12 de junho de 2024 11:37

Tragédia: bebê morre enforcado na própria corda da chupeta

Uma bebê de 1 ano e 8 meses morreu enforcado na corda da chupeta, enquanto a mãe fazia faxina em outra casa para comprar fraldas com o dinheiro do serviço.

A tragédia aconteceu nesse sábado (16) no bairro Vila Pinho, na região do Barreiro, em Belo Horizonte.

O bebe havia ficado sob os cuidados da avó e da irmã, de 11 anos. O pai é divorciado e moram em outro estado. A mãe solo cuida de sete filhos: que inclui um casal de gêmeos e outros trigêmeos. Raíssa, a bebe que morreu ontem (16), era um dos trigêmeos.

Em entrevista a Itatiaia, a mãe, que preferiu não se identificar, disse que ela era a mais “inteligente” do trio de bebês, sendo a única menina.

“A Raíssa como é a espertinha, sempre dando uma de pular o berço, infelizmente agarrou cadarço e se enforcou, não conseguiu sair”, disse a mãe, muito abalada.

Faxina

A mãe saiu de casa no sábado (16) para fazer um “bico” de faxineira para conseguir recursos para comprar fraldas para Raíssa, que tinha alergia a marca tradicional.

“Foi coisa de 2 horas de faxina, nem foi demorado. Foi só uma cozinha e uma geladeira que limpei”, disse.

Ao voltar para a casa, ela escutou o grito de uma das filhas do portão, sem saber o que estava acontecendo. Ao entrar no quarto, ficou em choque: “eu cheguei, ela tava toda roxa”.

Em estado de choque, a mãe correu para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para tentar salvar a filha, sem sucesso.

“Chegou lá, os médicos não conseguiram reanimar (a filha). Infelizmente, ela veio a óbito”, contou.

Aboando de incapaz?

A Polícia Civil de Minas Gerais investiga a hipótese de um suposto abondo de capaz no momento do acidente.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade