13 de julho de 2024 15:41

Após operações, número de homicídios consumados caem mais de 70% na região de Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) Zona da Mata divulgou hoje, 31 de outubro, uma redução de mais de 70% no número de homicídios consumados cuja causa se relaciona com ações de gangues, facções e disputa pelo tráfico de drogas na comarca de Visconde do Rio Branco, após a deflagração das operações Hidra de Lerna, Hera e Hércules.  

Segundo o promotor de justiça Breno Costa da Silva Coelho, as operações, que seguem em andamento, já proporcionaram o cumprimento de aproximadamente cem mandados de prisão e visam ao combate de facções criminosas ligadas ao tráfico interestadual de drogas e armas nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Os grupos criminosos, que também estão envolvidos em homicídios e ameaças às autoridades, possuem atuação nas cidades de Visconde do Rio Branco, Ubá, Viçosa, Juiz de Fora e Rio de Janeiro.

Participam dos trabalhos o Ministério Público de Minas Gerais, as Polícias Militar, Civil, Penal e Rodoviária Federal, entre outros órgãos integrantes da Segurança Pública dos estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Como decorrência do trabalho conjunto, dezenas de denunciados já foram condenados pelo Poder Judiciário.

Gaeco Visconde Rio Branco.png

FONTE MPMG

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade