24 de abril de 2024 00:09

Coronavírus: governo de Minas decreta situação de emergência

O decreto publicado na manO decreto publicado na manhã desta sexta-feira (13), prevê ações de enfrentamento como realização compulsória de exames médicos e vacinação hã desta sexta-feira (13), prevê ações de enfrentamento como realização compulsória de exames médicos e vacinação.

O governo de Minas Gerais decretou na manhã desta sexta-feira (13) situação de emergência em saúde pública no estado em decorrência do coronavírus. O texto publicado no Diário Oficial Minas Gerais prevê a realização compulsória de exames médicos, coleta de amostras clínicas, testes laboratoriais e vacinação.
Até a publicação desta notícia, estão sendo investigados 117 casos suspeitos no estado, com dois casos confirmados, um em Divinópolis e outro em Ipatinga, que ainda não foi contabilizado pelo Ministério da Saúde.
Assinado pelo governador Romeu Zema, o decreto que entra em vigor nesta data e vigora enquanto perdurar o estado de emergência, dispensa a licitação de bens, serviços e insumos de saúde destinados ao enfrentamento da situação.
Além disso a medida cria o Centro de Operações de Emergência em Saúde – COES-MINAS – COVID-19, coordenado pela Secretaria de Estado de Saúde,  que irá monitorar a situação da doença.(Estado de Minas)
(foto capa: OSCAR DEL POZO /AFP)

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade