13º salário do INSS para idosos já tem valores e calendário disponíveis

Liberado anualmente para aposentados e pensionistas, o 13º salário do INSS já teve seu calendário definido para o ano de 2024. Assim como nos anos anteriores, o pagamento do abono natalino será dividido em duas parcelas. Dessa forma, o benefício será liberado durante os meses de maio e junho.

Atualmente, o benefício é pago para todos os aposentados e pensionistas pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A exceção são os idosos que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada). Isso porque o programa é uma iniciativa social e não dá direito ao 13º salário.

Para os demais, a parcela do 13º é liberada com um valor proporcional ao salário do beneficiário. Esse pagamento é definido com base nas contribuições realizadas pelo aposentado ou pensionista durante a vida.

Para auxiliar no cálculo, o FDR preparou uma calculadora que aponta o valor médio da aposentadoria. Confira:

Como calcular o 13º salário do INSS:

Para saber quanto irá receber, é essencial que o beneficiário calcule durante quantos meses do ano receberá pagamentos do INSS;
Caso vá ser contemplado durante todo o ano, seu 13º será referente a uma parcela extra do salário;
No entanto, em situações que o pagamento será efetuado por menos tempo, é preciso realizar outro cálculo;
Para saber quanto será o 13º, ele deverá dividir o valor do seu benefício por 12;
Em seguida, será preciso multiplicar pelos meses em que será atendido;
O resultado será proporcional e indicará o valor do pagamento extra;
Vale lembrar que essa liberação de recursos costuma ser dividida em duas parcelas;
Dessa forma, o beneficiário deverá contar com esse parcelamento ao realizar planos com o dinheiro;
A liberação do 13º acontece em conjunto com o benefício principal do INSS.

FONTE FDR

Ano é 1445, com 10 dias a menos: por que calendário islâmico é diferente?

Já estamos na metade do primeiro mês de 2024, mas no calendário islâmico a contagem do tempo é bem diferente.

Como é o calendário islâmico?

O ano atual no calendário islâmico é 1445 e o “1º de janeiro” é apenas na noite de 7 de julho, com um ciclo de dez dias a menos que os 365 do calendário gregoriano.

O calendário muçulmano não tem como “marco zero” o nascimento de Jesus e sim 16 de julho de 622. Este é o dia em que o profeta Muhammad —ou Maomé— migrou de Meca para onde hoje fica Medina, na Arábia Saudita. Essa fuga, conhecida como Hégira, representou um marco histórico para o que era, até então, um “pequeno grupo de religiosos” que seguia o profeta, segundo Sheikh Ali Momade, membro da Fambras (Federação das Associações Muçulmanas do Brasil).

“Ela [a fuga] representou o avanço e expansão da religião na península arábica, e os muçulmanos registraram esse episódio de migração como uma data que deveria ser lembrada na história do Islã”. – Sheik Ali Momade

Califa Omar, o segundo sucessor do profeta após sua morte, foi quem decidiu que o calendário da migração era o que deveria ser seguido pelo Estado que se criava naquela época, 17 anos depois da viagem de Muhammad.

Contagem de dias tem ‘referência’ diferente: a lua

O ano segundo o calendário islâmico também tem 12 meses, mas eles têm apenas 29 ou 30 dias, o que faz com que o ano, no total, tenha sempre 10 ou 11 dias a menos que o do calendário gregoriano.

Isso acontece porque os muçulmanos contam os meses e dias a partir da lua, e não do sol, como os católicos.

“O dia começa com o pôr do sol e termina antes do pôr do sol. O mês é contado pela progressão da lua. A lua cheia marca a metade de um mês, que no total tem sempre 29 ou 30 dias”- Sheikh Ali Momade

Essa diferença na contagem dos meses também causa uma variação nos dias sagrados para os muçulmanos, como o Ramadã —sempre no nono mês do calendário islâmico, em que os religiosos jejuam e buscam se conectar com Deus. Em 2023, ele aconteceu entre 22 de março e 21 de abril. Já em 2024, vai acontecer entre 10 de março e 8 de abril —sujeito ainda a pequenas variações, a depender da lua.

“Essa forma de ver o tempo precede a existência do Islã. Os árabes e judeus já a usavam para estabelecer os dias do mês, eles sempre seguiram esse calendário. E o gregoriano veio muito depois com a ascensão da Igreja Católica”. – Sheikh Ali Momade

Oficialmente, países com governos muçulmanos também seguem o calendário cristão, mas muitos não se desconectam totalmente do lunar, segundo o religioso. “Em documentos oficiais você vai perceber a indicação de duas datas. Diferentes, mas que falam sobre o mesmo período, uma para o gregoriano outro para o árabe-islâmico.”

FONTE EDUCAÇÃO UOL

DESCANSO! Confira quais são os feriados nacionais de 2024

Saiba como fica o atendimento bancário nessas ocasiões

O ano de 2024 terá 12 feriados nacionais em que não haverá expediente bancário. A saber, quatro deles serão no sábado ou domingo, quando já não há atendimento presencial ao público nas agências.

Siga a leitura para conferir quantos serão os feriados e o calendário completo.

Resolução orienta sobre os feriados nacionais

Cabe citar que a decisão segue a Resolução n.º 4.880, de 23 de dezembro de 2020, do Conselho Monetário Nacional, que não considera dias úteis para fins de operações bancárias sábados, domingos e feriados de âmbito nacional, incluindo a segunda-feira (12/02) e a terça-feira (13/02) de Carnaval.

Na Quarta-Feira de Cinzas (14/02), o início do expediente será às 12h, no horário local, com encerramento previsto no horário normal de fechamento das agências.

Ainda mais, nas localidades em que as agências fecham normalmente antes das 15h, o início do expediente bancário será antecipado, de modo a garantir o mínimo de 3 horas de atendimento presencial ao público.

Em complemento, os outros feriados bancários durante o ano de 2024 são:

  • Sexta-feira da Paixão – 29 de março;
  • Tiradentes – 21 de abril;
  • Dia do Trabalho – 1º de maio;
  • Corpus Christi – 30 de maio;
  • Independência do Brasil – 7 de setembro;
  • Nossa Senhora Aparecida -12 de outubro;
  • Dia de Finados – 2 de novembro;
  • Proclamação da República -15 de novembro;
  • Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra – 20 de novembro;
  • Natal – 25 de dezembro.

Feriado novo

Para quem não acompanhou, vale explicar que o dia 20 de novembro passou a ser feriado em todo o país em 2023.

Aliás, a data já era considerada feriado em seis estados (Mato Grosso, Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Amapá e São Paulo) e em mais de 1.000 cidades por meio de leis municipais e estaduais.

Por fim, saiba que no último dia do útil do ano, que em 2024 será em 31 de dezembro, as agências bancárias tradicionalmente não abrem ao público.

Orientações

A Febraban recomenda os clientes a utilizarem preferencialmente os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para a realização de transferências e pagamento de contas nos dias em que não houver expediente nas agências.

Carnês e contas de consumo (como água, energia, telefone, etc.) vencidos nos feriados, ou no último dia útil do ano, poderão ser pagos sem acréscimo no dia útil seguinte. Geralmente, os tributos já estão com as datas ajustadas ao calendário de feriados, sejam federais, estaduais ou municipais.

As contas de consumo (água, energia, telefone etc) e carnês com vencimento nos dias do feriado poderão ser pagos, sem acréscimo, no dia útil seguinte ao feriado, informa Walter Faria, diretor-adjunto de Serviços da Febraban.

“Normalmente, os tributos já vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados nacionais, estaduais e municipais”, afirma o diretor.

Contudo, caso isso não tenha ocorrido no documento de arrecadação, a sugestão é antecipar o pagamento ou, no caso dos títulos que têm código de barras, agendar o pagamento nos caixas eletrônicos, internet banking e pelo atendimento telefônico dos bancos.

“É importante ressaltar que os clientes sempre podem usar os canais digitais, como internet e mobile banking, para a realização de transferências e pagamento de suas contas. Atualmente, 7 em cada 10 operações bancárias são feitas pelos meios digitais, reflexo da comodidade, rapidez e segurança proporcionada por estes canais”, afirma Faria.

Tabela dos feriados nacionais de 2024

Acompanhe agora um resumo das datas.

Feriados bancários nacionais

DataDia da semanaFeriado
12 de fevereiroSegunda-feiraCarnaval
13 de fevereiroTerça-feiraCarnaval
29 de marçoSexta-feiraSexta-feira da Paixão
21 de abrilDomingoDia de Tiradentes
1º de maioQuarta-feiraDia do Trabalho
30 de maioQuinta-feiraCorpus Christi
7 de setembroSábadoIndependência do Brasil
12 de outubroSábadoNossa Senhora Aparecida
2 de novembroSábadoDia de Finados
15 de novembroSexta-feiraProclamação da República
20 de novembroQuarta-feiraDia da Consciência Negra
25 de dezembroQuarta-feiraNatal

Dias especiais

DataDia da semanaFeriado
14 de fevereiroQuarta-feiraQuarta-feira de Cinzas
31 de dezembroTerça-feiraÚltimo dia útil do ano

Fonte: Federação Brasileira de Bancos

FONTE BRASIL 123

Calendário abono salarial PIS-Pasep 2024: quando começa o pagamento e qual o novo valor

Pagamento será feito de acordo com o mês de nascimento, a partir de fevereiro. Veja quem tem direito

A Caixa Econômica Federal informou que o pagamento do Abono Salarial 2024, referente ao ano-base 2022, começa a ser pago no próximo mês de fevereiro, a partir do dia 15.

Para o pagamento do PIS, considera-se o mês de nascimento do trabalhador. Já para o Pasep, a referência é o dígito final do número de inscrição no programa.

Segundo a Caixa, todos os beneficiários podem sacar o dinheiro até o dia 27 de dezembro.

Por onde será o pagamento?

Recebem o PIS (Programa de Integração Social) trabalhadores da iniciativa privada. O pagamento é administrado pela Caixa Econômica Federal.

Já o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é válido para os servidores públicos, e os depósitos são feitos pelo Banco do Brasil.

Abaixo, veja quando será o pagamento do PIS neste ano de 2024:

Calendário de Pagamento Pis 2024 (Ano-Base 2022)

NASCIDO EMRECEBEM A PARTIR DEPagamento Final
Janeiro15/02/202427/12/2024
Fevereiro15/03/202427/12/2024
Março15/04/202427/12/2024
Abril15/04/202427/12/2024
Maio15/05/202427/12/2024
Junho15/05/202427/12/2024
Julho17/06/202427/12/2024
Agosto17/06/202427/12/2024
Setembro15/07/202427/12/2024
Outubro15/07/202427/12/2024
Novembro15/08/202427/12/2024
Dezembro15/08/202427/12/2024

Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego

Abaixo, confira o calendário de pagamento do Pasep, de fevereiro a dezembro deste ano:

Calendário de Pagamento Pasep 2024 (Ano-Base 2022)

Final da InscriçãoRecebem a partir dePagamento final em
015/02/202427/12/2024
115/03/202427/12/2024
2 e 315/04/202427/12/2024
4 e 515/05/202427/12/2024
6 e 715/06/202427/12/2024
815/07/202427/12/2024
915/08/202427/12/2024

Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego

O que é o abono salarial?

O abono salarial equivale ao valor de, no máximo, um salário-mínimo (agora em R$ 1.412). Para receber os valores, os trabalhadores devem atender aos seguintes critérios para ter direito ao benefício:

  • estar cadastrado no programa PIS/Pasep ou no CNIS (data do primeiro emprego) há pelo menos cinco anos;
  • ter trabalhado para empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social (PIS) ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep);
  • ter recebido até 2 salários-mínimos médios de remuneração mensal no período trabalhado;
  • ter exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base da apuração (2022);
  • ter os dados informados pelo empregador (pessoa jurídica ou governo) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou no eSocial do ano-base considerado para apuração (2022).

Quem não tem direito ao abono salarial?

  • empregado(a) doméstico(a);
  • trabalhadores rurais empregados por pessoa física;
  • trabalhadores urbanos empregados por pessoa física;
  • trabalhadores empregados por pessoa física equiparada a jurídica.

Qual é o valor?

O valor do abono salarial pode chegar a um salário-mínimo, de acordo com a quantidade de meses trabalhados. Só recebe o valor total quem trabalhou os 12 meses do ano anterior. Com aumento do salário-mínimo, o valor do abono passa para R$ 1.412.

As informações sobre os trabalhadores que têm direito ou não ao abono salarial poderão ser consultadas no dia 5 de fevereiro de 2024, na carteira de trabalho digital ou no portal gov.br.

FONTE G1

Saque-aniversário do FGTS 2024: veja o calendário e como solicitar

Trabalhadores podem ter acesso ao saque de parte do Fundo de Garantia uma vez ao ano através da modalidade. Confira as datas de pagamento.

A Caixa Econômica Federal anunciou recentemente o calendário para o saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para o ano de 2024. Essa modalidade permite que os trabalhadores retirem, uma vez por ano, uma parte do saldo de suas contas vinculadas ativas ou inativas. Contudo, o trabalhador precisa aderir a modalidade.

Como fazer o Saque-aniversário do FGTS em 2024?

A adesão ao saque-aniversário é voluntária e pode ser feita através do aplicativo oficial do FGTS, disponível para smartphones e tablets (sistemas Android e iOS). Também é possível fazer a adesão nas agências da Caixa Econômica Federal.

O trabalhador que deseja receber o dinheiro no mesmo ano em que faz a adesão, deve optar pelo saque-aniversário até o último dia do mês de seu nascimento. Caso contrário, o saque só será liberado a partir do ano seguindo.

Importante notar que a adesão precisa ser feita apenas uma vez. Os valores são disponibilizados para saque até o último dia útil do segundo mês subsequente ao do aniversário do trabalhador.

Se o dinheiro não for retirado dentro deste prazo, ele retorna para a conta do FGTS do trabalhador.

Calendário do Saque-aniversário 2024

O calendário para o saque-aniversário 2024 já foi divulgado:

  • Nascidos em janeiro – saque de 2 de janeiro a 29 de março
  • Nascidos em fevereiro – saque de 1º de fevereiro a 30 de abril
  • Nascidos em março – saque de 1º de março a 31 de maio
  • Nascidos em abril – saque de 1º de abril a 28 de junho
  • Nascidos em maio – saque de 2 de maio a 31 de julho
  • Nascidos em junho – saque de 3 de junho a 30 de agosto
  • Nascidos em julho – saque de 1º de julho a 30 de setembro
  • Nascidos em agosto – saque de 1º de agosto a 31 de outubro
  • Nascidos em setembro – saque de 2 de setembro a 30 de novembro
  • Nascidos em outubro – saque de 1º de outubro a 29 de dezembro
  • Nascidos em novembro – saque de 1º de novembro a 31 de janeiro de 2025
  • Nascidos em dezembro – saque de 2 de dezembro a 28 de fevereiro de 2025

Como sacar?

De acordo com a Caixa, a melhor forma de resgatar é através do aplicativo FGTS.

Nesse caso, o valor pode ser transferido para qualquer conta que esteja no nome do trabalhador, independentemente do banco, sem custo algum.

O saque pode ser feito em casas lotéricas ou nos terminais de autoatendimento para quem tem senha do Cartão Cidadão. Quem tem Cartão Cidadão e senha também pode sacar o dinheiro nos correspondentes Caixa Aqui. Basta apresentar um documento de identificação.

Atenção as restrições

Ao escolher pelo saque-aniversário, o trabalhador perde o direito de sacar o saldo total depositado na sua conta do FGTS em caso de demissão sem justa causa. Porém, continuará tendo direito à multa rescisória de 40% paga pelo empregador.

No entanto, as outras condições de saque do FGTS, incluindo para compra de imóvel, aposentadoria e doença grave, não são afetadas pelo saque-aniversário.

FONTE O ANTAGONISTA

IPVA 2024: veja calendário de pagamento nos estados e DF

Pagamento é obrigatório, e a alíquota varia conforme o modelo e a idade do veículo.

Os estados divulgaram como será a cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em 2024.

O g1 preparou uma lista com os calendários, alíquotas, descontos e formas de pagamento do tributo, que é obrigatório (veja abaixo).

A alíquota do imposto varia conforme o modelo e a idade do veículo, além do estado onde o contribuinte mora.

A base de cálculo do IPVA é o valor de mercado do veículo e leva em conta a chamada tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

O estado do Amazonas não divulgou as regras do IPVA de 2024 até a última atualização desta reportagem.

Veja abaixo prazos para pagamento e como fica o imposto em cada estado:

https://flo.uri.sh/visualisation/16286428/embed?auto=1

FONTE G1

ANUNCIADO o Calendário do Abono Salarial PIS/Pasep 2024!

Em uma recente queda de braço entre o governo federal e os trabalhadores da iniciativa pública e privada, foram definidos os prazos para o pagamento do Abono Salarial relativo ao PIS/Pasep para o ano de 2024. A proposta já está sobre a mesa, porém ainda aguarda a concordância do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), que tem uma reunião para discutir o assunto agendada para 13 de dezembro.

De acordo com um rascunho que a Folha de São Paulo teve acesso e compartilhou, a expectativa é que os pagamentos comecem no dia 15 de fevereiro de 2024 e terminem em 27 de dezembro do mesmo ano. O pagamento será dividido em sete lotes e será executado ao longo do ano. Mas a divisão de lotes se dá de maneira um tanto peculiar. Para entender isso, vamos falar um pouco mais sobre como funcionam os Programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

Calendário de pagamento do abono salarial PIS/Pasep:

Data de nascimentoData de pagamento
PIS
Janeiro15 de fevereiro
Fevereiro15 de março
Março15 de abril
Abril15 de abril
Maio15 de maio
Junho15 de maio
Julho17 de junho
Agosto17 de junho
Setembro15 de julho
Outubro15 de julho
Novembro15 de agosto
Dezembro15 de agosto
Pasep
Final de inscrição 015 de fevereiro
Final de inscrição 115 de março
Final de inscrição 215 de abril
Final de inscrição 315 de abril
Final de inscrição 415 de maio
Final de inscrição 515 de maio
Final de inscrição 617 de junho
Final de inscrição 717 de junho
Final de inscrição 815 de julho
Final de inscrição 915 de agosto

Quem é responsável pelo pagamento?

Os trabalhadores que têm direito ao abono salarial do PIS recebem o pagamento através da Caixa Econômica Federal. No caso do Pasep, o pagamento é feito pelo Banco do Brasil. Mas não é todo trabalhador que tem direito a receber o abono salarial.

Para poder receber, é necessário preencher alguns requisitos. Segundo a Caixa Econômica Federal, é preciso:

  • Estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base;
  • Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.

FONTE BM&C NEWS

SAIU AGORA (22/12) calendário oficial de pagamentos de dezembro do INSS

A espera ansiosa dos mais de 37 milhões de aposentados e pensionistas brasileiros pelos depósitos de seus benefícios está chegando ao fim. O calendário de dezembro do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já foi disponibilizado e, para a felicidade de muitos, os pagamentos começarão a ser realizados a partir do dia 21 de dezembro.

Os beneficiários devem estar cientes de que as datas de pagamento variam de acordo com o valor do benefício recebido. Para aqueles que recebem até um salário mínimo, as datas de pagamento são diferentes das destinadas aos segurados que recebem acima do piso nacional.

Como verificar a data do benefício?

A resposta é simples: é necessário verificar o número final do seu cartão de benefício, ignorando o último dígito verificador, que vem após o traço.

Por exemplo, se o número do cartão for 123456789-0, o número 9 é considerado o dígito final. Portanto, para saber a data de pagamento, basta consultar a tabela do INSS do ano em questão (neste caso, 2023) e procurar a data correspondente a esse número (neste exemplo, o número 9). Esse processo é o mesmo para todos os beneficiários, seguindo o padrão habitual.

Veja as datas previstas:

Calendário de dezembro

Para quem recebe um salário mínimo:

  • Final 1: 21 de dezembro;
  • Final 2: 22 de dezembro;
  • Final 3: 26 de dezembro;
  • Final 4: 27 de dezembro;
  • Final 5: 28 de dezembro;
  • Final 6: 2 de janeiro;
  • Final 7: 3 de janeiro;
  • Final 8: 4 de janeiro;
  • Final 9: 5 de janeiro;
  • Final 0: 8 de janeiro.

Para quem recebe mais que o salário mínimo:

  • Final 1 e 6: 2 de janeiro;
  • Final 2 e 7: 3 de janeiro;
  • Final 3 e 8: 4 de janeiro;
  • Final 4 e 9: 5 de janeiro;
  • Final 5 e 0: 8 de janeiro.

Calendário de janeiro

Para quem recebe um salário mínimo:

  • Final 1: 25 de janeiro;
  • Final 2: 26 de janeiro;
  • Final 3: 29 de janeiro;
  • Final 4: 30 de janeiro;
  • Final 5: 31 de janeiro;
  • Final 6: 1 de fevereiro;
  • Final 7: 2 de fevereiro;
  • Final 8: 5 de fevereiro;
  • Final 9: 6 de fevereiro;
  • Final 0: 7 de fevereiro.

Para quem recebe mais que o salário mínimo:

  • Finais 1 e 6: 1 de fevereiro;
  • Finais 2 e 7: 2 de fevereiro;
  • Finais 3 e 8: 5 de fevereiro;
  • Finais 4 e 9: 6 de fevereiro;
  • Finais 5 e 0: 7 de fevereiro.

Serviços disponíveis no site do INSS

Além de todas as informações relacionadas ao pagamento, o site do INSS oferece acesso a vários outros serviços essenciais para os segurados.

Agendamento de Perícias

É possível agendar ou remarcar perícias médicas diretamente pelo site.

Extrato de Pagamento

Os segurados podem verificar o extrato de pagamento e os valores a serem recebidos no próximo calendário.

Informações Atualizadas

As datas de pagamento são sempre atualizadas no portal, facilitando a programação dos beneficiários.

Outros benefícios administrados pelo INSS

INSS não é responsável apenas pela aposentadoria. O Instituto também administra outros benefícios, como auxílio-doença, auxílio-reclusão, pensões, salários família e maternidade, pecúlio e seguro-defeso. As informações de todos esses benefícios também estão sempre atualizadas no portal e no aplicativo do INSS, para maior comodidade dos beneficiários.

Antecipe-se, organize-se e acompanhe de perto as datas de pagamento através dos canais oficiais do INSS. Consulte o calendário 2023 e programe-se para não ter surpresas desagradáveis.

FONTE REVISTA DOS BENEFÍCIOS

INSS anuncia calendário de pagamentos de 2024

Recebem primeiro os beneficiários que ganham até um salário mínimo

Já dá para se planejar! Afinal, o calendário de pagamentos de 2024 do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foi divulgado.

Como de costume, recebem primeiro os aposentados e pensionistas com repasse de até um salário mínimo.

Além disso, cabe destacar que o calendário leva em conta o número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço.

A saber, o INSS paga, mensalmente, 39.036.865 de benefícios previdenciários. Desse total, 5.657.745 são benefícios assistenciais, e 33.379.120 previdenciários.

Calendário de pagamentos de 2024 do INSS

Veja só! É importante explicar que no calendário de 2024 ainda constam os pagamentos do INSS de dezembro, que são pagos no mês seguinte.

Para quem recebe até um salário mínimo, os depósitos referentes a dezembro de 2023 serão feitos entre os dias 21 de dezembro e 8 de janeiro.

