Feriadão à Vista! Confira o Calendário e Prepare-se para Relaxar

Confira o calendário de feriados de 2024 e aprenda estratégias para otimizar seu tempo de descanso, aproveitando as folgas prolongadas e os pontos facultativos.

Em um país onde muitos consideram que o ano só começa após o Carnaval, o retorno ao trabalho nesta quarta-feira de cinzas, 14 de fevereiro, simboliza o novo início. No entanto, para aqueles que já estão pensando em futuros períodos de descanso, 2024 apresenta desafios, pois a maioria dos feriados nacionais coincidirá com o fim de semana.

Feriados estratégicos

De acordo com o calendário do governo federal, a próxima oportunidade para um período prolongado de folga ocorrerá no fim de março, com a Paixão de Cristo, marcada para 29 de março, uma sexta-feira.

Após esse feriado, a agenda nacional reserva a próxima pausa prolongada apenas para 15 de novembro, Dia da Proclamação da República, que cairá em uma sexta-feira, proporcionando um fim de semana estendido.

No entanto, algumas regiões, como São Paulo, contarão com o ponto facultativo de Corpus Christi, em 30 de maio, quinta-feira, permitindo um breve respiro para os paulistas.

O impacto do ano bissexto

O ano bissexto de 2024, com seu dia adicional em fevereiro, contribuiu para que vários feriados que normalmente cairiam em uma sexta-feira fossem deslocados para o sábado. O Carnaval, por exemplo, é um ponto facultativo para funcionários públicos, mas, para o setor privado, a negociação da folga é necessária.

Confira a lista dos feriados nacionais em 2024.

  • 29 de março, Paixão de Cristo – sexta-feira
  • 21 de abril, Tiradentes – domingo
  • 1º de maio, Dia Mundial do Trabalho – quarta-feira
  • 7 de setembro, Independência do Brasil – sábado
  • 12 de outubro, Nossa Senhora Aparecida – sábado
  • 2 de novembro, Finados – sábado
  • 15 de novembro, Proclamação da República – sexta-feira
  • 20 de novembro, Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra – quarta-feira
  • 25 de dezembro, Natal – quarta-feira

Pontos facultativos para considerar

Além dos feriados, o ano conta com oito pontos facultativos, como o Carnaval, que oferecem descanso aos funcionários públicos. No entanto, é importante notar que, para o setor privado, a folga precisa ser negociada. A Quarta-Feira de Cinzas, por exemplo, é ponto facultativo até as 14 horas.

Confira a lista de pontos facultativos em 2024:

  • 14 de fevereiro, Quarta-Feira de Cinzas (até as 14 horas) – quarta-feira
  • 30 de maio, Corpus Christi – quinta-feira
  • 31 de maio – sexta-feira
  • 28 de outubro, Dia do Servidor Público federal – segunda-feira
  • 24 de dezembro, véspera do Natal (ponto facultativo após as 14 horas) – terça-feira
  • 31 de dezembro, véspera do Ano Novo (ponto facultativo após as 14 horas) – terça-feira

Embora o calendário de 2024 apresente alguns desafios para quem busca folgas prolongadas, estratégias como antecipar o descanso para os fins de semana podem ajudar a otimizar o tempo de lazer.

Além disso, estar atento aos pontos facultativos oferece oportunidades adicionais para recarregar as energias ao longo do ano. Planejar com antecedência e negociar folgas são chaves para garantir que os feriados se tornem verdadeiros momentos de descanso e lazer.

FONTE CAPITALIST

Atenção ao novo calendário unificado do abono salarial! Garanta seu saque de R$ 1.412!

abono salarial é um direito concedido a todo trabalhador brasileiro que esteja na ativa por pelo menos seis meses. Este benefício de alta relevância na classe trabalhadora já teve seu calendário de pagamento divulgado para o ano de 2024 pelo Banco do Brasil, que assegurou estar preparando sua participação alinhada com os prazos do calendário unificado.

Saque e Valores do abono salarial

Verificar o valor disponível para retirada do abono não requer burocracias. Com o número do CPF em mãos e a senha cadastrada, o trabalhador pode acessar sua Carteira de Trabalho Digital, plataforma disponível no portal Gov.br, e lá, encontrar todas as informações necessárias para seu saque.

O montante a ser recuperado flutua pelo tempo de trabalho cumprido no ano de referência, indo desde R$ 118 até R$ 1.412. Como exemplo, para os que possuírem entre 7 a 8 meses de vínculo, os valores de R$ 823,66 e R$ 941,33 estarão à disposição, respectivamente.

Calendário do abono salarial

  • Nascidos em janeiro: a partir de 15 de fevereiro
  • Nascidos em fevereiro: a partir de 15 de março
  • Nascidos em março: a partir de 15 de abril
  • Nascidos em abril: a partir de 15 de abril
  • Nascidos em maio: a partir de 15 de maio
  • Nascidos em junho: a partir de 15 de maio
  • Nascidos em julho: a partir de 17 de junho
  • Nascidos em agosto: a partir de 17 de junho
  • Nascidos em setembro: a partir de 15 de julho
  • Nascidos em outubro: a partir de 15 de julho
  • Nascidos em novembro: a partir de 15 de agosto
  • Nascidos em dezembro: a partir de 15 de agosto

Elegibilidade do abono salarial

Para ser um beneficiário do abono salarial é necessário se enquadrar em alguns critérios de elegibilidade. Entre os listados, é fundamental estar atuando em regime CLT e possuir um ganho salarial médio de até dois salários mínimos.

  1. Exercício de atividade remunerada: O trabalhador deve ter exercido atividade remunerada para pessoa jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano considerado para apuração.
  2. Registro correto na RAIS/eSocial: Os dados do trabalhador devem ter sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial, garantindo assim a regularidade do registro de sua atividade laboral.

Como consultar o PIS 2024?

O saldo e a data de pagamento do PIS também podem ser consultadas pelo Banco do Brasil. Com os dados da agência e conta corrente, além da senha para o Internet Banking, disponíveis, o usuário pode realizar essa checagem.

O PIS é criado automaticamente no registro do primeiro emprego formal do cidadão. Seu controle é responsabilidade do empregador e o número inserido nesse registro acompanha o trabalhador em toda sua trajetória profissional.

Os esforços do Banco do Brasil para tornar a informação e uso do abono salarial mais transparente e acessível para todos os trabalhadores é um passo a mais para melhorias nos direitos trabalhistas no país.

FONTE MONITOR DO MERCADO

Confira agora o calendário lunar COMPLETO para 2024

Descubra quais serão e quando ocorrem as fases da Lua ao longo deste ano.

O ano de 2024 reserva uma série de eventos astronômicos que prometem encantar os observadores do céu.

As fases da Lua, que se dividem em nova, crescente, cheia e minguante, compreendem ciclos de aproximadamente sete dias cada.

O início do ciclo lunar começa com a Lua nova, e nesse caso a visibilidade é zero.Uma semana depois nós temos a Lua em quarto crescente com 50% de visibilidade. Na Lua cheia há uma visibilidade total que ocorre no meio do mês lunar.

Por fim, na Lua em quarto minguante há uma transição da Lua cheia para Lua minguante, havendo 50% de luminosidade.

Vários fenômenos naturais ao longo de 2024

O calendário astronômico de 2024 anuncia diversos fenômenos envolvendo o satélite natural da Terra, a Lua. Entre eles, estão as superluas, os eclipses lunares e até uma Lua Azul sazonal.

As superluas são momentos especiais, quando a Lua se encontra mais próxima da Terra, parecendo 14% maior e mais brilhante.

Em 2024, serão duas superluas imperdíveis: a Lua das Colheitas em 17 de setembro e a Lua do Caçador em 17 de outubro.

Quanto aos eclipses lunares, são espetáculos astronômicos que não requerem óculos de proteção e ocorrem quando a Lua passa pela sombra da Terra durante a fase de Lua cheia.

Os observadores europeus terão a oportunidade de presenciar um eclipse lunar parcial em 18 de setembro, que será o último do ano. A Lua, situada a 384.400 quilômetros da Terra, varia sua distância ao longo do ano.

Em 2024, estará mais próxima da Terra em setembro e outubro, prometendo as tão aguardadas superluas. Acompanhe o calendário lunar para não perder esses incríveis eventos celestes ao longo do ano!

Janeiro

  • 4/01 às 0h30 – Lua Quarto Minguante;
  • 11/01 às 08h57 – Lua Nova;
  • 18/01 às 00h52 – Lua Quarto Crescente;
  • 25/01 às 14h54 – Lua Cheia.

Fevereiro

  • 02/02 às 20h18 – Lua Quarto Minguante;
  • 09/02 às 19h59 – Lua Nova (Superlua);
  • 16/02 às 12h01 – Lua Quarto Crescente;
  • 24/02 às 09h30 – Lua Cheia (Microlua).

Março

  • 03/03 às 12h23 – Lua Quarto Minguante;
  • 10/03 às 06h00 – Lua Nova (Superlua);
  • 17/03 às 01h10 – Lua Quarto Crescente;
  • 25/03 às 04h00 – Lua Cheia (Microlua, Eclipse Penumbral).

Abril

  • 02/04 às 00h14 – Lua Quarto Minguante;
  • 08/04 às 15h20 – Lua Nova (Superlua);
  • 15/04 às 16h13 – Lua Quarto Crescente;
  • 23/04 às 20h49 – Lua Cheia.

Maio

  • 01/05 às 08h27 – Lua Quarto Minguante;
  • 08/05 às 00h22 – Lua Nova;
  • 15/05 às 08h48 – Lua Quarto Crescente;
  • 23/05 às 10h53 – Lua Cheia;
  • 30/05 às 14h12 – Lua Minguante.

Junho

  • 06/06 às 09h37 – Lua Nova;
  • 14/06 às 12h18 – Lua Quarto Crescente;
  • 21/06 às 22h07 – Lua Cheia;
  • 28/06 às 18h53 Lua Quarto Minguante.

Julho

  • 05/07 às 19h57 – Lua Nova;
  • 13/07 às 19h48 – Lua Quarto Crescente;
  • 21/07 às 21h17 – Lua Cheia;
  • 27/07 às 17h51 – Lua Quarto Minguante.

Agosto

  • 04/08 às 08h13 – Lua Nova;
  • 12/08 às 12h18 – Lua Quarto Crescente;
  • 19/08 às 15h25 – Lua Cheia (Lua Azul);
  • 26/08 às 06h26 – Lua Quarto Minguante.

Setembro

  • 02/09 às 22h55 – Lua Nova;
  • 11/09 às 03h05 – Lua Quarto Crescente;
  • 17/09 às 23h34 – Lua Cheia (Superlua, eclipse parcial);
  • 24/09 às 15h50 – Lua Quarto Minguante.

Outubro

  • 02/10 às 15h49 – Lua Nova (Microlua);
  • 10/10 às 15h55 – Lua Quarto Crescente;
  • 17/10 às 08h26 – Lua Cheia (Superlua);
  • 24/10 às 05h03 – Lua Quarto Minguante.

Novembro

  • 01/11 às 09h47 – Lua Nova;
  • 09/11 às 02h55 – Lua Quarto Crescente;
  • 15/11 às 18h28 – Lua Cheia;
  • 22/11 às 22h28 – Lua Quarto Minguante.

Dezembro

  • 01/12 às 13h21 – Lua Nova;
  • 08/12 às 12h26 – Lua Quarto Crescente;
  • 15/12 às 06h01 – Lua Cheia;
  • 22/12 às 19h18 – Lua Quarto Minguante;
  • 30/12 às 19h26 – Lua Nova (Lua Negra).

FONTE MULTIVERSO NOTÍCIAS

Calendário de vacinação contra dengue será definido pelo Ministério esta semana

Imunização de crianças e jovens de 10 a 14 anos começa este mês

O Ministério da Saúde definirá esta semana o calendário de vacinação contra a dengue, segundo informou a ministra Nísia Trindade, em visita ao Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (5). O governo já havia divulgado que a imunização, inicialmente de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, começa neste mês nos municípios selecionados. 

“Hoje, nós vamos trabalhar com a faixa de 10 a 14 anos de idade naqueles municípios que apresentaram, nos últimos anos, o quadro mais intenso de dengue e também onde circula mais o sorotipo 2, que é aquele que está muito associado a essa explosão de casos que temos visto em algumas cidades e, muitas vezes, com agravamento”, disse a ministra.

Destacou, a seguir, que a vacina é um instrumento importante na luta contra a dengue, mas que ela não terá um efeito imediato. Por isso, ressaltou, a eliminação de água parada dentro das casas, que são focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da dengue, é fundamental para a prevenção da doença.

“Neste momento, ela [a vacina] não oferece uma resposta para a situação atual porque ela é aplicada com o intervalo de três meses, já que é uma vacina de duas doses. Ela é muito importante, mas será uma estratégia progressiva para ter um impacto que a gente espera de controlar a dengue e, no futuro, não ter mais a dengue como um problema tão importante de saúde pública”, explicou.

Imunização

Junto com a aplicação da vacina, o Ministério da Saúde fará pesquisas em alguns locais para acompanhar a efetividade da imunização. 

“É uma vacina eficaz e segura. Mas ela terá que ter uma ampliação. O Ministério da Saúde lidera o esforço nacional para vermos a capacidade de ampliação com a vacina atual, já aprovada, da Takeda, com a vacina candidata, do Instituto Butantan, que recentemente publicou seus excelentes resultados de pesquisas de fase 3. Então, vai ser um esforço nacional”, afirmou a ministra. (Agência Brasil) 

FONTE O TEMPO

Carnaval 2025 será em março; por que a data muda todos os anos?

Datas são definidas com base no calendário católico; aprenda a calcular o dia exato

Em 2024, o carnaval será no dia 13 de fevereiro e a quarta de Cinzas no dia 14. Já no ano que vem, a folia pula para março. Por que a data muda todos os anos?

As datas são definidas com base no calendário católico, a partir da data que será a Páscoa, a mudança de estações e também o calendário lunar.

A Igreja Católica determinou que a Páscoa seria comemorada sempre no primeiro domingo após o equinócio, que é quando o dia e a noite têm exatamente a mesma duração: 12 horas.

Todo ano, o equinócio acontece no dia 20 de março. No Hemisfério sul, onde estamos, ele é conhecido como o equinócio de outono, e no Hemisfério Norte, equinócio de primavera. 

Uma semana antes da Páscoa, a Igreja Católica celebra o Domingo de Ramos, dando início à Semana Santa. E 40 dias antes dele, é a terça-feira de carnaval. Isso significa que o carnaval é comemorado sempre 47 dias antes da Páscoa.

FONTE TERRA

Novidades sobre o 13º salário do INSS gera euforia entre os aposentados

O primeiro pagamento do ano ainda nem foi concluído, mas já tem quem esteja procurando sobre o 13º salário do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). O crédito que é liberado em duas parcelas concede para o aposentado ou pensionista um salário extra no ano. E novidades já foram anunciadas.

De acordo com apuração do jornal Valor, o 13º salário do INSS não será antecipado em 2024. Desde a pandemia o pagamento do 13º tem sido adiantado para o primeiro semestre do ano, com a liberação das duas parcelas até junho. Neste ano, porém, não há interesse do governo em adiantar o benefício.

Quem vai receber o 13º salário do INSS?

O pagamento do 13º salário do INSS é feito em duas parcelas. A primeira liberação equivale a 50% do benefício pago ao aposentado, enquanto a segunda parcela deposita 50%, mas tem desconto do Imposto de Renda para quem é contribuinte.

Aqueles que estão recebendo algum benefício previdenciário a menos de um ano terão acesso ao pagamento do 13º de forma proporcional. Os depósitos serão feitos para aqueles que recebem:

Aposentadoria;
Pensão;
Auxílio-doença;
Auxílio-reclusão.
O BPC (Benefício de Prestação Continuada) não dá direito ao 13º porque não é um salário, mas sim um benefício assistencial.

Pagamento do 13º salário do INSS

Seguindo a lei atual, sem antecipação o 13º salário do INSS será pago nos meses de agosto e novembro. Os valores serão depositados junto com o salário comum, por isso seguem o mesmo calendário. Dois dias antes do início do cronograma de cada meses será possível consultar os valores pelo “Extrato de pagamentos”.

1ª parcela – em agosto

Até 1 salário mínimo
Número final do benefício Data de liberação
1 26/08
2 27/08
3 28/08
4 29/08
5 30/08
6 02/09
7 03/09
8 04/09
9 05/09
0 06/09

Acima de 1 salário mínimo
Número final do benefício Data de liberação
1 e 6 02/09
2 e 7 03/09
3 e 8 04/09
4 e 9 05/09
5 e 0 06/09

2ª parcela – novembro

Até 1 salário mínimo
Número final do benefício Data de liberação
1 25/11
2 26/11
3 27/11
4 28/11
5 29/11
6 02/12
7 03/12
8 04/12
9 05/12
0 06/12
Acima de 1 salário mínimo
Número final do benefício Data de liberação
1 e 6 02/12
2 e 7 03/12
3 e 8 04/12
4 e 9 05/12
5 e 0 06/12

FONTE FDR

27ª Mostra de Cinema de Tiradentes abriu o calendário audiovisual do Brasil, atraiu mais de 35 mil pessoas e injetou mais de 10 milhões na economia local

Exibição de filmes, rodas de conversa, formação, atrações artísticas, Conexão Brasil CineMundi, Fórum de Tiradentes e muito mais fizeram parte da programação gratuita, que atraiu um fluxo de turistas cinco vezes maior que a população da cidade histórica mineira

Em sua 27ª edição, a Mostra de Cinema de Tiradentes apresentou a força da cinematografia brasileira contemporânea e colocou a cidade mineira em destaque na cena audiovisual. Além da exibição de filmes, foram realizadas ações de formação, reflexão e difusão do cinema e da cultura brasileira. Durante seus nove dias, de 19 a 27 de janeiro, a Mostra reuniu vários atores da cadeia produtiva do audiovisual e atraiu um fluxo de turistas cinco vezes maior que a população da cidade promovendo um aporte significativo na economia local.

Para a realização do evento – que é o maior e mais longo dedicado exclusivamente ao cinema brasileiro no país – foram gerados cerca de 2.500 empregos diretos e indiretos; mais de 250 empresas mineiras foram contratadas e aproximadamente 180 pessoas atuaram na execução da Mostra. Em valores monetários, foram cerca de R$ 10 milhões em recursos injetados na economia local, vindos do público de 35 mil pessoas que passaram pela cidade, número cinco vezes maior que a população do município. “A Mostra Tiradentes trouxe mais uma vez uma programação cultural abrangente e gratuita, que é sinônimo de um trabalho coletivo e determinado.  Ao lado da mais relevante produção audiovisual, tivemos as participações fundamentais dos patrocinadores, dos parceiros, do poder público, das entidades de classe, dos profissionais da cultura, dos veículos de comunicação, do público e da comunidade. Além de todas as reflexões, experiências e encontros proporcionados, a Mostra deixa um importante legado para o desenvolvimento social, humano e econômico local,” destaca Raquel Hallak, diretora da Universo Produção e coordenadora geral da Mostra de Cinema de Tiradentes.

Nesta edição, a programação contou com uma seleção de 145 filmes, que incluiu 43 longas, 3 médias e 99 curtas-metragens de 20 estados: Alagoas (4), Bahia (3), Ceará (7), Distrito Federal (4), Espírito Santo (2), Goiás (5), Maranhão (1), Minas Gerais (45), Mato Grosso (1), Pará (3), Paraíba (1), Pernambuco (10), Paraná (4), Rio de Janeiro (22), Rio Grande do Norte (3), Roraima (1), Rio Grande do Sul (3), Santa Catarina (2), Sergipe (1) e São Paulo (32). As produções puderam ser conferidas em 61 sessões de pré-estreias e mostras temáticas, em três cinemas instalados na cidade: Cine-Praça, Cine-Tenda e Cine-Teatro. Além destas exibições, na plataforma do evento (mostratiradentes.com.br), o público pode assistir a 33 filmes online e acompanhar os debates que foram disponibilizados para acesso gratuito, de qualquer lugar do mundo.

Caminhos do cinema brasileiro

27º Seminário do Cinema Brasileiro foi a extensão fundamental da programação de curtas, médias e longas-metragens e reuniu mais de 100 profissionais ao longo de 40 debates, sendo 21 deles integrantes da série Encontros com os Filmes, nos quais críticos convidados discutiram com realizadores e público os títulos das mostras Aurora, Foco, e Olhos Livres. Além destes, aconteceram bate-papos pós-sessão de diversas outras mostras, quatro debates conceituais a partir da temática “As formas do tempo”, cinco rodas de conversa e um encontro internacional.

A Mostra realizou a 2ª edição do Fórum de Tiradentes – Encontros pelo Audiovisual Brasileiro, oferecendo um espaço de reflexões e buscando revisitar propositivamente a complexidade atual do audiovisual, com a participação de mais de 50 profissionais de diversos segmentos do audiovisual do país. Os trabalhos realizados no Fórum resultaram na Carta de Tiradentes, documento que reúne informações, diagnósticos, perspectivas e ideias para políticas públicas do setor e que está sendo encaminhado a jornalistas, autoridades do poder público e profissionais da área.  O Fórum de Tiradentes contou com a participação da Ministra da Cultura, Margareth Menezes, no evento de abertura.

Com a oferta de 247 vagas, o Programa de Formação da Mostra Tiradentes realizou 12 atividades para os públicos adulto e jovem. A iniciativa busca promover a formação e capacitação técnica para o mercado de cinema e oferecer oportunidades para a nova geração de atores e realizadores. Durante a Mostra, foram realizadas cinco oficinas para o público adulto e quatro para o público jovem, além de três laboratórios dentro da programação do CineMundi Lab.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Mostra Tiradentes recebeu o Conexão Brasil CineMundi, consolidado como o maior espaço de coprodução brasileira no cenário audiovisual do país. Nesta edição, cinco longas-metragens em finalização, categoria Work In Progress (WIP) – Corte Final, foram exibidos em sessões fechadas para uma platéia de profissionais da indústria audiovisual internacional e nacional composta por 15 convidados, representando festivais e instituições de 11 países, sendo Áustria, Alemanha, Argentina, Brasil, Chile, Espanha, Estados Unidos, França, México, Portugal, e Suíça.

Visibilidade

Cerca de 400 veículos de imprensa – dentre emissoras de rádio e TV, portais e agências de notícias, revistas eletrônicas especializadas, jornais e revistas – realizaram a cobertura jornalística e divulgaram a Mostra de Cinema de Tiradentes. Foram credenciados 110 profissionais para cobertura presencial do evento, entre jornalistas e críticos de cinema

Nas redes sociais, o alcance foi de mais de 3,5 milhões de usuários, somando os perfis no Facebook e Instagram. Já as impressões (número de vezes que o usuário vê o conteúdo) ultrapassaram os 4 milhões. O site da Mostra teve mais 250 mil acessos oriundos de 66 países. E o Flickr do evento –  plataforma de hospedagem e compartilhamento de fotografias – teve um recorde de vizualizações nesta edição com mais de 70 mil acessos em um único dia.

Sustentabilidade

A 27ª edição da Mostra de Cinema de Tiradentes contou com uma solução de energia limpa e 100% brasileira da Tecnogera, empresa brasileira especialista no fornecimento de energia temporária, durante todos os dias do evento.A Mostra Tiradentes foi o primeiro evento público a não recorrer a geradores a diesel para a segurança energética, necessária para a projeção de seus filmes sem interrupção

A tecnologia consiste em um sistema de armazenamento de energia em baterias de lítio, que fornece energia sem emissão de poluentes. A solução reutiliza baterias usadas no setor de mobilidade – como as de veículos elétricos –, que estão em final de ciclo de vida.  No total, a Tecnogera forneceu aproximadamente 1 MWh de energia limpa para alimentar as cargas do Cine-Praça.

Acessibilidade

A Mostra Tiradentes trouxe 14 filmes brasileiros em pré-estreias com recursos de acessibilidade. Ao todo, seis curtas-metragens da programação apresentam legenda LSE disponíveis através de Opened Caption (legendas visíveis); e oito longas-metragens também  puderam ser assistidos com os recursos de audiodescrição, narração em Libras e legendas Closed Caption, através do aplicativo Mobi Load.  

Roteiro paralelo

Diversas atrações artísticas tomaram conta da cidade durante a Mostra que trouxe na programação música erudita, MPB rock, música regional, discotecagem, teatro, circo, performances, lançamento de livros, exposições, o tradicional Cortejo da Arte dentre outros. Ao todo, 26 atrações culturais foram apresentadas ao público nos dias do evento e seis novos livros sobre cinema foram lançados.

Mostra Tiradentes abraça a cidade

projeto Toque de Mãos, que oferece oficinas e atividades formativas nas comunidades periféricas e rurais de Tiradentes, teve destaque nesta edição da Mostra. A iniciativa atende a mais de 60 mulheres, crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Três produções exibidas na Mostra tem relação direta com a iniciativa: “Ceramistas da Comunidade do Elvas” e “Bordadeiras de César de Pina”, curtas realizados por Elizabeth Ramos e Vitória Iabrudi; e “Tocar”, filme produzido de forma coletiva a partir de uma oficina oferecida em parceria com a Mostra Tiradentes e o Mãos do Morro, projeto idealizado por Elizabeth Ramos e Vitória Iabrudi. As produções enfatizam os trabalhos artesanais de mulheres que têm moldado uma nova narrativa por meio da expressão artística e da coletividade ao longo dos anos. Além disso, durante o evento, a praça principal de Tiradentes recebeu a Mostra Valores, uma instalação de painéis fotográficos que apresentam ao público as mulheres que integram o projeto social Toque de Mãos.

A valorização desta iniciativa local, segundo Sérvulo Filho, secretário Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer de Tiradentes, evidencia os talentos da comunidade e fortalece as expressões artísticas do município. “É com grande alegria que destacamos o sucesso da Mostra de Cinema de Tiradentes. Este ano, a mídia espontânea trouxe um holofote especial para nossa cidade, valorizando nossa cultura e atraindo atenção para nosso riquíssimo patrimônio cultural. Graças à Lei Dalma, tivemos avanços significativos. Esta legislação permitiu que projetos como o Mãos do Morro ganhassem vida, demonstrando o talento e a criatividade de nossa gente. Estas iniciativas, apoiadas pela prefeitura, não só fortalecem nossa identidade cultural, mas também reforçam Tiradentes como um destino turístico de relevância. Agradecemos a todos que contribuíram para transformar este evento em uma vitrine da nossa cultura, trazendo benefícios duradouros para a nossa comunidade”, destaca o secretário.

A cidade que, no período da Mostra, recebeu um número de turistas que equivale a cinco vezes o seu número de moradores, sente o impacto na economia local. “A Mostra de Cinema tem um efeito muito positivo na economia de Tiradentes. Antes da existência do evento nós não tínhamos essa ocupação e, que gera uma renda considerável e cria um ciclo de negócios que influência várias cadeias. As pousadas gastam nas lavanderias, nos supermercados, nas padarias, que por sua vez gastam com outros fornecedores e assim por diante”, explica Altamiro Gonçalves , gerente da pousada Encanto da Serra.

SOBRE A MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

PLATAFORMA DE LANÇAMENTO DO CINEMA BRASILEIRO

Maior evento do cinema brasileiro contemporâneo em formação, reflexão, exibição e difusão realizado no país e chega a sua 27ª edição de 19 a 27 de janeiro de 2024, em formato online e presencial. Apresenta, exibe e debate, em edições anuais, o que há de mais inovador e promissor na produção audiovisual brasileira, em pré-estreias mundiais e nacionais – uma trajetória rica e abrangente que ocupa lugar de destaque no centro da história do audiovisual e no circuito de festivais realizados no Brasil.

O evento exibe 145 filmes brasileiros em pré-estreias nacionais e mostras temáticas, presta homenagem a personalidades do audiovisual, promove seminário, debates, a série Encontro com os filmes, oficinas, Mostrinha de Cinema e atrações artísticas. Toda a programação é gratuita. Mais informações www.mostratiradentes.com.br

13º salário do INSS para idosos já tem valores e calendário disponíveis

Liberado anualmente para aposentados e pensionistas, o 13º salário do INSS já teve seu calendário definido para o ano de 2024. Assim como nos anos anteriores, o pagamento do abono natalino será dividido em duas parcelas. Dessa forma, o benefício será liberado durante os meses de maio e junho.

Atualmente, o benefício é pago para todos os aposentados e pensionistas pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A exceção são os idosos que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada). Isso porque o programa é uma iniciativa social e não dá direito ao 13º salário.

Para os demais, a parcela do 13º é liberada com um valor proporcional ao salário do beneficiário. Esse pagamento é definido com base nas contribuições realizadas pelo aposentado ou pensionista durante a vida.

Para auxiliar no cálculo, o FDR preparou uma calculadora que aponta o valor médio da aposentadoria. Confira:

Como calcular o 13º salário do INSS:

Para saber quanto irá receber, é essencial que o beneficiário calcule durante quantos meses do ano receberá pagamentos do INSS;
Caso vá ser contemplado durante todo o ano, seu 13º será referente a uma parcela extra do salário;
No entanto, em situações que o pagamento será efetuado por menos tempo, é preciso realizar outro cálculo;
Para saber quanto será o 13º, ele deverá dividir o valor do seu benefício por 12;
Em seguida, será preciso multiplicar pelos meses em que será atendido;
O resultado será proporcional e indicará o valor do pagamento extra;
Vale lembrar que essa liberação de recursos costuma ser dividida em duas parcelas;
Dessa forma, o beneficiário deverá contar com esse parcelamento ao realizar planos com o dinheiro;
A liberação do 13º acontece em conjunto com o benefício principal do INSS.

FONTE FDR

Ano é 1445, com 10 dias a menos: por que calendário islâmico é diferente?

Já estamos na metade do primeiro mês de 2024, mas no calendário islâmico a contagem do tempo é bem diferente.

Como é o calendário islâmico?

O ano atual no calendário islâmico é 1445 e o “1º de janeiro” é apenas na noite de 7 de julho, com um ciclo de dez dias a menos que os 365 do calendário gregoriano.

O calendário muçulmano não tem como “marco zero” o nascimento de Jesus e sim 16 de julho de 622. Este é o dia em que o profeta Muhammad —ou Maomé— migrou de Meca para onde hoje fica Medina, na Arábia Saudita. Essa fuga, conhecida como Hégira, representou um marco histórico para o que era, até então, um “pequeno grupo de religiosos” que seguia o profeta, segundo Sheikh Ali Momade, membro da Fambras (Federação das Associações Muçulmanas do Brasil).

“Ela [a fuga] representou o avanço e expansão da religião na península arábica, e os muçulmanos registraram esse episódio de migração como uma data que deveria ser lembrada na história do Islã”. – Sheik Ali Momade

Califa Omar, o segundo sucessor do profeta após sua morte, foi quem decidiu que o calendário da migração era o que deveria ser seguido pelo Estado que se criava naquela época, 17 anos depois da viagem de Muhammad.

Contagem de dias tem ‘referência’ diferente: a lua

O ano segundo o calendário islâmico também tem 12 meses, mas eles têm apenas 29 ou 30 dias, o que faz com que o ano, no total, tenha sempre 10 ou 11 dias a menos que o do calendário gregoriano.

Isso acontece porque os muçulmanos contam os meses e dias a partir da lua, e não do sol, como os católicos.

“O dia começa com o pôr do sol e termina antes do pôr do sol. O mês é contado pela progressão da lua. A lua cheia marca a metade de um mês, que no total tem sempre 29 ou 30 dias”- Sheikh Ali Momade

Essa diferença na contagem dos meses também causa uma variação nos dias sagrados para os muçulmanos, como o Ramadã —sempre no nono mês do calendário islâmico, em que os religiosos jejuam e buscam se conectar com Deus. Em 2023, ele aconteceu entre 22 de março e 21 de abril. Já em 2024, vai acontecer entre 10 de março e 8 de abril —sujeito ainda a pequenas variações, a depender da lua.

“Essa forma de ver o tempo precede a existência do Islã. Os árabes e judeus já a usavam para estabelecer os dias do mês, eles sempre seguiram esse calendário. E o gregoriano veio muito depois com a ascensão da Igreja Católica”. – Sheikh Ali Momade

Oficialmente, países com governos muçulmanos também seguem o calendário cristão, mas muitos não se desconectam totalmente do lunar, segundo o religioso. “Em documentos oficiais você vai perceber a indicação de duas datas. Diferentes, mas que falam sobre o mesmo período, uma para o gregoriano outro para o árabe-islâmico.”

FONTE EDUCAÇÃO UOL

DESCANSO! Confira quais são os feriados nacionais de 2024

Saiba como fica o atendimento bancário nessas ocasiões

O ano de 2024 terá 12 feriados nacionais em que não haverá expediente bancário. A saber, quatro deles serão no sábado ou domingo, quando já não há atendimento presencial ao público nas agências.

Siga a leitura para conferir quantos serão os feriados e o calendário completo.

Resolução orienta sobre os feriados nacionais

Cabe citar que a decisão segue a Resolução n.º 4.880, de 23 de dezembro de 2020, do Conselho Monetário Nacional, que não considera dias úteis para fins de operações bancárias sábados, domingos e feriados de âmbito nacional, incluindo a segunda-feira (12/02) e a terça-feira (13/02) de Carnaval.

Na Quarta-Feira de Cinzas (14/02), o início do expediente será às 12h, no horário local, com encerramento previsto no horário normal de fechamento das agências.

Ainda mais, nas localidades em que as agências fecham normalmente antes das 15h, o início do expediente bancário será antecipado, de modo a garantir o mínimo de 3 horas de atendimento presencial ao público.

Em complemento, os outros feriados bancários durante o ano de 2024 são:

  • Sexta-feira da Paixão – 29 de março;
  • Tiradentes – 21 de abril;
  • Dia do Trabalho – 1º de maio;
  • Corpus Christi – 30 de maio;
  • Independência do Brasil – 7 de setembro;
  • Nossa Senhora Aparecida -12 de outubro;
  • Dia de Finados – 2 de novembro;
  • Proclamação da República -15 de novembro;
  • Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra – 20 de novembro;
  • Natal – 25 de dezembro.

Feriado novo

Para quem não acompanhou, vale explicar que o dia 20 de novembro passou a ser feriado em todo o país em 2023.

Aliás, a data já era considerada feriado em seis estados (Mato Grosso, Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Amapá e São Paulo) e em mais de 1.000 cidades por meio de leis municipais e estaduais.

Por fim, saiba que no último dia do útil do ano, que em 2024 será em 31 de dezembro, as agências bancárias tradicionalmente não abrem ao público.

Orientações

A Febraban recomenda os clientes a utilizarem preferencialmente os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para a realização de transferências e pagamento de contas nos dias em que não houver expediente nas agências.

Carnês e contas de consumo (como água, energia, telefone, etc.) vencidos nos feriados, ou no último dia útil do ano, poderão ser pagos sem acréscimo no dia útil seguinte. Geralmente, os tributos já estão com as datas ajustadas ao calendário de feriados, sejam federais, estaduais ou municipais.

As contas de consumo (água, energia, telefone etc) e carnês com vencimento nos dias do feriado poderão ser pagos, sem acréscimo, no dia útil seguinte ao feriado, informa Walter Faria, diretor-adjunto de Serviços da Febraban.

“Normalmente, os tributos já vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados nacionais, estaduais e municipais”, afirma o diretor.

Contudo, caso isso não tenha ocorrido no documento de arrecadação, a sugestão é antecipar o pagamento ou, no caso dos títulos que têm código de barras, agendar o pagamento nos caixas eletrônicos, internet banking e pelo atendimento telefônico dos bancos.

“É importante ressaltar que os clientes sempre podem usar os canais digitais, como internet e mobile banking, para a realização de transferências e pagamento de suas contas. Atualmente, 7 em cada 10 operações bancárias são feitas pelos meios digitais, reflexo da comodidade, rapidez e segurança proporcionada por estes canais”, afirma Faria.

Tabela dos feriados nacionais de 2024

Acompanhe agora um resumo das datas.

Feriados bancários nacionais

DataDia da semanaFeriado
12 de fevereiroSegunda-feiraCarnaval
13 de fevereiroTerça-feiraCarnaval
29 de marçoSexta-feiraSexta-feira da Paixão
21 de abrilDomingoDia de Tiradentes
1º de maioQuarta-feiraDia do Trabalho
30 de maioQuinta-feiraCorpus Christi
7 de setembroSábadoIndependência do Brasil
12 de outubroSábadoNossa Senhora Aparecida
2 de novembroSábadoDia de Finados
15 de novembroSexta-feiraProclamação da República
20 de novembroQuarta-feiraDia da Consciência Negra
25 de dezembroQuarta-feiraNatal

Dias especiais

DataDia da semanaFeriado
14 de fevereiroQuarta-feiraQuarta-feira de Cinzas
31 de dezembroTerça-feiraÚltimo dia útil do ano

Fonte: Federação Brasileira de Bancos

FONTE BRASIL 123

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.