13 de junho de 2024 13:32

Empresa chinesa de veículos pesados vai aportar R$ 270 milhões em Minas

Governo assinou protocolo com a XCMG, que vai investir para modernizar linha de produção de máquinas como tratores e guindastes

O governo de Minas Gerais e a empresa chinesa XCMG, especializada na fabricação de máquinas pesadas, fecharam um acordo de investimentos de R$ 270 milhões de reais. A companhia, que já tem uma fábrica em Pouso Alegre, no Sul do estado, vai utilizar o aporte para pesquisas e montagens de veículos pesados elétricos. O trato entre as partes foi oficializado nesta quinta-feira (9), em Xuzhou, cidade 600 quilômetros distante de Xangai.

A XCMG produz veículos como guindastes, tratores e caminhões. A reboque do acordo com a empresa, a equipe do governador Romeu Zema (Novo) selou, ainda, protocolo de intenções com a Saic Motors, montadora de veículos que fornece peças para a linha de montagem do maquinário pesado. A ideia é que a Saic também tenha um polo produtivo em solo mineiro.

“Será a primeira montagem de veículos desse tipo no Brasil. São caminhões elétricos, que que não poluem”, disse Zema, ao explicar o objetivo da expansão das atividades da XCMG em Pouso Alegre.

O aporte de R$ 270 milhões vai proporcionar a geração de 150 empregos diretos permanentes, além de 315 postos temporários de trabalho. A fábrica da XCMG — sigla que corresponde ao nome Xuzhou Construction Machinery Group. As tratativas com a XCMG foram reveladas pela Itatiaia nessa quarta-feira (8).

As conversas com a Saic Motors, por sua vez, ainda precisam avançar.

“Esse investimento ainda não tem definição de valor, mas, em breve, vamos assinar com a empresa”, garantiu o governador.

Agendas na China

A conversa com representantes da XCMG e da Saic Motors compõem a agenda de compromissos que a comitiva do governo de Minas cumpre em solo asiático.

Zema, que ainda terá reuniões no Japão, já firmou acordos com a multinacional de tecnologia Huawei e com o laboratório Celer, especializado em testes rápidos de saúde.

A cobertura da Missão Empresarial à China, que tem a participação do governador de Minas, é oferecimento da FIEMG. Essa iniciativa tem como patrocínio Master CODEMGE, CBMM, GERDAU, J.Mendes e VALE, e parceria Samarco e Arcellor.

FONTE ITAITAIA

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade