Pesquisa aponta Lafaiete entre as 5 melhores do Brasil no combate a covid-19

21
Com 17 novos leitos de UTI’s, Lafaiete deu um salto histórico que ficará como legado pós pandemia/ARQUIVO

Após Lafaiete ter sido classificada pelo Estado, em abril, entre as 3 em Minas com maior vulnerabilidade estrutural para o combate a Pandemia, um estudo divulgado esta semana inverte este cenário negativo e eleva a cidade na lista entre as melhores do Brasil no enfrentamento ao vírus. O resultado de uma pesquisa, que leva em conta as cidades de 50 mil habitantes ou mais em total de mortes per capita, mostra que Lafaiete ocupa o 5º lugar no ranking nacional entre mais de 5,5 mil municípios brasileiros.

O estudo foi feito por Henrique Dantas, brasileiro radicado no EUA, e foi baseado em dados do Ministério da Saúde.  Isto é, uma morte por cada 50 mil habitantes. Há que se considerar que os números são do dia 29 de junho, mas por outro lado, apenas Lafaiete, entre as 5 primeiras colocadas, tem mais de 100 mil, o que valoriza ainda mais a colocação no ranking nacional.

Resultados

A pesquisa evidencia que os esforços empreendidos pela gestão na saúde promoveram resultados positivos, destacando o esforço conjunto empreendido em diversas frentes.  “Conselheiro Lafaiete estruturou sua rede hospitalar, criou o Hospital de Campanha reforçando o sistema de assistência à saúde, ampliou o número de leitos clínicos e de UTI. Com isso, tornou-se referência na microrregião, atendendo onze municípios neste enfrentamento”, destacou o Prefeito Mário Marcos (DEM), comemorando o desempenho de Lafaiete no protagonismo regional.

Segundo ele, os desafios permanecem, apesar dos avanços. “Reforçamos ainda mais o respeito as medidas sanitárias de isolamento social, uso de máscaras. A população é principal guardiã de sua saúde no enfrentamento e combate a propagação do vírus”, assinalou.

Ondas

Amanhã (1º), Lafaiete abre um novo capítulo, desde março, quando a cidade avançou, pela primeira vez, a onda amarela, liberando o funcionamento de atividades como vestuários, salões, etc.

Na semana que vem, como o novo Plano Minas Consciente, a expectativa de Lafaiete, como a micro região, avancem ainda mias na liberação das atividade, incluindo bares e restaurantes. “Agora estamos colhendo todo o esforço e sacrifício pelo qual toda a sociedade, indistintamente, estamos enfrentando nestes tempos do novo normal”, pontuou Mário.