24 de maio de 2024 16:02

Mulher de 32 anos é assassinada a tiros e motivação é ligada ao tráfico

Vítima era proprietária de um bar da região e estaria envolvida com tráfico de drogas

Uma mulher foi assassinada no bairro Conceição do Itaguá, em Brumadinho, Grande BH, na noite de domingo (23). O corpo de Gilia Cristina Pinheiro da Silva, de 32 anos, foi encontrado pela Polícia Militar após uma denúncia de moradores da região, com ferimentos de arma de fogo na cabeça e no braço direito. 

Segundo a PM, o irmão da vítima relatou que ela era proprietária de um bar da região, frequentado por usuários de drogas e traficantes. Ainda de acordo com os militares, uma mulher que se apresentou como amiga de Gilia disse que as duas estavam em um bar na noite de domingo. Segundo o relato, a vítima teria dito para a amiga “sair fora” porque iria “dar ruim”, momentos depois, ela contou ter ouvido disparos de arma de fogo.

Testemunhas apontaram um casal, que estaria envolvido com o tráfico de drogas na região, como responsáveis pelo assassinato. Informações anônimas recebidas pela PM afirmam que a vítima estaria em conflito com os criminosos. 

Por uma denúncia anônima, a polícia conseguiu localizar três suspeitos de participação no crime: um homem de 28 anos, uma mulher de 22 e outro homem de 34 anos. Para a PM, o trio informou conhecer Gilia há pelo menos três anos. Um dos suspeitos, de 34 anos, afirmou já ter passado uma noite com a vítima em um motel, onde teriam feito uso de drogas.

Os três suspeitos foram presos em flagrante e encaminhados para a 5ª DP de Brumadinho. Com eles, foi apreendida uma arma, uma pequena quantidade de entorpecentes e uma balança de precisão. (Itatiaia)

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade