Amador vai parar no tapetão

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O que era para ser um espetáculo dentro de campo ganhou agora um novo ator fora dos gramados: o Amador foi parar no tapetão. Descontente e sentindo injustiçado, o Queiróz Júnior ingressou na semana passada com um recurso contra a Liga de Desportos de Conselheiro Lafaiete (LDCL) pleiteando a classificação às semifinais do Campeonato Amador cuja rodada não aconteceu neste domingo, dia 23. A direção da equipe quer a reversão dos pontos dados ao Itaverava no empate contra o Fluminense, retirando assim a classificação do Queiróz Júnior. O jogo aconteceu em setembro pela 3ª rodada do Amador.

Na noite do dia 25, o Tribunal de Justiça Desportiva da Liga (TJD) da LDCL iniciou o julgamento do recurso da agremiação de Gagé. Por falta de quórum mínimo para tomar uma decisão definitiva, o Presidente do TJD, o advogado Gioavane Antunes Campos, emitiu parecer por um novo julgamento a ser realizado no dia 28, às 19:00 na sede da Liga. O TJD é formado por 9 auditores e o quórum mínimo é de 5 presentes.

Pela decisão preliminar do Presidente do TJD, a rodada pode acontecer no próximo fim de semana, mas a defesa do Queiróz Júnior afirmou que caso perca do recurso vai entrar com um efeito suspensivo para adiar os dois jogos da semifinal no Tribunal de Justiça da Federação Mineira de Futebol, isto é na segunda instância. Assim a rodada corre sério risco de ser realizada novamente até a decisão final paralisando a competição.

Entenda o caso

O Presidente da LDCL, Breno Bontempo, eliminou a equipe do Fluminense na sétima rodada do Campeonato Amador por falta de pagamento das taxas de arbitragens conforme prevê o regulamento da competição. Assim o jogo entre o time de Capela Nova contra o Mineiro que aconteceria no dia no dia 13 não ocorreu, alterando todos os resultados do Fluminense na competição por W0, isto é, por 2 a 0.

Ocorre que das 5 equipes que tinham chances de classificação, apenas o Itaverava havia empatado contra o Fluminense. Com a decisão da Liga, Itaverava ganhou dois pontos, passando de 12 para 13. Na última rodada, o time de Gagé viu suas chances de chegar a fase seguinte da competição abortada. Com o empate em 0 a 0 contra o Aymoré o time do Itaverava chegou a 14 pontos, resultado que levou a equipe a semifinal, com 14 pontos, uma mais que o time de Gagé.

O Queiróz Júnior alega que os pontos da partida entre Fluminense e Itaverava não sejam computados, invertendo a classificação. Na defesa, os dirigentes do Itaverava, alegaram que o regulamento prevê a elimanação em caso de não pagamento das taxas cobradas pela Liga.

Polêmica

Após o julgamento, os diversos representantes do Queiróz Júnior protestaram contra a decisão da Liga que eliminou a equipe. Muitos afirmaram que em diversos campeonatos, a LDCL não puniu clubes inadimplentes. O técnico do Queiróz, Pedro Tucano, esbravejou. “No ano passado, o Santanense foi campeão devendo a Liga durante toda a competição. Porque agora punir o Fluminense?”, questionou.

O Relator do Processo do Queiróz Júnior, Edson Ferreira, criticou a situação. “A gente vê que os clubes se preocupam mais em pagar os jogadores do que em manter em dia o pagamento de taxas a Liga”, comentou. O Presidente Breno Bontempo revelou que o Queiróz Júnior deve a Liga.

A decisão da Liga aconteceria um dia antes o fechamento de nossa edição. Maiores informações e detalhes da polêmica na semana que vem.amador

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *