21 de julho de 2024 22:17

28ª Romaria dos Trabalhadores e Trabalhadoras questiona a atividade mineral na região

28ª Romaria dos Trabalhadores e Trabalhadoras questiona a atividade mineral na região/Reprodução

Refletindo sobre o tema “Mineração para que e para quem? Por uma economia a serviço da Vida”, a Arquidiocese de Mariana realiza no dia 1º de maio a 28ª Romaria dos Trabalhadores e Trabalhadoras, em Congonhas (MG). Organizada anualmente, a edição deste ano deseja questionar os impactos da mineração causados à qualidade de vida das pessoas e do meio ambiente, além de refletir sobre a perda de direitos dos trabalhadores, sobretudo aos ligados à atividade mineradora. “Queremos pautar estas reflexões e ampliar o debate, com vistas a fortalecer nossa organização e mobilização por melhores condições socioambientais, em defesa da vida, em todas as suas dimensões e expressões”, diz a carta-convite assinada pelos organizadores, padre Marcelo Santiago e Flávia Ribeiro.

A concentração para a Romaria acontecerá a partir das 8h na Escola Estadual Lamartine, no bairro Praia. Após a caminhada, que sairá às 10h pelas ruas da cidade, haverá uma missa presidida pelo arcebispo de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, na quadra do Colégio Piedade, próximo à Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade