Vereador alerta que construção de variante na BR 040 prejudicará economia de Lafaiete

9

A proposta, que ainda não saiu da intenção, de construção de uma contorno na BR 040 foi mais uma vez alvo de críticas na sessão da Câmara Municipal. A variante é citada como uma alternativa viável para retirada dos caminhões do centro de Lafaiete impactado na melhoria o fluxo no trânsito.

O Vereador André Menezes/CORREIO DE MINAS

A construção da contorno leste, em direção a BR 482, é defendida por um movimento local, que reúne entidades e poderes públicos, e conseguiu junto ao DNIT a mudança do trajeto, originalmente previsto pelo lado oeste, pela região de São Gonçalo. Acredita-se que obra não se transforme em realidade em menos de 10 anos, mas já é alvo de críticas.

Na Câmara a discussão ganhou eco com a apresentação de dois requerimentos do vereador Pedro Américo (PT) em torno da BR 040 e realização de audiência pública para definir as obras prioritárias ao logo da rodovia que corta Lafaiete.

O vereador André Menezes (PP) citou o exemplo de uma cidade, perto de Três Marias (MG), que era cortada pela BR040. “Depois que construíram uma via marginal a cidade ficou assombrada. Temo que isso aconteça em Lafaiete. Parte da economia da cidade depende da BR 040′, observou.

Ele comparou a importância econômica da BR a da construção da ferrovia na metade do século XIX para Lafaiete. “Estamos tirando da cidade o que trouxe o crescimento para o nosso povo. A linha férrea abriu Lafaiete para o mundo como a BR 040 puxou a nossa economia”, argumentou.

O vereador Darcy de Souza (SD) afirmou que a Barreira, após a região é central, a principal fonte geradora de empregos e renda para a cidade. “A maioria desses empresários da Barreira são de Lafaiete. Precisamos investir neste trajeto para melhorar esta região tão esquecida”, comentou.

Alan Teixeira sugeriu uma construção uma via marginal a BR 040 ligando ao centro de Lafaiete.