Jovem é suspeito de matar e enterrar o pai com retroescavadeira em MG

Suspeito confessou ter cometido o crime após presenciar discussão com agressão entre a vítima e a mãe. Um jovem de 27 anos confessou na manhã desta segunda-feira (27) ter matado o pai e, com uma retroescavadeira, o enterrado em uma área de vegetação em Oliveira, a 147 km de Belo Horizonte. O corpo da vítima, de 61 anos, foi encontrado neste domingo (26), com um corte na garganta.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito procurou a delegacia na presença de um advogado e contou ter cometido o assassinato na última sexta (24), após presenciar uma discussão seguida de agressão entre o pai e a mãe, e também ser agredido ao defendê-la.

O corpo do idoso foi encontrado após testemunhas denunciarem à Polícia Militar que havia um trecho de terra remexida no local usado para pastagem e que possivelmente haveria um corpo enterrado na área.

Com ajuda do Corpo de Bombeiros, os policiais foram até o local indicado e confirmaram a denúncia. E equipe pediu emprestada uma retroescavadeira do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) para auxiliar nos trabalhos e então o corpo foi localizado.

A vítima foi reconhecida por familiares e, após os trabalhos da perícia, foi liberado para funerária. O sepultamento ocorreu na manhã desta segunda-feira (27).

Jovem é suspeito de matar e enterrar o pai com retroescavadeira em MG

Suspeito confessou ter cometido o crime após presenciar discussão com agressão entre a vítima e a mãe. Um jovem de 27 anos confessou na manhã desta segunda-feira (27) ter matado o pai e, com uma retroescavadeira, o enterrado em uma área de vegetação em Oliveira, a 147 km de Belo Horizonte. O corpo da vítima, de 61 anos, foi encontrado neste domingo (26), com um corte na garganta.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito procurou a delegacia na presença de um advogado e contou ter cometido o assassinato na última sexta (24), após presenciar uma discussão seguida de agressão entre o pai e a mãe, e também ser agredido ao defendê-la.

O corpo do idoso foi encontrado após testemunhas denunciarem à Polícia Militar que havia um trecho de terra remexida no local usado para pastagem e que possivelmente haveria um corpo enterrado na área.

Com ajuda do Corpo de Bombeiros, os policiais foram até o local indicado e confirmaram a denúncia. E equipe pediu emprestada uma retroescavadeira do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) para auxiliar nos trabalhos e então o corpo foi localizado.

A vítima foi reconhecida por familiares e, após os trabalhos da perícia, foi liberado para funerária. O sepultamento ocorreu na manhã desta segunda-feira (27).

Mulher é presa após matar marido com facada no pescoço

Uma mulher de 43 anos foi presa em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto, no último domingo, após matar seu marido de 53 anos com uma facada no pescoço. De acordo com informações do portal G1, a mulher alegou agir em legítima defesa durante o episódio. De acordo com testemunhas, a briga teria começado na rua e se estendido para dentro da casa do casal.

Conforme relato do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência na Rua Projetada Doze, onde encontraram o corpo da vítima com um corte no pescoço. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceram ao local e constataram o óbito.

Testemunhas que presenciaram o ocorrido informaram às autoridades que a suspeita do crime era a própria esposa da vítima. Ela teria inicialmente gritado por socorro e tentado fugir, mas posteriormente decidiu retornar e se entregar à polícia.

Uma mulher de 43 anos foi presa em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto, no último domingo, após matar seu marido de 53 anos com uma facada no pescoço. De acordo com informações do portal G1, a mulher alegou agir em legítima defesa durante o episódio. De acordo com testemunhas, a briga teria começado na rua e se estendido para dentro da casa do casal.

Conforme relato do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência na Rua Projetada Doze, onde encontraram o corpo da vítima com um corte no pescoço. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceram ao local e constataram o óbito.

Testemunhas que presenciaram o ocorrido informaram às autoridades que a suspeita do crime era a própria esposa da vítima. Ela teria inicialmente gritado por socorro e tentado fugir, mas posteriormente decidiu retornar e se entregar à polícia. (Jornla Galile)

Mulher é presa após matar marido com facada no pescoço

Uma mulher de 43 anos foi presa em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto, no último domingo, após matar seu marido de 53 anos com uma facada no pescoço. De acordo com informações do portal G1, a mulher alegou agir em legítima defesa durante o episódio. De acordo com testemunhas, a briga teria começado na rua e se estendido para dentro da casa do casal.

Conforme relato do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência na Rua Projetada Doze, onde encontraram o corpo da vítima com um corte no pescoço. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceram ao local e constataram o óbito.

Testemunhas que presenciaram o ocorrido informaram às autoridades que a suspeita do crime era a própria esposa da vítima. Ela teria inicialmente gritado por socorro e tentado fugir, mas posteriormente decidiu retornar e se entregar à polícia.

Uma mulher de 43 anos foi presa em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto, no último domingo, após matar seu marido de 53 anos com uma facada no pescoço. De acordo com informações do portal G1, a mulher alegou agir em legítima defesa durante o episódio. De acordo com testemunhas, a briga teria começado na rua e se estendido para dentro da casa do casal.

Conforme relato do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência na Rua Projetada Doze, onde encontraram o corpo da vítima com um corte no pescoço. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceram ao local e constataram o óbito.

Testemunhas que presenciaram o ocorrido informaram às autoridades que a suspeita do crime era a própria esposa da vítima. Ela teria inicialmente gritado por socorro e tentado fugir, mas posteriormente decidiu retornar e se entregar à polícia. (Jornla Galile)

Luto, dor e tragédia: após 8 dias desaparecido, padre é encontrado morto em represa

Desaparecido desde sexta-feira (4), o Padre José de Souza Carvalho foi localizado hoje (12) em uma represa na cidade de Itaguara (MG). O seu corpo já estava em decomposição. A Diocese de Oliveira (MG) divulgou nota de pesar e aguarda os esclarecimentos da investigações. Seu sepultamento ocorre hoje (12) no Cemitério Parque Nossa Senhora das Dores em Itaguara (MG).

Padre José de Souza se encontrava sem uso de Ordem desde 6 de dezembro de 2020, e residindo com seu pai em Itaguara – MG, e estava desaparecido em circunstâncias ainda não esclarecidas, quando saiu de casa em seu carro pelas 19h. Por vários anos ele prestou seus serviços a comunidade de Desterro de Entre Rios.

A sobrinha do pároco disse à PM que suspeita de que o tio estaria sendo chantageado. Segundo os agentes, o principal suspeito da chantagem é um homem chamado Danilo, de Itaguara, que já é “conhecido” da polícia local.

Luto, dor e tragédia: após 8 dias desaparecido, padre é encontrado morto em represa

Desaparecido desde sexta-feira (4), o Padre José de Souza Carvalho foi localizado hoje (12) em uma represa na cidade de Itaguara (MG). O seu corpo já estava em decomposição. A Diocese de Oliveira (MG) divulgou nota de pesar e aguarda os esclarecimentos da investigações. Seu sepultamento ocorre hoje (12) no Cemitério Parque Nossa Senhora das Dores em Itaguara (MG).

Padre José de Souza se encontrava sem uso de Ordem desde 6 de dezembro de 2020, e residindo com seu pai em Itaguara – MG, e estava desaparecido em circunstâncias ainda não esclarecidas, quando saiu de casa em seu carro pelas 19h. Por vários anos ele prestou seus serviços a comunidade de Desterro de Entre Rios.

A sobrinha do pároco disse à PM que suspeita de que o tio estaria sendo chantageado. Segundo os agentes, o principal suspeito da chantagem é um homem chamado Danilo, de Itaguara, que já é “conhecido” da polícia local.

PCMG prende autor de assassinato cruel de namorada

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu, através da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Barbacena, mandado judicial de prisão contra o suspeito pela morte da vítima Wanderleia Stefani. O investigado foi preso, sendo respeitados todos seus direitos Constitucionais, e encaminhado ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça e da Polícia Civil, para conclusão das investigações. Tão logo as investigações sejam concluídas, será convocada uma coletiva de imprensa onde serão esclarecidos todos os fatos à população.

O crime

Na manhã deste Domingo, 16/07, uma mulher identificada como sendo a contadora Wanderleia Stefani Leite (26 anos), foi encontrada morta com requintes de crueldade em um sítio na Colônia Rodrigo Silva em Barbacena (MG). Ela estava com diversos hematomas pelo corpo, com os braços e pescoço amarrados e com o rosto desfigurado, sem pele e sem cabelo

O namorado da vítima, declarou que esteve com a namorada em uma festa na noite de sábado e iniciaram uma discussão por ciúmes. E saíram juntos do local.

Durante o trajeto, o homem disse que estava indo para a casa com a namorada, porém, ela teria puxado a direção do automóvel, momento em que ele mordeu o braço dela e continuaram em atrito.

O namorado disse que foi com a vítima para o sítio onde dormiram um pouco e iniciaram novo atrito. O homem então resolveu deixar o local durante a madrugada e ir para a casa de uma amiga, no bairro Andaraí, em Barbacena, porém a namorada, segundo sua versão, tentou impedir sua saída, correndo atrás de seu veículo.

Na manhã seguinte, o pai de D.S.V encontrou o corpo de Wanderleia em um campo, ao lado da residência deles. O homem contou à polícia, que durante a madrugada, viu alguns objetos da jovem do lado de fora do sítio. Ele chamou pelo nome dela e de seu filho, mas não os encontrou. Ele foi dormir e na manhã seguinte encontrou o corpo da jovem.

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência, D.S.V contou que o último contato que teve com a jovem foi antes de ir para a casa de sua amiga. Ele disse ainda que não tem conhecimento de ninguém que possa ter praticado o crime e que ela pode ter sido atacada pelo cachorro da família. Ele manteve o mesmo argumento após a perícia constatar que Wanderleia estava com os braços e pescoço amarrados.

PCMG prende autor de assassinato cruel de namorada

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu, através da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Barbacena, mandado judicial de prisão contra o suspeito pela morte da vítima Wanderleia Stefani. O investigado foi preso, sendo respeitados todos seus direitos Constitucionais, e encaminhado ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça e da Polícia Civil, para conclusão das investigações. Tão logo as investigações sejam concluídas, será convocada uma coletiva de imprensa onde serão esclarecidos todos os fatos à população.

O crime

Na manhã deste Domingo, 16/07, uma mulher identificada como sendo a contadora Wanderleia Stefani Leite (26 anos), foi encontrada morta com requintes de crueldade em um sítio na Colônia Rodrigo Silva em Barbacena (MG). Ela estava com diversos hematomas pelo corpo, com os braços e pescoço amarrados e com o rosto desfigurado, sem pele e sem cabelo

O namorado da vítima, declarou que esteve com a namorada em uma festa na noite de sábado e iniciaram uma discussão por ciúmes. E saíram juntos do local.

Durante o trajeto, o homem disse que estava indo para a casa com a namorada, porém, ela teria puxado a direção do automóvel, momento em que ele mordeu o braço dela e continuaram em atrito.

O namorado disse que foi com a vítima para o sítio onde dormiram um pouco e iniciaram novo atrito. O homem então resolveu deixar o local durante a madrugada e ir para a casa de uma amiga, no bairro Andaraí, em Barbacena, porém a namorada, segundo sua versão, tentou impedir sua saída, correndo atrás de seu veículo.

Na manhã seguinte, o pai de D.S.V encontrou o corpo de Wanderleia em um campo, ao lado da residência deles. O homem contou à polícia, que durante a madrugada, viu alguns objetos da jovem do lado de fora do sítio. Ele chamou pelo nome dela e de seu filho, mas não os encontrou. Ele foi dormir e na manhã seguinte encontrou o corpo da jovem.

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência, D.S.V contou que o último contato que teve com a jovem foi antes de ir para a casa de sua amiga. Ele disse ainda que não tem conhecimento de ninguém que possa ter praticado o crime e que ela pode ter sido atacada pelo cachorro da família. Ele manteve o mesmo argumento após a perícia constatar que Wanderleia estava com os braços e pescoço amarrados.

Jovem cruelmente assassinado será sepultado como desconhecido

Ontem (24) foi autorizado o sepultamento na cidade de Itaverava (MG) de um jovem sem qualquer identificação. Ele foi encontrado com sinais de extrema viiolência na noite de sábado (22), na localidade de Sobradinho, zona rural do Municípío sem qualquer documentação. Exames posteriores vão identificar a vítima. O mistério que cerca do assassinato é que até o momento não houve sequer reclamações ou denúncias de algum desaparecido em toda a região.

As características do jovem é que ele aparenta entre 22 a 27 anos, olhos castanhos, moreno claro, em torno de 1,65 metros de altura, perto de 55 kg. Ele possuía uma tatuagem de um Samurai perna esquerda, outra no antebraço direito de um aglomerado de barracos no antebraço direito e ainda uma 3ª com o nome de “Nelma” no antebraço esquerdo.

Caso

Na noite de sábado (22), policiais militares foram acionados a comparecerem na localidade Sobradinho, Itaverava onde havia corpo caído ao solo, aparentemente sem vida. Foi localizada a quantia de R$94,00 em moeda corrente em um dos bolsos da calça. A vítima estava com as mãos amarradas, com marcas de perfurações por projétil de arma de fogo em seu rosto, pescoço e nas costas. Uma testemunha relatou ter ouvido disparos de arma de fogo na noite. Perito esteve no local e realizou os trabalhos de praxe. Levantamentos seguem a fim de identificar a autoria. Corpo encaminhado ao IML.

Jovem cruelmente assassinado será sepultado como desconhecido

Ontem (24) foi autorizado o sepultamento na cidade de Itaverava (MG) de um jovem sem qualquer identificação. Ele foi encontrado com sinais de extrema viiolência na noite de sábado (22), na localidade de Sobradinho, zona rural do Municípío sem qualquer documentação. Exames posteriores vão identificar a vítima. O mistério que cerca do assassinato é que até o momento não houve sequer reclamações ou denúncias de algum desaparecido em toda a região.

As características do jovem é que ele aparenta entre 22 a 27 anos, olhos castanhos, moreno claro, em torno de 1,65 metros de altura, perto de 55 kg. Ele possuía uma tatuagem de um Samurai perna esquerda, outra no antebraço direito de um aglomerado de barracos no antebraço direito e ainda uma 3ª com o nome de “Nelma” no antebraço esquerdo.

Caso

Na noite de sábado (22), policiais militares foram acionados a comparecerem na localidade Sobradinho, Itaverava onde havia corpo caído ao solo, aparentemente sem vida. Foi localizada a quantia de R$94,00 em moeda corrente em um dos bolsos da calça. A vítima estava com as mãos amarradas, com marcas de perfurações por projétil de arma de fogo em seu rosto, pescoço e nas costas. Uma testemunha relatou ter ouvido disparos de arma de fogo na noite. Perito esteve no local e realizou os trabalhos de praxe. Levantamentos seguem a fim de identificar a autoria. Corpo encaminhado ao IML.

about

Be informed with the hottest news from all over the world! We monitor what is happenning every day and every minute. Read and enjoy our articles and news and explore this world with Powedris!

Instagram
© 2019 – Powedris. Made by Crocoblock.