25 de julho de 2024 05:51

Cidades de MG se preparam para receber fiéis durante a Semana Santa; veja agenda

O evento, que reúne atividades religiosas, culturais e turísticas, tudo isso combinado com boa comida mineira, belas paisagens e receptividade única de Minas

Por tradição, cidades históricas de Minas Gerais se preparam para receber fiéis de todo o país para as celebrações da Semana Santa. O evento, que reúne atividades religiosas, culturais e turísticas, tudo isso combinado com boa comida mineira, belas paisagens e receptividade única, deve atrair 400 mil turistas em todo Estado. Em Tiradentes e Ouro Preto, dois dos principais destinos escolhidos pelos religiosos, a expectativa é que 50 mil pessoas visitem as cidades entre os dias 27 e 31 de março, gerando uma taxa de ocupação hoteleira acima dos 90%.

“A gente está esperando um movimento maior a partir de quarta-feira (27), quando o movimento começa a ser bem intenso na cidade. Esse ano a gente deve bater entre 95 a 100% de ocupação das pousadas e dos hotéis. Todo ano a expectativa cresce porque o número de leitos cresce, mas temos tido muita procura”, comemora Guilherme Carvalho, Superintendente Municipal de Turismo de Tiradentes.

Cerca de 20 mil pessoas são aguardadas na cidade para acompanhar a tradicional encenação da Paixão de Cristo, que representa os últimos momentos de Jesus na terra até sua morte na cruz. As apresentações são feitas diariamente pelas ruas da cidade a partir da próxima quarta-feira (27). “Ela vai do Largo das Forras até a igreja do Rosário. É super bacana e muito emocionante de ver”, pontua.

Aparecida dos Santos, de 67 anos, está entre os milhares de fiéis que vão aproveitar o feriado em Tiradentes. Segundo ela, o momento é de celebração e agradecimento pelo amor de Jesus demonstrado na cruz. “É um momento único. Tiradentes é uma cidade histórica marcada pela religiosidade. Já estive em Ouro Preto e agora vou a Tiradentes para professar minha fé, nesse momento único”, afirma.

Aumento de 20%

Em Ouro Preto, uma das cidades mais procuradas pelos turistas neste período, a expectativa é de crescimento de 20% na movimentação turística. Em 2023, o município recebeu cerca de 25 mil visitantes, tendo uma taxa de ocupação hoteleira acima dos 90%. Em 2024, são esperados cerca de 30 mil turistas durante a celebração. A expectativa de ocupação da rede hoteleira é de 90% a 100%. A expectativa é que a festividade injete quase R$ 15 milhões na economia local.

Além de todas as celebrações religiosas, a Semana Santa também conta com uma vasta programação cultural na cidade. Na próxima quarta-feira (27), os “amantes da risada” poderão curtir a apresentação do contador de causos, Marcelino Xibil Ramos, que apresenta mais uma edição da Caminhada Assombrada, desta vez, em especial de quaresma, pelas ruas de Ouro Preto. A apresentação começa às 20h, saindo da Rodoviária de Ouro Preto e percorrendo algumas ruas do centro histórico da cidade.

‘Semana maior’

Os ritos tradicionais da Semana Santa também são celebrados em Belo Horizonte. O Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, explica que o momento simboliza a paixão de Cristo e traz uma mensagem de fé aos fiéis. “É a semana maior porque celebramos o mistério da paixão, morte e ressurreição do Senhor. O alicerce da nossa vida de fé e salvação. Todo o povo é convidado a percorrer os mesmos caminhos do Senhor”.

O religioso convoca os católicos de Minas a aproveitar a data para fazer um “grande retiro espiritual”.  “Precisamos fortalecer a nossa humanidade interior, e para isso é preciso silêncio, contemplação, acompanhamento e consideramos esse período para isso.  Somos precisados para qualificar o nosso humano e darmos conta de viver e de fazer aquilo que somos instrumentos de Deus”, pede.

Na capital mineira, os principais passos de Jesus na Via Crucis serão representados na Sexta-feira da Paixão (29), a partir das 19h. O espetáculo terá início em frente ao prédio do Iepha, segue em cortejo pela alameda da Praça da Liberdade, passa pelo Palácio da Liberdade e termina na Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem. Além disso, a arquidiocese da capital divulgou programação completa nas igrejas de BH e região metropolitana. As celebrações contam com missas, procissões e encenações da paixão de Cristo. A agenda está disponível no site da arquidiocese.

Veja a programação nas principais cidades históricas, divulgada pelo governo de Minas:

São João del-Rei

Tapetes devocionais, procissões, Cerimônia do Ofício de Trevas, apresentação de corais e orquestras, encenação da Paixão de Cristo, Festa dos Passos, Cerimônia do Domingo de Ramo, vigílias e Encomendação das Almas são algumas atrações da Semana Santa em São João del-Rei, na região Central do Estado. Destaque também para o “Combate dos Sinos”, um dos ritos do período da Quaresma. Trata-se de uma “batalha” protagonizada pelos sinos de três igrejas do Centro Histórico – Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar, Igreja São Francisco de Assis e Igreja Nossa Senhora do Carmo.

Diamantina

Na Semana Santa, um grupo de mais de 80 homens se organiza em uma tradição de mais de 100 anos e sai às ruas de Diamantina encenando os passos e a paixão de Jesus Cristo. Eles usam escudos e alabardas e marcham lentamente pela cidade em procissão. Ao caminhar, batem fortemente os pés e as alabardas no chão. A Guarda Romana foi reconhecida como patrimônio cultural do município. Feitura de tapetes devocionais, Encomendação das Almas, procissões, execução de músicas sacras dos séculos 18 e 19, e apresentação de bandas corais e orquestras também estão na programação. Outro rito importante da Semana Santa em Diamantina é o Concerto do órgão Histórico da Igreja de Nossa Senhora do Carmo.

Caeté

A tradicional Semana Santa em Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, é celebrada entre ladeiras, praças e igrejas do Centro Histórico da cidade. Procissões, missas, sermões e outras celebrações estão previstas. Também haverá programação no distrito de Morro Vermelho, na zona rural do município. O Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas Gerais, na Serra da Piedade, localizado a 48 quilômetros da capital mineira e a 16 quilômetros do município de Caeté, é um importante local da fé e tem missas diárias.

Confira a programação em 600 municípios mineiros aqui. 

 

FONTE O TEMPO

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade