Itaverava promove o 1º Seminário de Turismo e apresentação do circuito turístico da cachaça

Hoje (16) Itaverava, a partir das 1400 horas, a Secretaria Municipal de Cultura e parceiros promovem o I º Seminário de Turismo.

Na pauta dos debates o turismo rural, agricultura familiar e discussão diversas sobre o eixo de fomento e de desenvolvimento econômico através de atividade sustentáveis.

Ao final acontece o primeiro encontro dos produtores de cachaça de Piranga, Itaverava e região, no qual será apresentado o projeto “Circuito Turístico”.

Veja a programação.

Perseguição na MG 482 termina em prisões de bandidos

Uma operação realizada agora há pouco na MG 482 em Itaverava na altura do KM 270 no local chamado Pé do Morro terminou com a prisão de ao menos 2 bandidos. As primeiras informações são de que houve disparos no local.
Mais informações em breve.

Foto: @_raiane.silva_

Prefeitura da região corta verba na saúde suspende atendimentos e revolta moradores

A partir de hoje (6), Itaverara fica sem atendimento médico aos finais de semana e feridos

Embalado pela alta popularidade, quando foi reeleito com mais de 70% dos votos, uma das melhores performances eleitorais da região, o Prefeito José Flaviano (PR), mas conhecido como “Nô” agora enfrenta dificuldades financeiras.

Nossa reportagem teve acesso ao ofício nº130/2021, de 3 de novembro, em que a prefeitura corta serviços da saúde prejudicando os atendimentos dos itaveravenses.

Segundo o teor do documento, que “motivos de controle e gestão municipal” o Prefeito Nô determinou a suspensão do funcionamento da Unidade Básica de Saúde (USB) Maria José Alves Reis Carvalho aos finais de semana e feriados. Em outros dias, a USB terá atendimento entre às 7:00 às 21:00 horas.

A decisão já gera reclamações já que a unidade de saúde funciona como um pronto socorro aos moradores. Com o fechamento aos finais de semana, eles serão prejudicados. “A UBS é nosso pronto socorro agora onde vamos recorrer? Não temos onde ir para os atendimentos. Tudo será encaminhado a Lafaiete sendo que muitos casos poderiam ser tratados e resolvidos em Itaverava”, criticou uma moradora, do Bairro Bananal, que não quis se identificar com medo de retaliação.
A partir de hoje (6), Itaverava ficar sem atendimento médico aos finais de semana.

Orçamento

Em 2020, a prefeitura teve a maior arrecadação de sua história batendo na casa de R$17,7 milhões. A previsão para 2021 é de quase R$20 milhões, mas até outubro, Itaverava teve uma receita de R$14 milhões e não deve chegar a soma prevista, aumento as dificuldades financeiras do município diante dos compromissos assumidos.

As especulações apontam que por medida de contenção de despesas, a alternativa seria a demissão de funcionários. O pagamento da folha salarial dos servidores, que deveria ser quitada ontem (5), segundo informações, será paga no dia 10.

Segundo moradores, a prefeitura tem excesso de funcionários e o equilíbrio de prioridades poderia manter em funcionamento da UBS. “O prefeito deveria cortar em outras áreas que não são prioritárias. O atendimento e assistência na saúde são fundamentais para salvar vida o resto deixa para quando puder”, reclamou a moradora.

Final do Campeonato Brasileiro é transferido para quinta-feira (7) e aluna da região concorre ao título

A aluna Amanda Rafaela Gonzaga, de 14 anos, estudante da Escola Estadual Conselheiro Antão, de Itaverava, está na grande final representando Minas Gerais no Campeonato Brasileiro Virtual de Futebol Show-Freestyle Sub-14 de Embaixadinhas, organizado pela CBDE (Confederação Brasileira de Desporto Escolar).Com o apoio de todos da região, através do voto popular, Amanda venceu duas fases eliminatórias e chega a esta grande final, na qual foram classificadas 4 alunas atletas.

A campeã será eleita pelo voto popular e júri técnico. No voto popular as alunas estarão disputando 2 alunas em cada chave no Instagram. Amanda competirá estará com uma aluna atleta do Maranhão. 

Mudanças

Conforme matéria posta neste fim de semana, final estava marcada para esta terça-feira (5), porém a Confederação Brasileira de Desporto Escolar transferiu o evento, devido a instabilidade no aplicativo, para esta quinta-feira (7) a partir de 10:00 horas e terá duração de 24:00 horas.

