Hospital Bom Jesus disponibiliza seis leitos de CTI para tratamento da Covid-19

17

A Prefeitura antecipou a entrega de uma das alas do Complexo do Hospital Bom Jesus (HBJ) para ampliar o atendimento aos pacientes da Covid-19. Seis leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destinados exclusivamente às vítimas da doença, já estão em funcionamento no novo espaço. Nos próximos dias, outros dez devem ser inaugurados.

Hospital Bom Jesus disponibiliza seis leitos de CTI para tratamento da Covid-19 / DIVULGAÇÃO

Uma área privativa para assistência aos casos de coronavírus já havia sido montada na instituição hospitalar. Inicialmente, ela era composta por 14 leitos clínicos. Desses, seis foram transformados em CTI. A ala possui agora oito leitos clínicos exclusivos, mas esse número pode chegar a 50 com o novo Complexo.

Os leitos clínicos são destinados a pacientes menos graves, já os de UTI são para casos graves e contam, ainda, com equipe multiprofissional.

Além disso, a UPA 24h conta com oito leitos de retaguarda, ou seja, caso os leitos do HBJ sejam todos ocupados, a unidade poderá receber pacientes com diagnóstico de Covid-19.

Para o prefeito Zelinho, a entrega deste novo espaço do Hospital Bom Jesus é importante para Congonhas porque reitera o compromisso do Governo Municipal com a saúde. “Estamos entregando seis leitos de CTI por causa da pandemia. Precisamos de uma retaguarda para fazer os atendimentos do coronavírus, caso ocorra alguma situação mais grave em nossa cidade”, observa.

As obras do Complexo do Hospital Bom Jesus estão em sua fase de finalização, com instalação dos elevadores e do ar condicionado. A entrega completa do prédio está prevista para os próximos dias.

Segundo o Chefe do Executivo, com a entrega do Complexo, o Hospital Bom Jesus terá, ao todo, 120 leitos para atendimento ao SUS. Além do CTI, o local contará com Centro de Imagens e um novo Bloco Cirúrgico. “Congonhas terá, em breve, um dos melhores hospitais da região. Teremos um dos hospitais mais modernos e mais equipados”, diz, destacando os investimentos realizados pela Prefeitura na instituição, por meio da Comissão Interventora.

A ampliação de leitos hospitalares está entre as principais estratégias que o Município adotou para enfrentar o coronavírus, de acordo com o secretário municipal de Saúde, Luiz Fernando Catizane. “Estamos aumentando o número de testes rápidos e tentando adquirir testes laboratoriais para termos uma resposta mais rápida. Também estamos conscientizando as pessoas para que fiquem em isolamento domiciliar. Aquelas que não puderem, devem usar corretamente a máscara e tomar as medidas de assepsia”, completa.