13 de junho de 2024 15:07

Colecionador paga R$ 50 pela moeda de 25 centavos com este defeito

Esta simples moeda de 25 centavos pode valer muito dinheiro caso seja encontrada com uma característica específica

Atenção. Esta é uma das características mais exigidas pelas pessoas que trabalham com numismática. É preciso prestar bastante atenção a todas as moedas que ele recebe no troco para entender com mais clareza se a peça em questão possui algum grau de raridade ou não.

Neste artigo, vamos falar especificamente sobre a moeda de 25 centavos do ano de 2006. Trata-se de uma peça que ainda possui valor monetário, e que pode ser encontrada em um trocado no comércio, por exemplo. Por isso, é preciso redobrar a atenção ao dinheiro que você recebe.

Características da moeda

Abaixo, você pode conferir as principais características da moeda de 25 centavos do ano de 2006, com base nas informações disponibilizadas pelo Banco Central (BC):

  • Material: bronze sobre aço;
  • Diâmetro: 25,0 mm;
  • Peso: 7,55 g;
  • Espessura: 2,25 mm;
  • Bordo: serrilhado;
  • Eixo: reverso moeda (EH);
  • Circulação: de 01/07/1998 a atual;
  • Desenho do Anverso: Efígie de Manuel Deodoro da Fonseca (1827-1892), – proclamador da República e primeiro presidente constitucional do Brasil republicano -, ladeada pelas Armas Nacionais e pelo dístico Brasil;
  • Desenho do Reverso: À esquerda, linhas diagonais de fundo dão destaque ao dístico correspondente ao valor facial, seguido dos dísticos centavos e o correspondente ao ano de cunhagem.
Colecionador paga R$ 50 pela moeda de 25 centavos com este defeito
Exemplo de moeda de 25 centavos do ano de 2006. Imagem: Reprodução

Manuel Deodoro da Fonseca

Como visto na lista acima, a peça de 25 centavos do ano de 2006 conta com a representação do busto de Manuel Deodoro da Fonseca. Ele teve uma vasta carreira no mundo militar, mas ficou conhecido mesmo por ter sido o primeiro presidente da história do Brasil. 

Neste sentido, cabe destacar que ele teve um papel muito importante no golpe militar que acabou com a monarquia no país, e que impôs a república, forma de governo que é seguida pelo país até hoje. Deodoro da Fonseca morreu no dia 23 de agosto de 1892, na cidade do Rio de Janeiro, então capital do país. 

Qual o valor da moeda?

A moeda de 25 centavos do ano de 2006 ainda pode ser considerada circulante. O que isso significa? Que ela ainda não possui um grau de raridade que possa valer um bom dinheiro em uma venda.

De todo modo, existem casos específicos em que esta peça pode ser considerada rara. Isso ocorre quando a moeda conta com um defeito conhecido como cunho marcado.

  • Moeda de 25 centavos do ano de 2006 com o cunho marcado no anverso: algo entre R$ 5 e R$ 50, a depender do grau de conservação do exemplar.

“Mas definir valor comercial à essas moedas é algo relativamente complicado, principalmente porque, como foram produzidas como erros durante o processo de cunhagem, não há registros da quantidade de moedas emitidas”, diz o especialista Plínio Pierry. 

Como descobrir se moedas são valiosas?

Segundo analistas, não há uma mágica para descobrir quais moedas ou cédulas que você guarda em sua casa são valiosas ou não. O que é possível adiantar é que não se trata de uma tarefa simples. Na grande maioria dos casos, as moedas são apenas comuns, de modo que encontrar uma peça rara tende a ser difícil.

Mas difícil não significa impossível. Um dos erros mais comuns cometidos pelas pessoas que procuram por estas moedas raras é imaginar que os itens mais antigos são os mais valiosos. Esta não é necessariamente uma informação verdadeira. Em muitos casos, vários outros pontos devem ser levados em consideração.

“Uma moeda emitida há duas décadas pode valer mais do que uma do Império ou da Colônia. O que dita o preço de uma peça não é a idade e, sim, a quantidade de moedas feitas naquele ano específico e o estado de conservação”, disse Bruno Pellizzari, vice-presidente da Sociedade Numismática Brasileira.

As moedas do Brasil

O Brasil já contou com várias moedas no decorrer da sua história, de modo que esta peça de 25 centavos de 2006 foi apenas uma dentre tantas outras que já circularam pelas nossas ruas. Abaixo, você pode ver um resumo da nossa história monetária:

  • Período colonial a 1942 – Réis;
  • De 1942 a 1967 – Cruzeiro;
  • De 1967 a 1970 – Cruzeiro Novo;
  • De 1970 a 1986 – Cruzeiro;
  • De 1986 a 1989 – Cruzado;
  • De 1989 a 1990 – Cruzado Novo;
  • De 1990 a 1993 – Cruzeiro;
  • De 1993 a 1994 – Cruzeiro Real;
  • De 1994 até os dias atuais – Real.

FONTE NOTÍCIAS CONCURSOS

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade