13 de julho de 2024 19:04

Pressão popular e moralidade: Câmara de Ouro Branco reduz diárias e vai economizar R$1 milhão

Vereadores de Ouro Branco deram exemplo de moralidade /Foto:divulgação Câmara de Ouro Branco
Vereadores de Ouro Branco deram exemplo de moralidade
/Foto:divulgação Câmara de Ouro Branco

Após pressão popular, os vereadores de Ouro Branco promoveram mudanças no orçamento da Câmara o que mostra que a Casa está antenada nas transformações por que passam a sociedade neste momento.

Hoje os 13 vereadores têm direito cada um a uma verba indenizatória de R$ 6.148,00. Este valor pode ser gasto com o pagamento de assessores, consultoria jurídica, divulgação das ações dos vereadores nos meios de comunicação. Não existia limite para o número de assessores, desde que o valor não ultrapasse R$ 6.148,00; Pairavam denúncias de malversação de dinheiro público com a verba indenizatória. Para corrigir estas distorções, a partir de 2017 foi extinta verba indenizatória o que deve economizar quase R$1 milhão/ano aos cofres públicos.

Em outra frente moralizadora, as diárias que eram de R$650,0 passou de imediato para R$250,00. Estes dois projetos foram elaborados pelos Vereadores Nilma Aparecida Silva e Rodrigo Vieira Duarte e seus assessores e contaram com apoio assinando junto os projetos dos

vereadores: Branca de Castilha, Charles Silva Gomes, Aparecido Ferreira Barbosa, Edson Miguel de Paula, Geraldo Pedro da Silva.

Hoje um vereador ganha cerca de R$5.335,55 bruto, sem os descontos em folha. O gasto total da Câmara em 2015 foi de R$ 5.450.931,71. Já para 2016,o repasse real previsto é de R$ 6.156.616,32

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade