17 de abril de 2024 11:51

Quanta energia é gasta ao deixar o carregador na tomada sem usar?

Quando deixamos o carregador conectado à tomada sem o celular ou outro aparelho conectado, ele continua consumindo energia, mesmo que em quantidades relativamente baixas. Esse fenômeno é conhecido como “consumo de energia em espera” ou “consumo de energia fantasma”.

Os carregadores modernos são projetados para economizar energia quando estão em modo de espera, mas ainda assim, possuem transformadores e circuitos internos que permanecem conectados à fonte de energia.

O consumo de energia do carregador quando está conectado, mas sem nenhum dispositivo ligado a ele, varia de acordo com o modelo e a marca. Em média, estima-se que o carregador consuma aproximadamente de 0,1 a 0,5 watts de energia em modo de espera.

Embora pareça uma quantidade insignificante, ao longo do tempo e devido ao tempo que o carregador permanece conectado sem uso, isso pode resultar em um gasto significativo de energia.

O custo

Para ilustrar o custo estimado e compreender melhor o impacto do consumo de energia em modo de espera, vamos considerar o seguinte exemplo: suponha que um carregador consuma 0,3 watts no modo de espera e esteja conectado 24 horas por dia durante todo o ano. Se considerarmos uma tarifa média de energia elétrica de R$ 0,60 por quilowatt-hora (kWh), o consumo anual deste carregador seria aproximadamente de 2,64 kWh.

Consequentemente, o custo anual seria de cerca de R$ 1,37. Embora esse valor possa parecer insignificante, é importante considerar que muitas pessoas possuem vários carregadores conectados o tempo todo, mesmo quando não estão em uso. Quando esses consumos são combinados, o impacto no consumo de energia e nos custos pode ser significativo.

eficiencia energetica demape
Eficiência energética: quanto “mais verde” mais econômico. (Foto: Reprodução/DEMAPE)

Para reduzir os gastos, além de desconectar o carregador da tomada quando não estiver em uso, é recomendado optar por carregadores certificados com eficiência energética, projetados para minimizar o consumo em modo de espera. Dessa forma, é possível contribuir para uma maior economia de energia e reduzir os custos relacionados ao consumo desnecessário.

FONTE CONSULTAPUBLICA

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade