Museu de Congonhas recebe lançamento de obra que resgata a memória da Santa Cecília de Belo Vale

19

No sábado, dia 25, às 16:00 horas, acontece, no Museu de Congonhas, o lançamento do livro “Memórias: Retratos da Banda Santa Cecília de São Gonçalo da Ponte de Belo Vale”. Trata-se de documentário com foco na trajetória de uma das corporações musicais mais importantes de Belo Vale. Em sua pesquisa, o autor e jornalista, Tarcísio Martins, revela o expressivo trabalho da corporação, que teve ponto de partida, foto dos anos de 1920. A ‘Lyra Bello Vallense Santa Cecília’, corporação pioneira no município de Belo Vale, era formada por mestres das letras e da música, formadores de novos valores, difusores das orquestras, coros de igrejas, saraus e corporações musicais.

Mestres que nasceram em vilas, nas encostas da Serra da Moeda, e fizeram ecoar seus sons no belo vale. “Memórias…” abordam traços da origem das bandas de música em Minas e no Brasil; destacam suas manifestações nas infantarias militares, apontam sua relação com festejos religiosos e eventos populares, como fator de interação social com as comunidades onde foram constituídas.

O documentário resgata a identidade da Banda Santa Cecília e contextualiza suas belíssimas apresentações em eventos religiosos e sociais que marcaram o desenvolvimento da Belo Vale. O autor relata desafios para a sobrevivência de bandas de música e alerta que muitas estão deixando de existir. “Essas corporações precisam ser reconhecidas e preservadas como patrimônio imaterial em cada município. O que está motivando que as bandas de música caminhem rumo ao esquecimento silenciando ruas e praças, sem os sons de seus instrumentos”, questionou Tarcísio?

A obra foi produzida pela Associação do Patrimônio Histórico, Artístico e Ambiental de Belo Vale (APHAA-BV) e contou com patrocínio do Fundo Estadual de Cultura (FEC), Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais. O projeto foi idealizado pelo jornalista e ambientalista, Tarcísio Martins, com colaboração de profissionais competentes. Martins publicou: “Fazenda Boa Esperança – Belo Vale”, em 2007. Tarcísio foi um dos fundados do CORREIO DE MINAS e durante mais de uma década foi colaborador do jornal.

Apresentações

Dia 25.11.17 – às 16 horas – Museu de Congonhas, Congonhas, MG.

Dia 02.12.17 – às 10 horas – Livraria Ouvidor, Savassi, Belo Horizonte.

Dia 09.12.17 – às 18 horas – Sede da APHAA-BV, Belo Vale, MG. 

Realização: Associação do Patrimônio Histórico, Artístico e Ambiental de Belo Vale (APHAA-BV).

Patrocínio: Fundo Estadual de Cultura (FEC), Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais.

Autoria do Projeto: Tarcísio Martins: nasceu em Belo Vale, jornalista, professor e gestor cultural. O autor publicou o livro “Fazenda Boa Esperança – Belo Vale”, 2007.

Contato: Tarcísio Martins – Tel. (031) 997105025

LANÇAMETO DE LIVRO:“Memórias: Retratos da Banda de Música Santa Cecília de São Gonçalo da Ponte de Belo Vale”