Auxílio de R$600: lei pretende prorrogar o benefício para quem não tem casa

16

O pagamento do auxílio emergencial de R$600,00pode continuar para brasileiros moradores de rua até setembro.

O PL de lei 3930/20 é um complemento à Lei 13.982/20. Sendo criada com o intuito de auxiliar financeiramente os trabalhadores autônomos, informais, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs).

O projeto foi elaborado pelos seguintes parlamentares: (PT-RS), Erika Kokay (PT-DF), Nilto Tatto (PT-SP), Helder Salomão (PT-ES), Paulo Teixeira (PT-SP), Natália Bonavides (PT-RN), Paulão (PT-AL), Glauber Braga (Psol-RJ) e Erika Kokay (PT-DF).

O texto da medida explica que a situação dos moradores de rua é mais complicada pelo seu acesso limitado a internet e consequentemente a dificuldade de realizar o requerimento do benefício.

Confira o calendário da 4ª parcela

Pagamento

  • 22 de julho: nascidos em janeiro
  • 24 de julho: nascidos em fevereiro
  • 29 de julho: nascidos em março
  • 31 de julho: nascidos em abril
  • 5 de agosto: nascidos em maio
  • 7 de agosto: nascidos em junho
  • 12 de agosto: nascidos em julho
  • 14 de agosto: nascidos em agosto
  • 17 de agosto: nascidos em setembro
  • 19 de agosto: nascidos em outubro
  • 21 de agosto: nascidos em novembro
  • 26 de agosto: nascidos em dezembro

Saque e transferência da 4ª parcela

  • 25 de julho: nascidos em janeiro
  • 1 de agosto: nascidos em fevereiro
  • 1 de agosto: nascidos em março
  • 8 de agosto: nascidos em abril
  • 13 de agosto: nascidos em maio
  • 22 de agosto: nascidos em junho
  • 27 de agosto: nascidos em julho
  • 1 de setembro: nascidos em agosto
  • 5 de setembro: nascidos em setembro
  • 12 de setembro: nascidos em outubro
  • 12 de setembro: nascidos em novembro
  • 17 de setembro: nascidos em dezembro

Veja os quatro ciclos de pagamento do auxílio emergencial de R$ 600:

  • Para quem recebeu a primeira parcela em abril: A 4ª e a 5ª parcela serão pagas entre 22 de julho e 30 de setembro;
  • Para quem recebeu a primeira parcela em maio: A 3ª, a 4ª e a 5ª parcela serão pagas entre 22 de julho e 13 de novembro;
  • Para quem recebeu a primeira parcela entre 1º de junho e 4 de julho: A 2ª, a 3ª, a 4ª e a 5ª parcela serão pagas entre 22 de julho de 30 de novembro;
  • Para quem recebeu a no auxílio entre 17 de junho e 2 de julho: As cinco parcelas serão pagas entre 22 de julho e 30 de novembro.