Já o pagamento de janeiro vai de 25 de janeiro até o dia 7 de fevereiro, quando recebem os segurados do INSS com final de benefício terminado em 0 (zero).

Ainda mais, os segurados com renda mensal acima do piso nacional terão os seus pagamentos creditados a partir de 2 de janeiro, para os que têm cartão final 1 e 6.

Por fim, o pagamento de janeiro será creditado em 1º de fevereiro.

E o décimo terceiro?

Vale lembrar que os aposentados e pensionistas do INSS recebem o 13º, mas, a data de depósito do próximo ano ainda deve ser informada.

Em 2023, o INSS fez a antecipação do décimo, e com isso os pagamentos foram feitos entre maio e junho desse ano.

Como consultar os valores?

Para quem não tem acesso à internet, basta ligar para a Central 135. Ao ligar, informe o número do CPF e confirme algumas informações cadastrais, de forma a evitar fraudes.

Fique ligado, pois o atendimento está disponível de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h.

Em contrapartida, os segurados que têm acesso à web podem acessar o site ‘Meu INSS’. Após fazer o login, na tela inicial, clique no serviço de “Extrato de Pagamento”. É possível ter acesso ao extrato e todos os detalhes sobre o pagamento do benefício.

Ainda mais, a consulta também pode ser feita pelo aplicativo ‘Meu INSS’, disponível para aparelhos com sistemas Android e iOS. Assim como no acesso pelo site, de início, é necessário fazer login e senha. Depois disso, todos os serviços disponíveis e o histórico das informações do beneficiário serão listados.

Mande esse artigo para alguém que você saiba que está em busca de informações sobre o calendário de pagamentos de 2024 do INSS.

FONTE BRASIL 123

Natal garantido: consulte o calendário INSS de dezembro e não perca as datas de pagamento da aposentadoria!

Cronograma referente ao último mês de 2023 já pode ser consultado pelo público.

Atenção, aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social)! Já está disponível para consulta o calendário oficial referente aos repasses de dezembro. De acordo com a autarquia, os pagamentos começarão efetivamente no dia 25 de dezembro.

De acordo com informações divulgadas pelo Ministério da Previdência Social, 37 milhões de brasileiros deverão ser contemplados neste final de ano. Assim, é essencial estar atento para não perder as datas de recebimento, a fim de planejar melhor as despesas extras tão comuns nessa época.

Como fazer a consulta?

Como já é de praxe, os dias dos repasses variam conforme o valor do benefício. Assim, os depósitos de cifras de até um salário mínimo são realizados em dias distintos dos pagamentos dos beneficiários que possuem renda superior ao piso nacional atualizado.

Para descobrir a sua data de recebimento, basta conferir a numeração final presente no cartão do benefício, lembrando-se sempre de desconsiderar o último algarismo verificador após o traço. Por exemplo, se o seu número for 123456789-0, o dígito final será o 9. Vejamos o cronograma para quem recebe até um salário mínimo:

  • Final 1: 21 de dezembro
  • Final 2: 22 de dezembro
  • Final 3: 26 de dezembro
  • Final 4: 27 de dezembro
  • Final 5: 28 de dezembro
  • Final 6: 2 de janeiro
  • Final 7: 3 de janeiro
  • Final 8: 4 de janeiro
  • Final 9: 5 de janeiro
  • Final 0: 8 de janeiro

A seguir, vamos conferir quando serão contemplados aqueles que recebem mais de um salário mínimo. Além disso, é possível verificar o extrato do INSS. O procedimento pode ser realizado por meio do aplicativo do instituto ou pelo site. No entanto, para acessar essa opção, é necessário que o usuário possua uma conta Gov.br.

  • Finais 1 e 6: 2 de janeiro
  • Finais 2 e 7: 3 de janeiro
  • Finais 3 e 8: 4 de janeiro
  • Finais 4 e 9: 5 de janeiro
  • Finais 5 e 0: 8 de janeiro

FONTE CAPITALIST

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.