Dentre as 4 finalistas, a aluna que conquistar a maior votação popular vai para o júri técnico com 4 pontos; a segunda mais votada com 3 pontos, a terceira com 2 pontos e a quarta 1 ponto.

Portanto é de grande relevância o voto popular e sobretudo este voto para a nossa representante da Superintendência Regional de Ensino, de Conselheiro Lafaiete, do Alto Paraopeba e de Minas, Amanda Rafaela Gonzaga nessa grande final do Campeonato Brasileiro de Futebol Frestyle.

Portanto para votar é entrar no Instagram da CBDE oficial, entrar nos historys e vota em Amanda Rafaela Gonzaga.

Prefeitura finaliza asfaltamento entre Monsenhor Isidro e Sobradinho e já prepara ligação a Rodovia da Batata


Sob salvas de palmas e foguetes, a Prefeitura de Itaverava finalizou na tarde quarta-feira (29), uma obra histórica de ligação asfáltica de 1,5 km na urbana entre Monsenhor Isidro e Sobradinho. “Vai ficar para a história e vai trazer muita alegra e mais uma etapa realizada. Um sonho realizado”, disse o Prefeito José Flaviano (PR), “Nô”.

Agora, faltam 2,2km para chegar até a Rodovia da Batata, ligando Monsenhor Isidro a Ouro Branco.

Um fato curioso, é que o caminhão pipa, da prefeitura, que auxiliava a obra, quebrou, mas “São Pedro” enviou uma chuva milagrosa, que colaborou na conclusão do asfalto. “Veio na hora certinha”, comemorou o prefeito. “Agente está mostrando que uma gestão honesta o dinheiro rende muito progresso”.

Outra obra concluída ontem (30) pela prefeitura foi o recapeamento do centro de Itaverava. “Estamos fazendo o que prometemos”, finalizou “Nô”.

https://youtu.be/N0_r8P2Y6sA

Itaverava promove passeio ciclístico em torno de rota turística

Aconteceu no fim de semana, o Primeiro Encontro de Ciclista em Itaverava. O evento foi realizado pela Loja Rout Bike Café e apoiado pela Secretaria de Cultura e Turismo de Itaverava e Secretaria de Esporte. Tiveram ciclistas de Itaverava e região que fizeram do encontro um sucesso.

O trajeto percorrido foi a Rota Volta da Água Limpa, com parada na Fazenda da Shirlinha e no Sítio da Maria Clara com um delicioso café da manhã.

Obrigada Shirlinha e Maria Clara, pelo apoio e dedicação em receber os grupos de turistas na rota.

Agradecemos a Polícia Militar que deu apoio em todo o trajeto, ao Circuito Villas e Fazendas, e aos restaurantes Recanto Larissuel, Recanto dos Amigos, Pizzaria Jairton, Restaurante Jair Neto pela acolhida e apoio.

Agradecemos também as associações Aspri Itaverava e ASCEPPRJ pelo apoio.

Campanha de solidariedade: prefeito de Itaverava ajuda na distribuição de batatas

Colheita da solidariedade

Um fato curioso chamou atenção não só dos itaveravenses , mais também viralisou nas redes sociais. Batatas de boa qualidade cultivadas em uma determinada região do município, não seriam comercializadas devido questões de mercado etc.

O prefeito Municipal José Flaviano sugeriu que populares pudessem estar buscando essa batata para o consumo. A ideia deu certo e várias famílias participaram da colheita de maneira ordeira e organizada.

José Flaviano juntou -se a todos é trabalhou duro do início ao fim . A atitude do prefeito Nô junto ao produtor rural solidário, chamou a atenção e também rendeu inúmeros elogios nas redes sociais.

https://youtu.be/mvLu6eWBoK0

Itaverava: emoção e a celebração da cultura marcam inauguração do monumento em homenagem à 1ª pepita de Ouro descoberta no Brasil informada à Coroa Portuguesa

Foi uma celebração cultural ocorrida na noite desta quarta-feira (1º) quando a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e o Conselho Municipal do Patrimônio, inauguraram o Monumento dedicado a descoberta da primeira pepita de ouro, localizada em Itaverava (pedra brilhante) em 1694, oficializada a Coroa Portuguesa.

A façanha coube ao Bandeirante português Bartolomeu Bueno de Siqueira, que ao tentar a sorte de encontrar ouro em Minas, se embrenhou na Bacia do Rio e apurou 43 gramas de ouro em suas bateias.

A comunidade itaveravense marcou presença demonstrando a dimensão e zelo pelas origens de sua história. O memorial levou mais de 3 anos desde a concepção, desenvolvimento, construção do projeto e inauguração.

O evento

Música, cultura, folia de reis e teatro marcaram o evento carregado de simbolismo que fez parte da 8ª Jornada do Patrimônio Histórico de Minas Gerais. Na abertura, o Hino Nacional foi tocado pela Corporação Musical Santo Antônio sob a regência do Maestro Francisco Pereira Neto.

Em suas palavras, o Prefeito José Flaviano exaltou a inauguração da obra artística que representa a presença de Itaverava nas páginas da história de Minas e do Brasil. “Temos que orgulhar da importância de nosso município na construção desta nação”, assinalou.

Para o Presidente da Câmara, Vinicius Matos, foi graças aos bandeirantes que o Município se desenvolveu, deixando um legado de obras primas de expressão como a Igreja de Santo Antônio, tombada pelo IPHAN e com obras do Mestre Athaíde e Casarão do Padre Taborda. “Este memorial vem agregar ainda mais valor à nossa cultura e ao núcleo histórico de Itaverava com seu rico casario”.

Em seguida o artista piranguense Felipe Rodrigues, executor da obra, que homenageia o escravo mameluco na exploração do ouro, fez em um vídeo sobre o processo de construção da obra e sua instalação no centro histórico de Itaverava.

A Secretária Municipal de Cultura, Tatiana Rezende, não escondia a emoção em seu discurso, agradecendo o apoio do Prefeito, secretarias, conselhos municipais e sua equipe de trabalho. “É muito emocionante para mim este momento que mostra a importância de Itaverava na história do Brasil que começou há 327 anos atrás. Estamos escrevendo nossa história de outras perspectivas. Este momento é a celebração de nossa história com muito orgulho. Este monumento preserva nossa memória e receberá muitos visitantes. Como diz o lema da nossa bandeira, a virtude é mais que preciosa do que o ouro e o que temos de mais valioso é o nosso povo. Que este monumento se transforme em um símbolo de boas e de vitórias “, enalteceu Tatiana.

Homenagens

No evento foram homenageados com uma placa alusiva ao evento, 5 parceiros que foram protagonistas da concepção e desenvolvimento do projeto entre eles: Lucas Figueiredo, Helvécio Pinto do Nascimento, Samuel Santana Paes Loures, Antônio Emídio Lana(in memorian) e Vinícius Rezende Matos.
O publicitário, Guilherme Dias, dono da empresa Art Coll, que contribui no projeto, destacou o monumento como um marco para o turismo. O poeta itaveravense Gilmar Martins fez uma declamação da obra “ilustração da Itaverava.

O teatrólogo e Secretário Municipal de Cultura de Lafaiete, fez uma intervenção poético e teatral narrando a perspectivas do “vencidos na história do Brasil e de Itaverava”, entre eles dos negros e índios.

Um cortejo final ao som da da Corporação Musical de Santo Antônio e a Folia de Reis do Menino Jesus do Engenho dos Moreira e os participantes se dirigiriam até o monumento quando houve o descerramento do véu que cobria a estátua do mameluco.

Viva Itaverava. Terra brilhante!

Feito histórico

O feito histórico, narrado no livro “Boa Ventura: a Corrida do Ouro no Brasil, do autor Lucas Figueiredo”, conta que o Bandeirante Bartolomeu Bueno de Siqueira, que em 1694, ao tentar a sorte de encontrar ouro em Minas, se embrenhou na Bacia do Rio Doce, mais precisamente no roteiro a Itaberaba (pedra brilhante), hoje Itaverava, e apurou 43 gramas de ouro em suas bateias.

https://youtu.be/jY41jBRcVxU

Para chegar à descoberta, o bandeirante se valeu de informações de Antônio Rodrigues Arzão que não conseguiu concluir seu pleito por animosidade com os índios e coube Bartolomeu Bueno, com detalhes repassados, a façanha da descoberta do ouro cujas amostras foram levadas para apreciação da Coroa Portuguesa que detinha a jurisdição de todas as descobertas.

FOTOS MELHORISO

Leia mais

Itaverava inaugura monumento em homenagem a 1ª pepita de ouro descoberta no Brasil

https://youtu.be/k5hibbUkC5o
https://youtu.be/vd58NCK3qGo

Itaverava inaugura monumento em homenagem a 1ª pepita de ouro descoberta no Brasil

A Prefeitura Municipal de Itaverava, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e o Conselho do Patrimônio Cultural (COMPAC) inauguram hoje (1º), a partir das 19:30 horas, o monumento em que celebra a descoberta da primeira pepita de ouro no Brasil informada a Coroa Portuguesa.

O monumento, situado no núcleo histórico, hoje tombado pelo município, foi executado pelo piranguense, Felipe Dias Rodrigues, e tem referências históricas do século XVII. Já a concepção foi de Samuel Loures, e foi levada a aprovação do projeto.

Uma contribuição a se destacar veio do historiador Helvécio Nascimento que subsidiou a decisão de como seria a característica do minerador a ser retratado na obra, mediante as diferentes possibilidades, sob o olhar dos vencidos e escravizados e não sob as perspectiva dos “vencedores/conquistadores”.
A escultura foi erguida em concreto armado com acabamento em resina para sua proteção. A obra foi produzida no ateliê do artista e logo após transportada em definitivo na área central de Itaverava.

“A obra foi feita como o tamanho real de um homem, que é retratado com a fisionomia um caboclo ajoelhado no rio com a sua bateia, com as pedras do rio, em sua volta. A definição da fisionomia foi feita através de estudos de maior probabilidade de como seria esse garimpeiro baseado no período histórico, chegando à conclusão de ser um mestiço, nascido em solo brasileiro. A escultura é feita em concreto armado, com estrutura metálica interna. Modelada na superfície em massa, feita manualmente, esculpida basicamente com as mãos”, informou a nossa reportagem a Secretária Municipal de Cultura, Tatiana Rezende.
Segundo ela, o monumento representa a corrida pelo ouro Brasil e a inserção de Itaverava a história colonial e a concepção do projeto vem sendo discutida desde 2018 e foi custeada com recursos do Fundo Municipal de Cultura.

“A intenção do Monumento é deixar registrada a importância de um “Marco Histórico” muito importante, onde deu o início da Corrida do Ouro no Brasil, que mudou os rumos da história do nosso país. Além do mais, é um atrativo turístico para Itaverava, e o próprio monumento, conta por si só, um pouco da nossa história a quem passa pela cidade. A intenção é que o morador de Itaverava se orgulhe de compartilhar essa história através do Monumento e tenha mais curiosidade de conhecer da origem da cidade e da sua história. Apesar do município de Itaverava ter um Núcleo Histórico Urbano bem preservado e uma das igrejas mais importantes do período colonial brasileiro, a Igreja Matriz de Santo Antônio – tombada elo IPHAN, poucas pessoas sabem da riqueza histórica e cultural de Itaverava e a ideia deste Monumento é justamente reforçar essa importância do município e divulgar, cada vez mais, trazendo mais desenvolvimento cultural e turístico à nossa cidade e nossa região”, assinalou Tatiana.

Feito histórico

O feito histórico, narrado no livro “Boa Ventura: a Corrida do Ouro no Brasil, do autor Lucas Figueiredo”, conta que o Bandeirante Bartolomeu Bueno de Siqueira, que em 1694, ao tentar a sorte de encontrar ouro em Minas, se embrenhou na Bacia do Rio Doce, mais precisamente no roteiro a Itaberaba (pedra brilhante), hoje Itaverava, e apurou 43 gramas de ouro em suas bateias.

A partir daí o núcleo histórico, Itaverava se desenvolveu preservando sua arquitetura imponente típica do século XVIII, como a Matriz de Santo Antônio com obras do Mestre Ataíde e Francisco Xavier Carneiro, tombada pelo Instituto Nacional de Patrimônio Nacional (IPHAN), juntamente com o casarão Padre Taborda, do século XVIII.

Para chegar à descoberta, o bandeirante se valeu de informações de Antônio Rodrigues Arzão que não conseguiu concluir seu pleito por animosidade com os índios e coube Bartolomeu Bueno, com detalhes repassados, a façanha da descoberta do ouro cujas amostras foram levadas para apreciação da Coroa Portuguesa que detinha a jurisdição de todas as descobertas.

Prefeito de Itaverava visita Brasília e traz recursos de R$500 mil

O prefeito municipal de Itaverava, José Flaviano Pinto, mas conhecido como “Nô” e seu vice Fábio Pereira, cumpriram na semana passada uma agenda intensa e muito proveitosa.

Viajaram a Brasília por intermédio do Deputado Federal Fred Costa e juntos viabilizaram com o Senador Rodrigo Pacheco , uma emenda parlamentar no valor de R$500 miç .

Além dos encontros Jose Flaviano e Fabio Pereira, também se reuniram com lideranças políticas de Minas e do Brasil .

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.