20 de junho de 2024 19:39

Parentes suspeitos de matar criança em ritual macabro são presos

Cinco pessoas foram presas suspeitas de participação na morte de uma criança de 5 anos durante um ritual de evocação e incorporação de espíritos. O caso aconteceu no dia 24 de março deste ano em Frutal, no Triângulo Mineiro, e as prisões foram feitas nesta quarta-feira (20) pela Polícia Civil.

Dentre os envolvidos, quatro são parentes da vítima – os avós, a mãe e uma tia, que estavam no ritual. Além deles, o líder espiritual também foi detido. À época, foi dito à polícia que a criança morreu em decorrência de um acidente com álcool e churrasqueira, mas as investigações esclareceram que se tratava de homicídio.

Segundo a PC, o líder do ritual teria jogado álcool com ervas no corpo da criança, e na sequência, ateado fogo usando uma vela. A vítima foi queimada viva na presença dos familiares, e morreu após ter todo o corpo atingido pelas chamas.

Durante a chamada “Operação Incorporação da Verdade”, ainda foram cumpridos dois mandados de busca, que levaram à apreensão de celulares, documentos e outros materiais que podem ser usado na investigação. Os cinco suspeitos estão presos preventivamente, e foram levados à delegacia para interrogatório.  (Itatiaia)

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade