Movimentos sociais protestam contra a Vale em ato pelos 30 dias da tragédia de Brumadinho

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Na última segunda-feira (25), completou-se um mês do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho. Nesta data, foram convocados atos em cidades como Belo Horizonte, Itabira e Congonhas.

Na”C idade dos Profetas”, a manifestação foi convocada por diversos setores, como a Igreja Católica, lideranças de comunidades diretamente afetadas pela barragem e o Metabase Inconfidentes, sindicato que representa os operários da mineração na região.

Movimentos sociais promoveram ato contra a Vale os 30 dias da tragédia de Brumadinho

Em fala na manifestação, Ivan Targino, operário da mineração, diretor do Metabase Inconfidentes e professor na rede estadual de ensino, declarou: “Defendemos a vida e os empregos. As empresas, covardemente, fazem pressão nos operários para tentar colocá-los contra as comunidades, mas a verdade é que a luta é uma só, pois precisamos discutir um novo modelo de mineração, no qual a riqueza esteja a serviço dos trabalhadores e da população, para então a vida ser preservada e os empregos garantidos”.

Rafael Ávila, diretor-presidente do Sindicato Metabase Inconfidentes, afirmou que essa manifestação é parte da luta geral travada em torno do tema das barragens e que a entidade vem seguindo uma agenda de atividades que visam a defesa da categoria que representa e das comunidades das regiões mineradoras

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *