Mobilização de entidade e mutirão de voluntários salvam animal abandonado á beira da morte

13
Uma ação de voluntários salvou a vida de uma animal. Desde segunda-feira, dia 24, a Associação Protetora dos Animais de Rua de Congonhas (APARC) clamava em seu facebook por ajuda para um égua que parecia estar morrendo abandonada próximo ao campus do IFMG Congonhas.

A animal se encontrava deitado no chão e segundo informações ele já estava na mesma posição, sem conseguir se mexer, há três dias. Para complicar ainda mais a situação havia no local também um filhote, que precisava se alimentar mas não conseguia devido à fraqueza da mãe. A APARC conseguiu um local para que a égua ficasse mas não tinha como transporta-la.

APARC deu exemplo de proteção a vida animal

Na terça-feira de manhã o animal continuava na mesma situação e nenhuma ajuda ainda havia aparecido. Já na parte da tarde um mutirão de pessoas, entre integrantes da ONG, amantes dos animais e cavaleiros de Congonhas, foram até o local ajudar a égua. Ela foi colocada de pé, tomou soro e logo depois foi levada para um sítio próximo. A APARC agradeceu em seu Facebook todos os envolvidos na operação de salva a égua e seu filhote.

Fonte: Indicador Congonhas