles que encontraram o corpo, uma vez que tinham pendências na
justiça e que não queriam aparecer na ocorrência.
Diante dos fatos, a PM foi na casa do adolescente de 17 anos que tentou fugir pelos fundos, mas foi alcançado. Questionado a
respeito dos fatos, ele negou ter saído com a vítima e disse que encontrou o corpo enquanto buscava esterco e chamou seu amigo,
namorado da sobrinha da vítima, para ver o corpo.
O amigo confirmou que o adolescente o chamou para ver o corpo e que eles combinaram de mudar a história com a sobrinha da vítima.
Diante dos fatos, foi dada voz de apreensão em flagrante delito ao suspeito, 17 anos.

Homem é encontrado morto com 20 tiros em área rural

Na madrugada desta quarta-feira (07/6), um homem com 20 perfurações de projétil foi encontrado nas proximidades da área rural de Prata, distrito de Mariana (Região Central de Minas). O corpo da vítima foi encontrado já sem vida na beira de uma via vicinal em Padre Ribas.

Uma pessoa estava passando pelo local quando localizou um corpo que acreditava estar morto e foi até a casa de uma conhecida para chamar a Polícia Militar (PM), para investigar o caso. Um outro transeunte afirmou que a vítima era morador do distrito de Águas Claras e trabalhava com produção de carvão na região.

A polícia após chegar ao local, confirmou as perfurações por arma de fogo e constatou 20 tiros no homem, sendo nas costas, na região torácica e nos braços. O local foi isolado e a perícia foi solicitada. Por ser um local afastado e de área rural o acontecimento não foi registrado por nenhuma câmera de segurança ou outro equipamento que ajude nas apurações policiais.

Após investigações policiais, o irmão da vítima compareceu ao local e confirmou a identidade do homem. Ele afirmou não ter conhecimento de relatos de ameaças ou algo que motivasse o crime bárbaro.

No local, foi recolhido pela perícia quatro estojos de munição calibre .40. Após os serviços, a funerária São Luiz foi acionada para remover o corpo. A polícia segue em diligências para concluir o caso e qualquer informação sobre o caso pode ser passada para os agentes.  (Radar Geral)

Identificados autores de assassinato ocorrido no Carnaval de lutador de artes marciais

O inquérito sobre um homicídio duplamente qualificado ocorrido na madrugada do domingo de Carnaval (19/2), em Senador Firmino, na Zona da Mata, está praticamente concluído pela Polícia Civil, que conseguiu identificar os dois suspeitos, de 27 e 48 anos. Os dois são acusado de matar um homem de 53 anos. O primeiro está foragido e o segundo foi preso. Segundo o delegado Diego Candian Alves, a vítima, que seria atleta de lutas marciais, teria separado uma briga entre duas mulheres, uma delas, companheira do suspeito de 48 anos.

A briga aconteceu na Praça Raimundo Barros Carneiro e, ao tentar separar a confusão, o lutador teria acertado um soco no rosto da mulher. Os dois suspeitos entraram na briga, que logo foi encerrada com a chegada da Polícia Militar.

Os suspeitos saíram do local e retornaram com um revólver. O homem de 27 anos deu dois tiros na direção da vítima, acertando um deles. O homem foi socorrido, no entanto, morreu antes de chegar ao hospital. Os suspeitos fugiram em seguida. Nas investigações, depois de colher depoimentos, o delegado solicitou à justiça, a prisão preventiva dos dois. O suspeito de 48 anos já estava preso por tráfico de drogas. O de 27 anos está foragido.

Homem é assassinado a tiros no centro de Lafaiete

Um homem foi morto a tiros há menos 30 minutos à rua Cefisa Viana, perto do Bar Xoxas, em Conselheiro Lafaiete (MG, vindo a óbito no local. O SAMU e PM estiveram no local. Os militares seguem em busca do autor que empreendeu fuga a pé. Mais informações em breve.

Homem “leva cana” de quase 19 anos por assassinato em São Brás

Em sessão de julgamento realizada ontem (16), no Fórum de Entre Rios de Minas, o Tribunal do Júri condenou um morador de São Brás Suaçuí a 18 anos, 7 meses e 29 dias de prisão, em regime fechado, pelo assassinato de outro homem, fato ocorrido no dia 21 de maio de 2021 no Bairro Alto dos Alecrins.
De acordo com a denúncia do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o crime ocorreu por motivo fútil. Com base nas provas, o conselho de sentença reconheceu a autoria e a materialidade do crime e condenou o homem por homicídio qualificado.
No dia do crime, conforme as investigações, o autor portava uma arma de fogo e, após discussão com a vítima, efetuou um disparo, o qual acertou a virilha desta.
Na ocasião, na sequência dos fatos, o Samu foi acionado, porém a vítima já estava morta. A acusação foi sustentada pela Promotora de Justiça Sarah Gonçalves Bretas.

A defesa do réu, por sua vez, esteve sob responsabilidade dos Advogados Célio da Rocha Mello Neto e Gláucia Laura de Andrade.
A sentença condenatória foi proferida pelo Juiz Arthur Eugênio de Souza, sendo mantida a prisão do réu. O réu pode recorrer da
decisão junto ao Tribunal de Justiça.

Violência: jovem é assassinado no São Benedito

Um homem de 31 anos foi assassinado no Bairro São Benedito, em Lafaiete (MG) nesta manhã (19). O corpo ensanguentado estava em plena Rua Santo Antônio de Pádua e a PM segue em busca dos autores. Ainda sem mais informações.

Dois homens e uma mulher são presos suspeitos de matar e carbonizar corpo

Estão à disposição da Justiça um homem, de 41 anos, o irmão dele, de 35, e a cunhada, de 44, suspeitos de matar uma pessoa e queimar a casa com o corpo dentro durante a madrugada deste sábado (29), em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O crime ocorreu no bairro Santa Cecília.

Segundo a Polícia Militar (PM), tudo começou começou por uma briga familiar, que foi seguida de incêndio. 

Depois que chegaram no local, os militares viram o homem de 41 anos saindo discretamente da casa. Imediatamente, o suspeito foi abordado pela polícia e confirmou que houve uma briga e um incêndio. Apesar da confissão, ele não explicou como tudo aconteceu e não quis explicar o motivo pelo qual saía sorrateiramente do local.

Em um novo bate-boca, outros dois suspeitos foram localizados pela polícia. Os envolvidos relataram que um dos homens urinou próximo à mulher, que é esposa dos rapazes. 

Acionados para combater as chamas, bombeiros encontraram um corpo carbonizado dentro da residência. Uma análise inicial dos militares indicou que a vítima poderia estar morta antes da casa ter sido incendiada.

O sexo e a idade da vítima não foram identificados.

O homem de 41 anos tem passagem por homicídio em 2013 e foi solto quatro anos depois. 

Ainda conforme a PM, todos os suspeitos estavam embriagados e foram conduzidos para a Delegacia de Plantão de Esmeraldas.

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.