Garimpando – Mais Uma Rua de Alma Encantadora 11

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Eta rua curta comprida!!!

Amigos leitores: ESTOU PASMA!!! Eta rua curta comprida… A cada momento descubro mais novidades que, na realidade, não são novidades, mas bem velhinhas. Até pioneirismos…           
Mas em primeiro lugar vou colocar uma foto. Foto mesmo da Capela da Piedade que, como vimos anteriormente pela anotação de tia Doca, deu nome à Rua Coronel João Gomes em um determinado período, não encontrei. Penso que não deve haver.

Capela da Piedade
Capela da Piedade

Entretanto, como relatei no início dos artigos, a vizinha da capela, talentosa pintora Áurea Cabanella Menezes, nos trouxe a sua visão em uma bela pintura, que fotografei em 1992 na parede de sua residência para colocar na “Agenda Santo Antônio de Queluz”, que organizei naquela época, ilustrando as datas com poetas e pintores lafaietenses. Creio que deve ter feito com muita riqueza e veracidade nos detalhes. Na casinha ao lado,  morava a pessoa que seria dona do terreno onde a capela foi feita. Não é um belo quadro e uma bela lembrança?

            Para contar novos fatos – agora pioneirismos – prefiro trazer as próprias palavras do nosso saudoso e benemérito Antônio Luiz Perdigão Batista, que foram gravadas para a posteridade no maravilhoso jornal “Panorama” do também saudoso e benemérito Alberto Libãnio Rodrigues:

            “Quando, em 1885, foi aqui instalada a primeira agência dos correios, foi no bairro de Santo Antõnio o local escolhido, sendo o primeiro agente do correio o senhor João José Lobo. A agência ficava situada em uma das mais antigas casas da atual Rua Coronel João Gomes, sendo seus proprietários a família Lôbo da Silveira.”

            Voltamos, assim, à casa focalizada antes, onde residia a família de Padre Lobo, na qual aconteceu esse pionerismo: a primeira agência de correio.

            Continuando com o Perdigão ao outro pionerismo da rua:

No dia 24 de março de 1907, o bairro viveu uma de suas grandes datas festivas. O Governo Municipal do Dr. Campolina fizera construir, onde hoje se encontra o Hospital São Vicente, a primeira caixa d’água da cidade. Houve, no dia da inauguração, palanque para as autoridades, bandas de música, fogos e muitos discursos sobre o grande melhoramento. Um repuxo, que jogava água a onze metros de altura, foi a grande atração para a multidão que acorreu ao local. Anos depois, já em  1919, o então Presidente da Câmara, Coronel João Gomes Ferreira, inaugurou outra caixa d’água, esta que fica atrás da Capela […]”.

Imaginem que festança!

                                   (Continua)

Por: Avelina Noronha

[email protected]

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *