Catas Altas da Noruega na rota de produção de azeite

32

Você sabia que em Catas Altas da Noruega tem produção de azeite?

Produção de azeite pode ser alternativa econômica para Catas Altas/Reprodução

Em 2008, o produtor Moacir Nascimento decidiu investir na cultura de azeitona em sua propriedade na comunidade do Falhado. Apostando no clima favorável, plantou diversas mudas de oliveira em dois hectares. Hoje, com mais de 3.000 plantas de oliveira e uma máquina de processamento importada da Itália, já está produzindo azeite, chamado “Olivais de Catas Altas da Noruega” e que representam uma produção de mais de 3.000 litros de azeite por ano num horizonte de 4 anos.

O cultivo da oliveira e a produção de azeite é uma atividade ainda recente em Minas Gerais. A primeira experiência de produção de azeite aconteceu em Maria da Fé também em 2008 e cerca de 40 municípios realizam esta prática no estado.

O azeite é um alimento antigo, usado há mais de 6.000 anos, é muito presente na culinária atual. Além dos inúmeros benefícios para a saúde, o azeite acrescenta à comida um sabor e aroma peculiares. O turismo local ganha também com a abertura das fazendas para visitação.

Primeiro azeite do Espírito Santo é processado em Catas Altas da Noruega

Em março último, o Estado do Espírito Santo comemorou a produção de seu 1º azeite puro, um marco na história da agricultura local.

E o que temos haver com isso? Os 150kg de azeitonas colhidos foram transportados para a agroindústria Estância do Pinheiro, de propriedade do sr. Moacir em Catas Altas de Noruega, onde os frutos foram processados a frio. A decantação e envase foram realizadas no Espírito Santo. A produção foi de aproximadamente 50 embalagens de 250 ml de azeite de baixa acidez, com aroma e sabor diferenciados.

Feirinha “APROXIMA” tem azeite catasaltense

Neste sábado, dia 7 de abril, de 10h às 17h, acontece mais uma edição da famosa Feirinha “Aproxima” em Belo Horizonte. Ela será montada no entorno do Museu Abílio Barreto. Nesta feira, o azeite “Olivais de Catas Altas da Noruega” estará presente juntamente com outros azeites mineiros e de outros estados. Serão mais de 10 produtores da Serra da Mantiqueira no evento, com a degustação e a venda de azeites extraídos da última colheita.

Fontes: Sites INCAPER e Projeto Aproxima
Foto: Divulgação