22 de junho de 2024 19:52

Estudantes não precisam fazer cadastro para receber benefícios do ‘Pé-de-Meia’; veja detalhes de como receber R$9,2 mil

Alunos do ensino médio da rede pública de ensino não precisam se cadastrar para receber os benefícios do programa ‘Pé-de-Meia’. Segundo o MEC (Ministério da Educação), basta o estudante estar matriculado regularmente, ter entre 14 e 24 anos e ser integrante de famílias inscritas no Bolsa Família. A iniciativa pretende diminuir a evasão escolar no país e conta com três incentivos financeiros (confira detalhes abaixo), que devem ser pagos a partir do final de março.

A seleção dos estudantes para o programa será feita pelo cruzamento de dados, informados pelos governos locais, com os dados do Bolsa Família. Ao todo, o Pé-de-Meia prevê o pagamento de incentivos anuais, que chegam a R$ 3 mil por estudante. Ao final do ensino médio, podem atingir até R$ 9.200.

O programa prevê três incentivos. São eles:

— Incentivo Matrícula
— Incentivo-Frequência
— Incentivo-Conclusão

O aluno que participar dos dois dias de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), também pode receber o Incentivo-Enem. Os valores pagos variam entre as categorias. Por exemplo, os alunos matriculados em alguma série do ensino médio público e cumprirem as especificações podem receber R$ 200 pelo Incentivo-Matrícula. Os pagamentos devem acontecer entre 26 de março a 7 de abril.

Caso ocorram, até 14 de junho, eventuais correções e atualizações das informações por parte dos sistemas de ensino e das instituições federais que ofertam ensino médio, o pagamento do incentivo-educacional poderá ser realizado até 1º de julho de 2024.

FONTE PRIMEIRA HORA

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade