Copasa descumpre contrato e adia obra da ETE Bananeiras

107

Pela segunda vez a Copasa não cumpriu o prazo determinado para encerrar com o mau cheiro da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Rio Bananeiras. A data para a entrega das obras de recuperação terminou no dia 2 de novembro. Pelo contrato, assinado em junho, inicialmente a data estipulada foi no final de julho.
Segundo a prefeitura, o município notificou a COPASA no dia 23 de julho para comprovar o cumprimento da cláusula contratual relativo à desodorização da ETE Bananeiras. Contudo, a concessionária solicitou ampliação do prazo para terminar a obra do reator e acabar com o martírio daquelas famílias que vivem no entorno da estação de tratamento de esgoto.
“Com o prazo vencido não houve nenhuma informação de que a obra tenha terminado ou não. Assim, nesta data, o município encaminhou nova notificação à COPASA para que ela cumpra sua obrigação no prazo de 5 dias, sob pena de lavratura de Auto de Infração e sanções contratuais”, informou a Prefeitura.

Leia a matéria completa na edição impressa do CORREIO DE MINAS