Muladeiros preservam tradição e divulgam Congonhas Brasil afora

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Associação dos Muladeiros de Congonhas resgata tradições ligadas ao tropeirismo, oferece orientações técnicas, trabalha pela interação e união dos cavaleiros, criadores e adestradores de muares e equinos, estimulando sempre o espírito de companheirismo e as praticas equestres através de passeios. São promovidos também encontros e reuniões mensais para cavaleiros jovens e adultos.

Iniciada em 2009 e oficialmente em 2010, atualmente a Associação conta com cerca de 30 integrantes. O Governo Municipal, através da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), firma parcerias com os Muladeiros para viabilizar as cavalgas. Sua sede fica na Chácara do Zé Rosa, próxima ao início da estada que liga a região Central da Cidade ao Alto Maranhão. O presidente é Farley Santana e o diretor de Eventos, Antônio Preto.

Este ano, 45 muladeiros juntos com antigos integrantes do Clube do Cavalo, totalizando 120 conjuntos, encerraram o Desfile de Sete de Setembro em Congonhas. Mas a Associação cumpre com destaque a função de divulgar a cidade pelos estados de Minas, São Paulo e Goiás. “Um dos nossos principais objetivos é manter vivo o interesse pela tradição equestre, o respeito e o amor pela história, pela cultura e pela natureza, mobilizando os cavaleiros a se tornarem verdadeiros agentes voluntários do turismo de Congonhas”, comenta o primeiro secretário da Associação dos Muladeiros de Congonhas, Cláudio Cionni, que diz ainda ser “essencial o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer, da Prefeitura. A subvenção que recebemos nos dá condições de viajarmos tranquilos. Em alguns casos, contamos até com uma vã para o retorno da equipe”.

A mula e o burro foram adotados pelos primeiros colonizadores, bandeirantes e tropeiros, devido a sua resistência, capacidade de carga, rapidez na recuperação após esforço, o que a credencia a cavalgadas mais longas pelos terrenos íngremes e montanhosos da nossa topografia, mas a Associação agrega também aficcionados pelas raças dos cavalos Mangalarga Marchador e Campolina, que possuem forte tradição nesta região.

 

Dentre as atividades da Associação, estão cavalgadas realizadas aos municípios do entorno, como Queluzito, Ouro Branco, Lagoa Dourada, Belo Vale, Cristiano Otoni, São Brás do Suaçuí, Entre Rios de Minas, entre outros, além das grandes tropeadas realizadas anualmente.

 

Este ano a viagem a Aparecida, pela Estrada Real, foi trocada pelo passeio até o Distrito de Ipoema, em Itabira, para as comemorações do aniversário do Museu do Tropeiro em março. O percurso foi percorrido em sete dias, quatro deles montado. O prefeito daquela cidade, Damon Lázaro, considerou a comitiva de Congonhas o destaque do evento no quesito caracterização tropeira e por ter percorrido a maior distância entre os participantes.

Mas meses depois esta cavalgada ganhou outro aspecto. “Cumprimos o primeiro trecho do Circuito dos Diamantes, seguindo a Estrada real, passamos por Mariana e pernoitamos no Distrito de Bento Rodrigues, terrivelmente atingido pelo rompimento da Barragem do Fundão da Mineradora Samarco. A fazenda onde ficamos, a igreja, restaurante, pousada, as casas de amigos que nos recepcionaram foram totalmente destruídas, e por pouco não os perdemos. Bento Rodrigues ficará apenas nos nossos registros, pois este caminho não faremos mais”, lamenta Claudio Cioni, que garante que o restante do percurso, de Itabira até Diamantina ainda será cumprido pelos Muladeiros de Congonhas, passando pelo Caraça, em mais cinco dias de viagem.

Em junho de 2016, os Muladeiros de Congonhas retornarão à Aparecida, mas com um novo formato de viagem. “Este ano, alguns dos nossos associados foram ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida, mas com outras comitivas. Ano que vem, seremos 16 cavaleiros na viagem. Na ida, iremos de carro e as mulas e burros, de caminhão. A volta, faremos montados”, diz.

_MG_8613

A Associação dos Muladeiros de Congonhas possui o Wattsapp o Muladeiros de Congonhas (99278-8643). 

 

Fotos:divulgação

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
FacebooktwitterFacebooktwitter

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *