12 de junho de 2024 19:54

Com contrato em definitivo, Umuarama promete novo patamar de transporte público e novas tecnologias aos usuários

A Prefeitura de Conselheiro Lafaiete (MG) e a empresa Umuarama assinaram esta semana o contrato para a operação em definitivo do transporte público a partir de 1º dezembro. O prazo da concessão é de 15 anos renováveis por igual período. Desde agosto de 2021, a empresa assumiu em caráter emergencial o serviço, quando a cidade ficou totalmente desprovida de transporte público, em plena pandemia, após a rescisão com a famigerada Viação Presidente. “Estávamos no olho do furação”, resumiu o Secretário Municipal de Defesa Social, Rolf Ferraz. Lafaiete foi palco de uma crise sem precedentes no setor e por vários meses, vans escolares operaram o serviço.

Umuarama foi a vencedora do Processo Licitatório nº 04/2022. Com sede no Paraná, ela venceu pelo critério técnico do menor preço da tarifa, estipulado em R$ 4,10. O edital previa o valor de R$ 5,57. O novo subsídio mensal será de mais de R$400 mil para ajudar no custeio do sistema do transporte.

O novo contrato traz esperança de um novo patamar do serviço do transporte público. De acordo com o edital e contrato nos primeiros 6 meses, a concessionária fará estudos sobre todas as linhas pra realizar adequações de rota e horários, como também o recadastramento dos usuários beneficiários da gratuidade, visando o controle e a fiscalização. O novo cadastro terá reconhecimento facial a fim de evitar fraudes no sistema.

Outra novidade é a instalação de um aplicativo para que o usuário possa acompanhar em tempo rela as rotas e horários dos ônibus. Segundo a Umuarama será implementado a venda online, a compra via pix e o pagamento QR code como já está sendo implementado em outras cidades.

O grupo Umuarama atua há mais de 60 anos no transporte coletivo operando em Minas, em Sete Lagoas, Pará de Minas, Itabira, Itajubá e Umuarama (PR).

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade