Garimpando – Uma rua encantada e seu passado 10

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Durantes anos foi funcionário da Prefeitura, trabalhava como varredor de rua e exercia suas funções exemplarmente. Um dia um amigo me disse, apontando para ele: – “Um cidadão completo”. E o é, posso afirmar.”

Benedito Franco

garimpando

O passado mais distante, que tornava a Avenida Santa Matilde uma Rua Encantada, foi a Estalagem das Bananeiras, localizada na Fazenda das Bananeiras.

            Há o passado menos longínquo, no século XX, que veremos no próximo artigo, porque neste quero fazer uma homenagem ao Sr.Benedito Franco, que me sugeriu focalizar esta avenida. A ele meus agradecimentos porque me causou muita satisfação o estudo do passado desta via. Também lhe envio o meu abraço.

            O Sr. Benedito tem um comércio na Avenida Santa Matilde, no nº 291, o DEPÓSITO SÃO JOÃO – Material de Construção. Ele nasceu em Coronel Fabriciano, Minas Gerais. Concluiu o 2º Grau em Congonhas e formou-se em Química no Rio de Janeiro. Reside em Conselheiro Lafaiete há muitos anos e aqui vive rodeado de amigos e está tão ligado à nossa cidade como se ela fosse também sua terra.

            Além das atividades no Comércio, dedica-se à Literatura e já tem uma obra vastíssima com livros de contos inéditos, publicações em jornais, na Internet e em vários volumes da antologia LAFAIETE EM PROSA E VERSO.

            Conheço muitas de suas obras e posso garantir: são deliciosas de se ler! O que ele relata, com muito engenho literário, dos seus episódios de vida, em muitos lugares do Brasil, numa vida aventurosa e fascinante enriquecem os leitores com a importância dos fatos relatados. Em seus escrutis oercebe-se claramente a extensão e profundidade da cultura de nosso focalizado Também coisas e pessoas de nossa cidade aparecem na característica de realidade de seus contos. Vou descrever um de seus belos textos:

                                                           CALENDÁRIO

                                                              Benedito Celso de Araújo Franco

            Uma figura folclórica   Pessoa simplória, simpática e simples – a simplicidade em pessoa. Humilde. De estatura baixa, barba por fazer, puxa um pouco de uma das pernas e com roupas folgadas.

            Cumprimenta a todos e às vezes não é bem aceito ou entendido.
Quando anda pela rua, por sua aparência humilde e o andar não muito normal, alguns rapazes fazem-lhe chacota e gritam apelidos nada prazerosos. Ele fica uma fera e sai aos gritos. Quando vejo, acalmo-o e chamo a atenção dos jovens.

            Foi alcoólatra e chegou mesmo a ficar caído pelas ruas. Hoje faz parte dos alcoólatras anônimos e, nas reuniões, quando vai à mesa, surpreende e comove com seu depoimento. Nunca mais bebeu e é um exemplo a ser seguido – um guerreiro, como diz um seu colega de AA.

            Durantes anos foi funcionário da Prefeitura, trabalhava como varredor de rua e exercia suas funções exemplarmente. Um dia um amigo me disse, apontando para ele: – “Um cidadão completo”. E o é, posso afirmar.

           Em minha loja, compraram alguns sacos de cal, para a demarcação do campo de futebol do time do América. Fui levá-los. Lá estava o pai do Calendário, cuidando de um seu burro. Parece-me que possuía uma carroça. Cumprimentei-o de longe. Demorei um pouco para voltar à loja e, quando cheguei, tive a notícia de seu falecimento – tomou um coice do animal. Calendário perdeu a mãe pouco tempo depois.
Religioso.

           Quando andava pela rua, apanhava as garrafas pet de dois litros.
– Pra que tantos litros, Calendário? Vai vender?
– Não, Sô Bené; Vô deixá lá no posto. Tem gente que percisa de apanhá gasolina e num trais vazia (hoje isso é proibido).
Dizendo-lhe o dia, mês e ano de nascimento, bastam alguns segundos, e ele fala o dia da semana dessa data – este o motivo de o chamarem de Calendário.
No fundo, no fundo… uma criança grande…

                                                                                                      (Continua)

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *