Elefante branco saiu do papel? Governo garante que Hospital Regional estará em funcionamento em 2025 para alta complexidade

Com processo de retomada em ritmo acelerado, unidade deve entrar em funcionamento no segundo semestre de 2025, com atendimento a 51 municípios da região Central do estado e beneficiando 800 mil pessoas

O Hospital Regional de Conselheiro Lafaiete, na região Central de Minas, em breve irá atender cerca de 800 mil pessoas dos 51 municípios que fazem parte da macrorregião de saúde Centro-Sul do estado, entre eles Barbacena, São João del-Rei, Congonhas e Conselheiro Lafaiete. 

O processo de retomada segue em ritmo acelerado, com cerca de 25% da revisão dos projetos de engenharia já concluída. Nesta fase de revisão, fundamental para que as obras possam ser retomadas de forma definitiva, a construtora está levantando informações para elaboração dos projetos básicos e executivos, das licenças ambientais, alvarás, autorizações e aprovações em todos os órgãos competentes. 

Já foram finalizadas as etapas de climatização, elevadores, gases medicinais e incêndio. Após essa revisão, a execução da obra terá um prazo de um ano e quatro meses, com previsão de conclusão para o segundo semestre de 2025. 

“Nossa equipe da Subsecretaria de Edificações está totalmente empenhada para que a revisão de projetos seja concluída com a maior eficiência possível. Isso vai permitir que a obra transcorra sem imprevistos e o hospital seja entregue à população dentro do prazo planejado”, avalia o secretário de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias, Pedro Bruno. 


Serviços de qualidade para a população

O hospital será construído em 8.564,52 metros quadrados, divididos em quatro pavimentos, e vai contar com 97 leitos, sendo 77 de enfermaria, para internação adulto e pediátrica; Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 20 leitos, dos quais 13 serão para UTI geral, cinco para unidade coronária e dois leitos para isolados; bloco cirúrgico e pronto atendimento com 20 leitos de observação, além de apoio ao diagnóstico e terapia como tomografia e raio-X. 

Na unidade, está prevista a disponibilidade de serviços como oftalmologia (Unidade de Atenção Especializada em oftalmologia, glaucoma, doença macular relacionada à idade – DMRI), endocrinologia, bucomaxilofacial, alta complexidade ao indivíduo com obesidade, urologia, angiologia e cirurgia vascular, cirurgia geral, cirurgia ortopédica, cirurgia pediátrica, clínica médica, clínica neurológica e cardiológica, alta complexidade em ortopedia, assistência ao queimado, abordagem à hemorragia digestiva alta, incluindo endoscopia diagnóstica e terapêutica, e ambulatório de doenças respiratórias e cardiológicas.

, , , ,

Últimas Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade

© 2023 – Criado por  Dr. Hosting Brasil.