20 de abril de 2024 17:26

Operação prende 50 envolvidos em crimes a exploração sexual de crianças e adolescentes

A Operação Caminhos Seguros, que combate a exploração sexual de crianças e adolescentes no estado de Minas Gerais empenhou mais de 2 mil profissionais para realizar prisões de suspeitos pelo crime. Esta quinta (18) marca o dia nacional de combate ao delito esse tipo de exploração sexual.

As investigações começaram no início do mês de maio com ações preventivas para combater os crimes nas rodovias federais e estaduais e suas adjacências. Foram realizadas investigações para identificar autores, fiscalizar possíveis pontos de vulnerabilidade e cumprir mandados.

Ao todo, 52 pessoas foram presas, com 164 inquéritos instaurados e 105 concluídos. Além disso, 60 denúncias apuradas; 30 encaminhamentos aos Conselhos Tutelares; mais de 3 mil veículos abordados/fiscalizados e 309 pontos de bloqueio para blitz em todo o estado. As equipes estiveram em diversos estabelecimentos, incluindo as paradas para motoristas localizadas em rodovias. Mais de 1.500 locais foram fiscalizados.

O assessor-chefe da Superintendência de Integração e Planejamento Operacional da Sejusp, Flávio Xavier, lembrou que “esse tipo de delito pode acontecer nos diferentes ambientes, inclusive dentro de casa, por isso a participação social é fundamental para o combate”.

Já a coordenadora Estadual dos Direitos da Criança e dos Adolescentes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Eliane Quaresma, avaliou a importância da ação integrada. “Para o enfrentamento desse tipo de ocorrência, é necessário a união de todos: sociedade civil, governos, sistema de justiça, sistema de segurança, dentre outros”.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade