20 de abril de 2024 06:19

Montadora surpreende e anuncia fim da produção de carro

Gigante automobilística sugere que uma nova geração de carros tomará conta do mercado e muda de vez sua base de produção. Confira!

Nesta terça-feira (25), a CEO global da General Motors (GM), Mary Barra, anunciou que a gigante automobilística irá encerrar, ainda em 2023, a produção do modelo elétrico Chevrolet Bolt. A medida representa uma revolução nos planos da empresa para o futuro.

Segundo a CEO, houve um enorme progresso quanto a produção do modelo, o que indica justamente o momento ideal para interromper a produção.

O objetivo central da empresa é alinhar cada vez mais sua cadeia produtiva de caminhões e SUVs para um processo de emissão zero, mais palpável e menos prejudicial ao meio ambiente.

Características do Chevrolet Bolt:

A montadora, uma das mais representativas mundialmente, vendeu 38.120 elétricos do Bolt no ano de 2022, número bem acima dos 24.828 em 2011. No primeiro trimestre desse ano, as vendas chegaram a 19.700 unidades. O carro corresponde a mais de 90% de todas as vendas de elétricos no território norte-americano.

Antes dele, a menina dos olhos da empresa era o Chevrolet Volt, um veículo híbrido plug-in, que teve sua produção interrompida em 2019. A montadora vislumbra produzir cerca de 400 mil automóveis na América do Norte até meados de 2024. Os planos, porém, não param por aí. Em 2025 a ideia é aumentar esse número para 1 milhão de unidades.

O futuro da linha de produção GM:

Há menos de uma semana, a gigante americana anunciou um investimento na casa dos US$ 35 bilhões até 2025, na confecção e desenvolvimento de uma nova geração de carros elétricos. De acordo com a marca, a América do Sul irá desempenhar um papel estratégico nesse contexto.

Em suma, a GM reitera que o futuro é 100% elétrico. Não haverão mais modelos híbridos ou a combustão em sua cadeia produtiva.

Imagem: Gorodenkoff / Shutterstock.com

FONTER SEU CREDITO DIGITAL

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade