13 de julho de 2024 16:27

MG: prometendo “curas espirituais”, homem abusa de mulheres, grava e depois ameaça divulgar os vídeos   

Um homem (de 52 anos) foi preso pela Polícia Civil (PC) de Minas, preventivamente, ontem (9/7), suspeito de fazer diversas mulheres vítimas de abusos sexuais durante supostas sessões espirituais de cura. A PC ainda cumpriu mandados de busca e apreensão contra o alvo, em Monjolos (Região Central do estado).

Conforme as investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), em Diamantina, o investigado enganava as vítimas prometendo curas espirituais, mas durante as sessões cometia abusos sexuais e supostamente gravava os atos sem o consentimento das mulheres.

Após os abusos, o homem extorquia as vítimas, ameaçando divulgar os vídeos das sessões. A delegada Kíria Orlandi, titular da Deam, ressalta que a denúncia de outras mulheres que também foram abusadas pelo criminoso ajudou a fortalecer o caso contra ele.

“A coragem das vítimas em denunciar e a dedicação da equipe policial foram fundamentais para que a justiça fosse feita”, avaliou Orlandi.

Proteção

O procedimento investigatório foi instaurado no dia 7/6, e a Civil representou o pedido de prisão, concedido pelo Judiciário, na segunda (8/7).

Após os procedimentos de polícia judiciária, o suspeito foi encaminhado ao sistema prisional.

Mais Notícias

Receba notícias em seu celular

Publicidade