Médico lafaietense do Hospital Bom Jesus foi diagnosticado com coronavírus

15

A semana foi sacudida pelo aumento de casos confirmados de covid-19 e aumento da doença na região. Ouro Branco foram 4, Lafaiete foram 2 e Congonhas também chegou a dois. Os casos da “Cidade dos Profeta”s pois foram mais polêmicos com profissionais da linha de frente do Hospital Bom Jesus.

Na quarta-feira, a assessoria de imprensa de Congonhas tornou público, de maneira transparente, a ocorrência de que um médico plantonista foi diagnosticado com coronavírus. situação foi devidamente notificada aos órgãos competentes de Belo Horizonte, cidade onde reside. O exame foi realizado por RT_PCR m um laboratório particular.

Lafaiete

Dois médicos do Bom Jesus foram diagnosticados com covid-19/REPRODUÇÃO

Na sexta-feira (8), novamente foi confirmado o 2º caso de covid-19. A Prefeitura de Congonhas informou  que mais um médico pertencente ao corpo clínico do Hospital Bom Jesus está com Covid-19. Mesmo sem apresentar os sintomas, o profissional realizou exame laboratorial após ter tido contato com outro médico da instituição, diagnosticado com a doença no dia 1º de maio.

O médico, que já estava afastado de suas atividades desde a confirmação do primeiro caso, permanece em isolamento. Como reside em Conselheiro Lafaiete, a ocorrência não é registrada no Informe Epidemiológico de Congonhas, mas computado a sua cidade de origem. Com isso, Lafaiete chegou ao 19º caso.

Os profissionais de saúde e pacientes do Hospital Bom Jesus que tiveram contato com os médicos estão sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica de Congonhas, seguindo os protocolos previstos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. Até o momento, não apresentaram nenhum sintoma. Os nomes dos profissionais não foram revelados.

 

Leia mais: